Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

BrunoM

CA Gold
  • Content Count

    960
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    20
  • Country

    Brazil

BrunoM last won the day on December 7 2018

BrunoM had the most liked content!

Community Reputation

212 Master Gold

About BrunoM

  • Rank
    Atirador Veterano
  • Birthday 11/25/1977
  • Age 41

Profile Information

  • Sua Localidade
    Campinas - SP
  • Interesses
    competições, campo
  • Age 41

Recent Profile Visitors

1,277 profile views
  1. R$100,61 na CEF Enviado de meu moto g(6) plus usando o Tapatalk
  2. 2 aleatórios para mim chefe! Enviado de meu moto g(6) plus usando o Tapatalk
  3. Obrigado! Comprei o arco em Abril/2017, mas só recentemente passei a treinar com mais afinco. Outra coisa que mudei recentemente foi o peso da puxada, subi de 20 para 28 libras, o que fez muita diferença (a maior velocidade da flecha dá sensação de maior precisão). Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  4. É bem diferente! O tiro com arco exige uma grande sintonia entre corpo e equipamentos. É comparável com o tiro de ar no Papel 10 metros, porém com mais força. Em relação a equipamentos: os de arco são muito mais baratos! Com 2 mil reais dá para comprar um equipamento usado de nível olímpico. O mais complicado do equipamento são as flechas! Além de caras (de 20 a 50 reais cada) são bastante complicadas de escolher, são muitas variáveis (comprimento, diâmetro, flexibilidade, material, peso, tipos de penas e de pontas, etc). No geral acho que o tiro com arco é mais crú, mais simples. Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  5. Sempre procurando por mais desafio passei a atirar com arco recurvo. Meu arco é um Frankstein: é um recurvo olímpico, com estabilizador de barebow (outra modalidade do tiro de arco) e mira de assunto proibido (terceira modalidade). Para os entendidos: é um punho de alumínio (Cartel Fantom) com lâminas de madeira e fibra de vidro (SF Axiom+). O arco tem 70 polegadas e puxada de 28 libras. Estou usando flechas de carbono spine 600. Agrupamento com 6 disparos a 15 metros (o adesivo é um centro de alvo 17x17, somente para referência): Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  6. Com R$2mil dá para pegar uma CFX, mas acho que tem arma melhor para uso em campo, como as Cometa 400 e Fusion. Tem umas Cometas usadas com preço bom...
  7. Se for para encher com CO2 não tem problema nenhum, só não pode de jeito nenhum encher com HPA (high pressure air, ar em alta pressão), ou seja, ar atmosférico a 150, 200 bar. O CO2 só chega a 60 bar (se não me engano), se encher um cilindro de CO2 mais que isso explode! Então, se sua PCP for movida a CO2 pode ir na fé, se sua PCP for movida a HPA não vira! Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  8. Eu considero agrupamentos a 50 metros a "Fórmula 1" das carabinas de mola, não dá para você correr com um Fusca, uma carabina para esta "modalidade" é bem mais cara do que uma Jade. Aconselho o amigo a mudar a espectativa ou guardar mais dinheiro... O problema que vejo nas carabinas que vem com GR de fábrica é que para manter as características da carabina (os tais 1000 fps) a fábrica instala um GR muito pesado, o que pode ocasionar um funcionamento irregular (muito recuo por exemplo) e estresse no mecanismo da arma (o que pode fazer ela quebrar "mais rápido"). Acho que essa opinião é compartilhada com outros aqui, por isso muitos de nós vão aconselhar a comprar a arma na mola e depois instalar o GR. A questão do bloco de aço e de polímero é a durabilidade. É possível fazer uma arma com bloco de polímero que seja tão precisa quanto uma com bloco de aço. Mas não vai ser tão durável, principalmente se o GR foi superdimensionado. Tem outra coisa que ia esquecendo, a Jade Mais é uma carabina com câmara de compressão pequena, ela tem um limite de potência que não vai ser ultrapassado mesmo com GRs mais potentes. Se eu pudesse dar dois conselhos seriam: guarde dinheiro para a carabina dos 50 metros OU compre a Jade (ou na mola ou com GR de no máximo 45) e seja feliz nos 20 metros. Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  9. Isso aí, para comparar o desempenho de armas diferentes o ideal é eliminar todas as variáveis possíveis, isso inclui apoiar a arma para eliminar a variável atirador... Além disso tem o fato da Hatsan 200 (HT-200?) ser cano fixo com alavanca inferior, não tem a melhor distribuição de peso para tiros sem apoio... Com luneta e muita prática (essas armas magnum são difíceis de domar) esses grupos vão fechar... Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  10. Acho que não tem muito a ver com o tempo passado a partir do lançamento, acho que tem mais relação com a aceitação comercial do novo produto. Veja o exemplo de outras armas, das mais baratas às mais caras. Weihrauch por exemplo, nunca diminui de preço. Na outra ponta, a Jade Mais (a pequena) também não sofreu diminuição no preço, só aumentou... O fato de a arma ter o preço diminuído talvez diga mais sobre a qualidade do projeto/construção do que da dinâmica do mercado...
  11. Pelas fotos dá pra ver que é um Frankenstein, mas parece que a CBC usou o pior de cada carabina (acho que para baratear), o conjunto de gatilho da G1 e o bloco de cano da G2... Mestre, tens algum diagnóstico preliminar sobre o spread? Diesel? Algum vedante estragado pelo tempo de estoque? Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  12. Se eu me lembro bem o Karolaza comparou com um Chrony e deu 4 fps (ou m/s, não me lembro) de diferença, acho que dá menos de 2 J. Você põe o crono onde quer medir a velocidade. Se quiser saber a velocidade na boca do cano ou quando atinge o alvo (não aconselho! Pelo menos com esse cronos de tubo, é mais fácil ocorrer um acidente irreparável!) Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  13. Tenho um Xcortech há uns 3 anos, pelo que li ele não é tão preciso quanto um Chrony, mas também não é tão caro. Acho que para alguém que não vai usar a arma em competições (como eu) é mais do que o suficiente. Ele só é meio chato de usar, como a abertura é pequena o acerto no interior do tubo é quase certo. Mas se até no Chrony, que tem uma abertura bem maior, o pessoal acaba atirando no cronógrafo, acho que o problema não sou eu... Já atingi o meu algumas vezes e ainda funciona... Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
  14. Já experimentou os Rifle Premium? Dão de 10 a 0 em qualquer Technogun, tanto no acabamento quanto no resultado final. É um pouco mais caro, mas vale à pena.
  15. Dei uma pesquisada aqui, parece que é uma B1 (ou B2) antiga (as escrituras são em chinês, provavelmente), do tempo que havia uma alavanca para abertura do cano. Procura na net fotos dessas armas (B1 e B2), vai ver que provavelmente é a mesma arma... Agora, peças para estas armas não sei se será fácil encontrar...
×
×
  • Create New...

HW50.jpg