Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Marcio Thomaz

CBC Montenegro GI 4.5 - Recuperação

Recommended Posts

Caiu em minhas mãos há uns meses atrás essa carabina. Testei ela e não estava bem, nem expelia o projétil, sem pressão completamente. Tinha uns poucos pontos de oxidação, coronha intacta e alguns pequenos problemas de lubrificação. Deixei ela encostada por alguns meses. Há um mês atras comecei a me informar sobre manutenção e sobre tiro de pressão e me aventurei a desmontar totalmente a carabina, consertá-la e deixar pronta para uso, soltar a mola é fácil, mas fechar de novo, haja braço, rsrsrs. A bucha virou farofa, tinha óleo e graxa comum até o talo. Limpei completamente todas as peças, fiz uma bucha de PU com o-ring, lubrifiquei com grafite e comecei a fazer uns testes. A vedação ficou perfeita e manteve o pistão leve, muito leve de se movimentar. Parti para fazer uns testes de tiro e gostei do comportamento, tudo funcionava perfeitamente. O grafite não foi um bom lubrificante em algumas partes, então consegui graxa de silicone e refiz todo o procedimento de desmontagem, lubrificação e remontagem. 

Não tenho parâmetros para qualificar a carabina, estou aprendendo a atirar nela e já estou conseguindo alguns agrupamentos a 10m com mira aberta(ela tem uma luneta, mas resolvi aprender a mira aberta, embora a tenha desmontado e limpado lente por lente e remontado, sem problemas, fica guardada, rs). 

Alguém pode me dar mais informações sobre ela, e se tem como aliviar o gatilho que é bem pesado?

 

Desde já agradeço

 

Marcio Thomaz

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Marcio.

 

Nunca tive em mãos uma GI, mas tentarei ajudar quanto a aliviar o peso do gatilho.  Tomei como referência esta página: http://pecasdecarabina.blogspot.com/p/standard-f22-gi.html

O procedimento é praticamente o mesmo para a maioria dos sistemas de gatilho das carabinas, e tenha o cuidado de fazer o lixamento manualmente.  O processo é mais lento, mas diminui o risco de retirar material em excesso.

Observe quais as áreas de deslizamento entre as peças 13 (gatilho) e 29 (trava do êmbolo).  É bem provável que você consiga identificar essas áreas pelas marcas de atrito entre elas.  Faça um lixamento cuidadoso dessas áreas.  Normalmente começar com uma lixa 400, depois 600 e dar acabamento com uma 1200 é suficiente para deixar as superfícies bem espelhadas, porém tendo o cuidado para não mudar o ângulo das peças.  Outra área que deve ser lixada é onde ocorre o travamento do êmbolo (peça 36) efetuado pela peça 29.  Recomendo que leia o post do EduBacha, onde ele mostra em uma B19 como ocorre esse travamento e quais áreas lixar.  Está aqui:

 

e também um vídeo do amigo karolaza, onde ele faz o polimento do gatilho de uma GII, por sinal o vídeo que eu tomei como referência para fazer o serviço na minha:

 

 

Depois de feito o polimento, lave bem as peças para retirar a sujeira do lixamento (eu uso pincel e querosene), seque bem (ar comprimido), lubrifique e faça a remontagem.

 

Outra providência para deixar o gatilho mais leve seria tentar trocar a mola 17 (mola do gatilho) por uma de mesmo comprimento, porém mais leve.  Verifique com cuidado se a carabina está engatilhando corretamente com a nova mola, pois uma muito leve pode fazer com que a mesma dispare sozinha.

Se possível, tira fotos dos procedimentos e posta aqui no forum.  

 

Um abraço e bons tiros !

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Marcio !

O projeto do gatilho da GI não oferece condições de ajustes para alívio ou melhora do sistema. 

As ponderações do Jorge tratam de sistemas de gatilho completamente diferentes.

Consegui melhoras fazendo um sistema de gatilho próximo ao de uma B19, sem alterar as características e o projeto original de fixação na coronha. Muito trabalho. Detalhe, fabriquei as peças com aço fornecido por um amigo cuteleiro. Após o fabrico foram temperadas e revenidas.

Uma possibilidade seria a instalação de um conjunto de gatilho das Jade Mais. Trabalhoso também e não saberia informar se vai conseguir manter o curso original do pistão.  

O problema do gatilho da GI é que ele "puxa" o pistão para trás para liberar a trava e efetuar o disparo, o que o torna extremamente duro e "borrachudo".

Desculpe apenas informar e não anexar quaisquer imagens, mas acabo esquecendo e depois não tenho paciência e nem conhecimento para fazer as "tais" imagens. Ainda; vendi a carabina e o comprador está satisfeito com ela. Tirando o detalhe do gatilho é uma boa carabina.

Bom divertimento !

 

Edited by Edgar Minarello
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

muito obrigado Jorge de Assis e Edgar Minarello  pelas dicas, acho que seja melhor deixá-la com o gatilho original, sem riscos, rs, me adapto a ele. Talvez a única modificação que faça seja no centro de gravidade, pois achei ele muito adiantado para meu gosto, proporcionando, assim, uma postura mais adequada.

 

abraços

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Salvo engano, creio que a GI e a Magtech Youth utilizam as mesmas peças  (ou similares) no sistema de gatilho

Segue o Link do Topico "Tuning" - MAGTECH Youth Air Rifle 4,5mm - Parte III

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Marcio Thomaz disse:

Muito obrigado Alberto José , pena que tem que ser retirada a trava se segurança, tenho gente pequena por aqui, rsrsrs

Não há necessidade de se retirar a trava de segurança em definitivo. No tópico que te enviei, as fotos estão sem a trava de segurança apenas por questões de agilidade na montagem e desmontagem para a elaboração do tópico.

Já no tópico de instalação de mola a gás abaixo, se usar o Guia de Mola de Ação CBC Nitro 800 aí sim não tem como instalar a  trava de segurança. 

Tópico Molas a Gás - MAGTECH Youth Air Rifle 4,5mm - Parte IV

Bem, se vai permitir o uso por gente pequena, é melhor não modificar o sistema de gatilho original. Lembre-se que a trava de segurança impede apenas que a lâmina do gatilho seja acionada. 

 

Edited by Alberto José
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não, não vou permitir o uso pelas crianças, mantenho a carabina muito bem guardada, mas pretendo não esconder o fato de usá-la e de informar sobre uso e responsabilidade, desmistificando o que tem sido plantado contra armas em geral e quando tiverem idade, e se desejarem, poderei ensinar a elas Tenho uma filha e um sobrinho, 8 e 10 anos, acho precoce para os dois pelo nivel de maturidade dos dois, meu sobrinho , embora mais velho, é de uma imaturidade perigosa, tenho que me atentar a essas coisas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...