Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Corveta

Members
  • Content Count

    8
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Brazil

Community Reputation

0 Neutro

About Corveta

  • Rank
    Novato
  • Birthday 11/27/1974
  • Age 44

Profile Information

  • Sua Localidade
    Joinville SC
  • Interesses
    Review,manutencao
  • Age 44

Recent Profile Visitors

106 profile views
  1. Muito bom esses esclarecimentos,isso me lembra minha infância,quando meu tios tinhas urkos,rossis,e CBCs,meu irmão mais velho com a urko dele,acertava tampinhas a 15~20 metros(a urko tem projeto mecânico rudimentar,mas dava pro gasto)Ou seja,a carabina barata ainda atira melhor q muito atirador por ai.....
  2. No início dos anos 2000,fiz uma bucha pra uma Gamo,q no cano tinha as Made in Brazil by Gamo,e também a inscrição "Gamo Hunter"tinha coronha de madeira com Almofada bem pronunciada,o resto era idêntico ao modelo 300(bloco do cano,alça e massa de mira,comprimento do cano,guarda mato etc)Nunca mais vi uma dessas,nem no CA,Nem em outros foruns,uma gamo hunter made in Brazil,era de um tio da minha esposa q acabou vendendo para um atirador de clube da minha cidade
  3. Olha,eu ja restaurei uma caramuru,e como estava sem coronha,eu consegui adaptar uma coronha da Dasy,em madeira,aquela que é bem parecida com Gamo Delta,ficou muito bom,essa coronha em questão tinha o zarelho da bandoleira fixo na lateral. Isso foi em 2009,um "amigo"quamdo viu,quis compra la de todas as maneiras Acabei vendendo e até hj não recebi.......???
  4. Belissima coleção,eu tenho uma 345 ja faz 25 anos,e continua firme e precisa Só bucha e mola foram trocados Essas valem a pena colecionar,o projeto mecânico e os materiais usados são de primeira,diferente de hj em dia.......
  5. Na alterama em sao paulo vc encontra alguma coisa,mas sao raras peças pra essa CBC,eu tenho uma ,só troquei mola e buxa
  6. Provavelmente vc inverteu a posição da lâmina q vai no pistão,ela tem posição pra encaixar,essa mola fica alojada dentro dessa peça cilíndrica,quando vc vai montar, todas as peças tem q estar sob pressão dessa mola, pra daí então bater os pinos
  7. Também sou de Joinville, e já vi alguns trabalhos desse armeiro, armas para tiro seta,achei muito bom o serviço
  8. Quando comprei a minha CBC GI,foi a primeira alteração q fiz,fiz um furo em ângulo,na parte de cima do gatilho, q fica em contato direto com a trava do pistão,furei com 2,5mm, para rosca m3,parafuso sem cabeça, com sextavado interno,com comprimento de +-10 mm,entao regular o parafuso com chave alen,deve se ter cuidado com essa modificação,a ponta do parafuso toca direto na trava,a parte de encaixe da chave no lado oposto e ,realmente muda muito,tenha muito cuidado com essa regulagem,se o parafuso protubera muito pra fora do corpo do gatilho,o pistão não trava, tem q se ter bom senso, e ir regulando com cuidado
×
×
  • Create New...