Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Charles Dias

CZ SLAVIA 631 - Primeiras impressões

Posts Recomendados

No final de fevereiro desse ano adquiri um exemplar da mitológica carabina de pressão CZ Slavia 631 no calibre 4,5 de um colecionador paranaense que estava se desfazendo de parte da coleção. A carabina foi usada apenas uma vez para testes e guardada. Preço combinado e pagamento feito, o ex-dono resolveu enviar por Sedex ao invés de usar os serviços da Jadlog como o havia instruído. Não deu outra, a carabina foi retida pelo Exército Brasileiro.

 

Foram três meses de idas e vindas, requerimentos protocolados, reuniões com oficiais do DFPC (Departamento de Fiscalização de Produtos Controlados), muitas ligações semanais. Devo ressaltar a cordialidade dos oficiais do Exército Brasileiro para comigo. E consegui a liberação da arma. Ufa. Mas ...

 

O ex-dono havia desmontado a carabina (coronha e corpo da arma) para um transporte mais seguro, guardando os documentos da arma, parafusos e uma pecinha pressora do braço de armas em um envelope ... o qual foi perdido em algum momento da retenção nos Correios ao envio para o DFPC. Os parafusos poderia encontrar em uma boa loja de parafusos, mas a tal pecinha pressora teria de comprar fora do Brasil. Aproveitei e comprei os parafusos também.

 

Parafusos e peças demoraram apenas alguns dias para chegar ao Brasil, mas 22 dias para poder colocar minhas mãos neles. Motivo? Foram taxados pela Receita Federal e demorou mais de duas semanas para que recebesse o aviso para pagar o imposto numa agência dos Correios do meu bairro e retirasse os danados.

 

Parafusos e peça pressora nas mãos, era hora de montar a arma. Problema ... os parafusos frontais que prendem o corpo da arma à coronha vieram errados, curtos demais. Sem estresse. Fui hoje cedo a uma boa loja de parafusos, comprei parafusos de Allen do tamanho certo e peguei o rumo do clube de tiro.

 

Carabina montada, chegou a hora de matar a vontade de atirar com arma tão comentada, aclamada, elogiada, famosa e tudo o mais. E aqui estão minhas primeiras impressões dela.

 

ACABAMENTO: Impecável. Coronha de madeira de muito bom gosto, apesar do recorte um tanto quadrado. Oxidação ótima. Acabamento de primeira. Arma topo de linha, indiscutivelmente;

 

EMPUNHADURA: Essa é uma arma comprida, o que adorei, visto que tenho braços também compridos. A empunhadura acaba sendo natural;

 

EQUILÍBRIO: Achei essa arma um pouco mais pesada na área frontal. Já li reclamações a respeito e também sobre uma solução para o problema, fazer um furo na coronha por baixo da soleira e preenche-lo com chumbadas de pesca, aumentando seu peso na parte da coronha, corrigindo o desequilíbro;

 

ERGONOMIA: A ergonomia é ótima, ponto final.

 

CARREGAMENTO: Essa arma tem uma peculiaridade, para quebrar o cano é preciso acionar um botão deslizante que fica embaixo do cano junto da junta do bloco. Acionando esse botão o cano quebra. Sinceramente, achei muito mais prático e seguro do que forçara ponta do cano ou dar um "totozinho" para quebrar o cano, uma vez que com esse botão o risco de empenar o cano ou danificar/movimentar a massa de mira é inexistente;

 

MIRA ABERTA: Do tipo que gosto, de metal, sem fibra ótica, com ajuste micro-microméticos;

 

BARULHO: Sinceramente, o "tweeng" dessa mola é o mais sonoro que já ouvi, muito mais pronunciado que de CBC ou BAM que custa nova uma fração do preço dessa arma.

 

GATILHO: Já havia lido que esse é o ponto fraco dessa arma e tive de concordar. O gatilho é, hummm, "borrachudo" ... não consigo encontrar melhor forma de descrevê-lo. Isso torna premente um maior "follow throw", uma vez que o tempo entre o acionamento do gatilho e o momento em que o chumbo sai do cano da arma é maior que em outros modelos com gatilho mais "esperto" como estamos acostumados;

 

PRECISÃO: Uma imagem vale mais que mil palavras, não é mesmo?

 

fotovk.jpg

 

Alvo a 10 metros. Mira aberta. Em pé, sem apoio. Ignorem o "flyer", foi uma gatilhada

:blushing:

 

Em breve publicarei um review dessa arma após fazer alguma "bruxaria" necessária com ela para que fique muito melhor que como está, 100% original como veio de fábrica.

 

27/06 - Tunagem básica

 

Hoje tomei coragem e desmontei essa danada para fazer uma tunagem básica segundo a receita canadense (https://sites.google...lavia631tune-up) e foi até mais fácil que o cara ensina tão bem nesse tutorial.

 

Gente, incrível como uma arma que elogiam tanto, que jogam tanto confete, pode mesmo ter acabamento tão tosco. Sinceramente, não acreditei nas descrições do canadense nesse tocante ... mas era a mais pura verdade. Como uma arma que vem assim de fábrica pode ser tão precisa? Não faço a mínima ideia. Lubrificação de fábrica? Praticamente nenhuma!

 

Pois bem, a desmontagem é simplícima e dispensa compressor de mola. Seguem os passos do que fiz:

 

1o - Limpeza do que havia de lubrificação, o que foi rápido porque não havia quase lubrificação alguma;

 

2o - Lavagem da bucha com detergente neutro para tirar quaisquer resquícios de graxa ou óleo;

 

3o - Polimento do pistão;

 

4o - Polimento das extremidades das molas;

 

5o - Ajuste do guia da mola;

 

6o - Encamisamento da mola com raio-x;

 

7o - Lubrificação com molycote e silicone puro.

 

A montagem da arma é até mais simples que a desmontagem. Muito prática de fazer manutenção por conta disso.

 

Aqui tenho apenas uns 7 metros para testar. Disparei meia dúzia de vezes prestando atenção para como ela estava. O chatíssimo "tweennng" da mola reduziu 90%. Ela ficou mais esperta. O gatilho ficou mais macio. Deu para notar que a arma melhorou e muito. Agrupamentos perfeitos. Vamos ver sábado num teste de verdade como ela se sai, daí atualizado esse post.

 

29/06 - Clube de Tiro Calibre (SP) - Pista de papel 10 metros

 

No último final de semana levei minha CZ Slavia 631 "Super" Lux para a pista de papel 10 metros do Clube Calibre (SP) onde está rolando nosso campeonato da modalidade, onde poderia utilizá-la em condições reais de uso em prova. Minha intenção nesse dia era de fazer um teste de chumbos, ou seja, descobrir dentre a variedade de chumbos que tenho, quais a arma preferiria, ou seja, ofereceria maior precisados dos disparos. Como pretendo utilizá-la tão somente para essa modalidade, teste apenas chumbos do tipo "match", apropriados para a mesma.

 

Após duas horas de disparos, algumas contra-provas e muitos alvos furados, descobri que essa arma gosta muito de três chumbos:

 

- HN Finale Match Pistol

 

IMG_3145.JPG

 

- RWS Hobby (ignorem os dois flyers, foram gatilhadas)

 

 

ttt.jpg

 

- JSB Schak

 

 

yyy.jpg

 

Ainda estou pegando o jeito com essa arma, o modo de empunhá-la e de pressionar o gatiho, mas estou animadíssimo com os resultados obtidos.

 

Algo que farei no próximo final de semana e é parte da receita para tunar essa arma será cavar com cuidado um compartimento na coronha e preenchê-lo com uns 350 gramas de chumbadas de pesca para deixar a arma mais equilibrada. A achei mesmo muito pesada na frente, o que compromete a precisão dos disparos.

Editado por Charles Dias

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

pra mim é igual caviar..nunca vi, só ouço falar...

e pelo que vejo, é excelente mesmo!

bons tiros...

Editado por under

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eduardo, estava lendo e pensei em perguntar a mesma coisa.rs

 

Fala ai Charles.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hoje, justamente, atirei com a Slavia e HW30S para fazer essa comparação.

 

Pontos em que a Slavia ganha da HW30S:

 

- Coronha mais confortável para minha compleição física, uma vez que é maior;

 

- Mais confortável de armar;

 

- Recuo ligeiramente menor.

 

Pontos em que a HW30S ganha da Slavia;

 

- Mira aberta mais refinada;

 

- Acabamento;

 

- Qualidade o gatilho.

 

Em termos de precisão, por enquanto considero equivalentes. Mas creio que me darei melhor com a Slavia nas provas de papel 10m por considerá-la mais confortável de empunhar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hoje, justamente, atirei com a Slavia e HW30S para fazer essa comparação.

 

Pontos em que a Slavia ganha da HW30S:

 

- Coronha mais confortável para minha compleição física, uma vez que é maior;

 

- Mais confortável de armar;

 

- Recuo ligeiramente menor.

 

Pontos em que a HW30S ganha da Slavia;

 

- Mira aberta mais refinada;

 

- Acabamento;

 

- Qualidade o gatilho.

 

Em termos de precisão, por enquanto considero equivalentes. Mas creio que me darei melhor com a Slavia nas provas de papel 10m por considerá-la mais confortável de empunhar.

Exatamente o que sempre falo... Vai de gosto mesmo... Ambas são muito precisas e cada corpo, com sua especificidade, se adapta melhor a alguma destas.

Eu por ser menor me adaptei a HW30S....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Exatamente, Pimentel. Na última prova de pPel 10m em Sampa atirei com a HW50S do bruno e preferi à HW30S por ser maior. Por conta disso penso em trocar uma pela outra qualquer hora.

 

 

 

Exatamente o que sempre falo... Vai de gosto mesmo... Ambas são muito precisas e cada corpo, com sua especificidade, se adapta melhor a alguma destas.

Eu por ser menor me adaptei a HW30S....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ontem na prova que fiz de papel 10 M fiz duas séries coma HW50 e não consegui me acertar com ela ou não achei um chumbo Match que tivesse precisão igual aos JSB domed usados nela, sei lá mais alguma coisa não encaixou, como em Brusque podemos usar calibre 5.5(é uma maneira de deixar todos participarem), usei minha Cometa New Fenix 5.5 e por incrível que pareça fiz uma pontuação muito melhor.

 

Agora entendam isso mais notei que me dei melhor com carabinas maiores, mesmo estando interessado D+ em uma HW30 pela facilidade de adquirir com Nota fiscal, estou pensando numa Slavia 631, em Brusque Slavia parece que patrocina as provas de tantas que se vê lá até peguei uma em mãos para ver a empunhadura e achei mais confortável que as HW, mesmo a Slavia pendendo para frente, e até achei o sistema de miras aceitável muito parecido com o da CBC 345.

 

Agora fiquei com mais dúvidas ainda, mais acho que vou testar a HW50 com a mola original e na próxima etapa vou ver se consigo dar uns tiros com uma Slavia para ver como me saio com ela.

 

Eduardo Macedo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já atirei com ambas também.

O que gostei na Slavia realmente é a coronha. Para quem atira em posição de precisão no papel a 10m fica muito mais confortável que a HW30.

No caso da HW30 o que mais gostei foi o sistema de miras aberta que é muito bem construído e o gatilho, que se bem regulado é de excelente qualidade.

 

Para quem port físico grande a HW30 não vai ser uma boa pedida, pois é uma arma muito pequena, equivalente a uma CBC345 júnior e pouco maior que uma CBC B15.

 

Macedo tente chumbos match de saia dura na HW50, geralmente gostam dele.

Finale match ou Holme match (que acho que é o mesmo FM com outra roupagem).

 

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Anderson a minha não gostou do Finalle Match para você ter uma idéia o Rossi ficou muito melhor, mais como disse a minha esta com a mola Maccari e esta mais forte, vou voltar com a mola original e fazer novos testes no fim de semana, não pode uma Cometa New Fenix 5.5 ir melhor que uma HW50.

 

Eduardo Macedo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Macedo, minha HW30s estava com uma mola mais forte também e não agrupava de jeito nenhum (como deve se lembrar do meu review).

Pus nela uma mola que está com 7,5 joule. Agora agrupa que é uma beleza com chumbo de saia dura. FM e Crosman Premier.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também tentei usar minha HW 50s pra papel. Não me acertei muito com ela apesar do gatilho ser fantástico.

Troquei pela Slavia. Quando abri a caixa pensei: "que foi que fiz com o meu dinheiro?". Achei o acabamento extremamente espartano, incluindo o guarda-mato em plástico. Mas depois foi amor aos primeiros tiros. Além de muito precisa pra papel, é muito mais macia que as HW que eu já usei, principalmente a trava do cano e o basculamento. Depois de encamisar a mola, trocar a lubrificação e substituir a mola do gatilho, coisa que leva no máximo uma hora pra fazer, a carabina fica fantástica. Simplesmente não dá vontade de largar a arma...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como vc fez essa substituição da mola do gatilho? Que mola usou no lugar?

 

Também tentei usar minha HW 50s pra papel. Não me acertei muito com ela apesar do gatilho ser fantástico.

Troquei pela Slavia. Quando abri a caixa pensei: "que foi que fiz com o meu dinheiro?". Achei o acabamento extremamente espartano, incluindo o guarda-mato em plástico. Mas depois foi amor aos primeiros tiros. Além de muito precisa pra papel, é muito mais macia que as HW que eu já usei, principalmente a trava do cano e o basculamento. Depois de encamisar a mola, trocar a lubrificação e substituir a mola do gatilho, coisa que leva no máximo uma hora pra fazer, a carabina fica fantástica. Simplesmente não dá vontade de largar a arma...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma duvida, esta Slavia é a mesma que o modelo 631 Lux que algumas pessoas estão vendendo por importação independente?

 

http://imageshack.us...2062012875.jpg/

Sim, e existem ainda os modelos 630 (mesma mecânica, com coronha simples e sem trava) e 634 (mais potente).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como vc fez essa substituição da mola do gatilho? Que mola usou no lugar?

 

Me refiro a mola que regula o peso do segundo estágio. A que fica acima do guarda-mato. Primeiro dei uma entortada nela pra reduzir a pressão mas não gostei. Depois retirei ela e o gatilho melhorou muito rsrsrsrsrsrs, mas tava acostumado com record em dois estágios e ficava me perdendo no tempo do acionamento. Daí descobri uma pequena gambiarra que uns atiradores do Fluminense faziam: uma pequena resistência de EVA instalada por dentro da coronha, atrás da tecla do gatilho. Aí a arma fica com gatilho leve e um pseudo segundo estágio que na minha opinião funciona muito melhor que o original.

 

Essa semana vou abrir a arma quando chegar a pasta G e faço umas fotos do "dispositivo".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A minha preciso abrir e fazer um serviço completo. Realmente o gatilho é muito borrachudo e precisa ser melhorado. Será legal ver as fotos da gambiarra que vc tá usando.

 

Me refiro a mola que regula o peso do segundo estágio. A que fica acima do guarda-mato. Primeiro dei uma entortada nela pra reduzir a pressão mas não gostei. Depois retirei ela e o gatilho melhorou muito rsrsrsrsrsrs, mas tava acostumado com record em dois estágios e ficava me perdendo no tempo do acionamento. Daí descobri uma pequena gambiarra que uns atiradores do Fluminense faziam: uma pequena resistência de EVA instalada por dentro da coronha, atrás da tecla do gatilho. Aí a arma fica com gatilho leve e um pseudo segundo estágio que na minha opinião funciona muito melhor que o original.

 

Essa semana vou abrir a arma quando chegar a pasta G e faço umas fotos do "dispositivo".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou fazendo o PP10m com HW50, mas acho que ela está muito forte! tá batendo 230m/s com Gamo Match (no softchrono), to pensando em colocar um kit Maccari para reduzir a potência um pouco...

 

Nunca atirei de Slavia, mas a HW50 acho bastante ergonômica em relação ao tamanho (comparada com a HW30) e com um gatilho fantástico! Pelo que vi da Slavia, a maior vantagem em relação à HW é a telha da coronha que é plana em baixo, o que deve proporcionar um apoio mais estável...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa questão da telha da coronha é realmente relevante.

 

Estou fazendo o PP10m com HW50, mas acho que ela está muito forte! tá batendo 230m/s com Gamo Match (no softchrono), to pensando em colocar um kit Maccari para reduzir a potência um pouco...

 

Nunca atirei de Slavia, mas a HW50 acho bastante ergonômica em relação ao tamanho (comparada com a HW30) e com um gatilho fantástico! Pelo que vi da Slavia, a maior vantagem em relação à HW é a telha da coronha que é plana em baixo, o que deve proporcionar um apoio mais estável...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Charles, parabéns por mais uma bela carabina!

 

A Slavia não é unanimidade, mas é uma das preferidas pra papel, e isso se deve à qualidade e precisão da carabina. Como todas, tem seus pontos fracos, que na minha percepção, e como já foi comentado, fica por conta do gatilho.

 

Mas o grande problema da Slavia é que se o atirador não fizer 50 pontos, não tem como colocar a culpa na carabina rsrsrsrs.

 

abs

Roberto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×