Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 07/11/2018 in all areas

  1. 2 points
    Menaldi Cazador 5.5 PCP Stoeger X20 cal. 4.5 QB23 4.5 Slavia 631 cal 4.5 Saludos
  2. 2 points
    Dois problemas que vejo. 1 Gr muito forte. 2 troca o vedante do cano por um mais flexível. Com o original às vezes muito duro o cano fecha cada vez em.uma posição, causando esse desagrupamentô na vertical, normal nas b19 e B12. Enviado de meu Moto Z2 Play usando o Tapatalk
  3. 1 point
  4. 1 point
    Olá a todos, Quero partilhar a minha review da Weihrauch HW50s Stainless e que é, na minha opinião a melhor arma de mola da Weihrauch e até mesmo de todas as outras marcas. Se só pudesse ter uma arma de ar comprimido, seria esta com toda a certeza. Espero que gostem: Tags / Keywords / Palavras Chave - .177, 4.5 mm, Ar, Arma, carabina, chumbo, Competição, Comprimido, Gamo, Piratices, Portugal, Pressão, Prova, Recreio, Tiro, Weihrauch, Pressão, Pressao, Brasil, HW, 50, 50s, Stainless, Hawke, Panorama, 3-9x40, AO, Versatilidade, Versátil, Iniciação, iniciacao, Mira, Treino, Desporto, BR, Bench, Rest, Luneta, Telescópica.
  5. 1 point
    Parabéns, belas armas. A Menaldi aqui no Brasil é muito difícil de encontrar, as outras carabinas já ví por aqui.
  6. 1 point
    Esse eu ainda não tinha visto, ótimo review como de costume Tive HW50 e de fato é uma ótima carabina, tenho saudades dela... Teus problemas com a tecla de segurança da HW se resolvem com uma tecla resetável que a V-Match faz: http://www.airgunsofarizona.com/tuning-kits/v-mach-drop-in-resettable-safety-catch-for-weihrauch/
  7. 1 point
    Pensando no que o colega Doni700 disse, resolvi fazer uma brincadeirinha com a Co2 Brasil. Não sei se é do conhecimento de todos, mas antes de criar a Carabina Caçadora eles converteram a CBC B-12 para PCP e parece que vendeu muitas unidades. Agora vejam só o que aconteceu quando entrei em contato com eles dizendo que estava precisando de peças para a B-12 PCP que eles criaram: 1º CONTATO: Resposta Incompleta da Empresa: Além de uma resposta incompleta, a pessoa que precisar de peças terá que gastar no mínimo R$ 100,00 no site para consegui-las, o que a meu entender constitui em PRÁTICA ILEGAL, de acordo com o artigo 39, I, do Código de Defesa do Consumidor (É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas, condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos). Não satisfeito com a resposta, retornei o contato: Resposta: Mediante tal situação, gostaria de deixar (se permitido pelos administradores do fórum) um espaço em aberto para que a Empresa Co2 Brasil se explique, pois vejo que eu e muitas outras pessoas têm grande interesse na Carabina Caçadora devido a sua alta potência e baixo preço, um brilhante projeto, porém aparentemente de baixa estrutura.
  8. 1 point
    SERÁ / ----- Si num fô ansim , cumé qui as croba bebi água ? Vai minganá qui elas tira a chapa prá bebê água ? Õ qui elas incóie us dente , bebi água i dispois disincóie os denti ? Esse pessoá das cidade grande tem cada coisa , inté parece cum aqueles mulecão criado no sofá . Aquí nus mato tem muntcha croba qui se disguiô da cidade i tá acoitada puraqui , iscondida inté nóis achá elas . Bandido da qualidade mai simples , di 10 a 15 morte no lombo , tumém num tem . As croba qui vem pará pressas banda são di muntchas forma , Indagora mêmo tão chegano uns lote daquelas qui dá chóqui , i tem muntcha i di tudos tamanho . Quano elas sórta dá us chóqui , os cabõco ofendido vai dismiringuino inté se finá . I elas num percisa tè us denti na boca . O veneno delas ataca premêro os borso dus cidadão i adispois ataca us bago v, dexano u pissoá trite e amofinado .
  9. 1 point
    Concordo. Mas o efeito que estamos tratando aqui, o espiralamento, que os gringos chamam de pellet wobble, é uma coisa mais dramática, diferente do efeito giroscópio ou magnus que tem em todos os disparos (que eu acho q é o que vc quis dizer com o efeito na bola de futebol, mas q no airgun é desprezível, tanto que os aplicativos de balística normalmente nem levam em conta). Se o espiralamento ocorresse sempre, os agrupamentos teriam POIs (em altura e lateralidade) diferentes em diferentes distâncias sempre (ou então seria impossível agrupar até). Flyers são normalmente (nem sempre) chumbos defeituosos q espiralou. Conforme discute o primeiro artigo postado pelo Charles, https://www.pyramydair.com/blog/2011/05/why-do-shot-groups-move/. O título do arigo é "Por que (meus) agrupamentos se movem?" Daí no artigo ele discute como resolver o problema se acontecer de seus agrupamentos se moverem conforme a distância. Diz ainda q isso é um problema e discute as possíveis causas e como resolver (uma seria a luneta desalinhada com o eixo da arma, outra seria o espiralamento, que também tem conserto). Vejam este vídeo de um cara testando e escolhendo chumbos pra uma daystate: Dá uma olhada na trajetória do JSB 18 que a arma dele gostou e a diferença pros outros chumbos que não harmonizaram. A diferença é brutal. Ainda sobre o q eu dizia, veja o JSB 16grains a 1000fps o que acontece. Meus amigos, como disse minha intenção não é polemizar. Com todo respeito, somente queria colocar que a trajetória NORMAL do chumbo é retilínea, não em espiral (embora ele gire sobre o próprio eixo etc etc). Se isto tá acontecendo desde a boca do cano é um problema a ser corrigido. Abraços
  10. 1 point
    Não sei o que é "technobabble", mas ele entende muito do q diz e isto se verifica na prática. Mas novamente o artigo que vc postou concorda comigo. Segundo o artigo o efeito espiral é "natural", mas não é o ideal e é um problema. O foco do artigo é ajudar a entender o que causa este problema. Veja o que ele diz: "Pellet spiral is real enough and one of the reasons that it is not seen in every shot is mainly that a number of specific physical effects must “align” or “harmonise” (technically speaking - a “harmonic” being set up) for the spiral to occur." Traduzo: "Espiralamento do chumbo é real o suficiente e uma das razões que ele não é visto em todos os disparos é principalmente que um número específico de efeitos(fatores) físicos devem se 'alinhar' ou 'harmonizar' (se combinarem) (tecnicamente falando - uma 'harmonia' preparada) para ocorrência da espiral". Segue: "When specific effects do harmonise in such a way that a type of harmonic is set up then pellet spiral may occur." traduzo: "Quando efeitos (fatores) específicos se harmonizam de uma forma que um tipo de harmonia ocorre, ENTÃO o espiralamento do chumbo PODE ocorrer." (griffos meus). Quando ele diz que "Espiral de pellets pode não ser observada em todos os pellets disparados de um rifle. Isso geralmente contribui para o mito perpetuado de que não é um efeito real ou é uma ilusão de ótica. Isso é enganoso." No contexto o que ele quer dizer é que "como esse efeito NÃO acontece sempre ("em cada pellet disparado"), quando as pessoas vem um pellet espiralando, tendem a achar q é uma ilusão de ótica. Quando na verdade o pellet está sim espiralando, SÓ NÃO OCORRE SEMPRE pelos fatores discutidos no artigo. (a propósito, pro autor deste artigo, o tombamento de chumbo é a causa principal desse efeito) Amigo, perceba que não estou discordando de que este efeito existe. Mas discordo de que ele ocorra sempre, em todo disparo, desde a boca do cano. E que sim, comprovado empiricamente, é possível "tunar" a harmonia da arma com a balística externa do projétil para que isto não ocorra, ou que ocorra apenas a distâncias extremas. Abraço
  11. 1 point
    Toni, você está confundindo o giro ao redor do eixo de trajetória com o "tombamento" do chumbo. "No final do século XX, os alemães desenvolveram uma tecnologia capaz de aprimorar a precisão dos disparos: estrias helicoidais na parte interna dos canos das armas, faziam com que projéteis do exato tamanho do cano girassem em torno do próprio eixo. O processo, conhecido como “rifling” ou raiamento do cano é repetido até hoje nas armas que necessitam de precisão." "Estriamento é o processo pelo qual ranhuras helicoidais no cano de uma arma ou arma de fogo conferem uma rotação a um projétil em torno do seu eixo mais longo. Esse giro serve para estabilizar o projétil giroscopicamente, melhorando sua aerodinâmica, estabilidade e precisão." Já o tombamento é quando o chumbo gira sobre si mesmo ao longo da trajetória como se capotasse. Me referi ao espiralamento crescente da trajetória ao longo da distância. Vc pode ler a respeito aqui ... https://www.pyramydair.com/blog/2011/05/why-do-shot-groups-move/ Nesse vídeo dá para ver exatamente esse efeito ... num alvo a apenas 65 metros ... Imagina o efeito crescente a 200 metros.
  12. 1 point
    Amigo, muito bacana o vídeo, mas permita-me discordar da parte da espiral do chumbo. A trajetória em espiral, no q eu entendo, somente ocorre a partir do momento em que o chumbo se desestabiliza de sua trajetória, não desde a boca do cano, e isto tem muitos fatores. O fator mais comum, tratando de JSB 18 em PCPs, é o excesso de velocidade no tiro. O raiamento influi nisto, mas já é consenso na gringa que, mesmo com carabinas como a FX e daystate, o JSB 18 não aceita mais q 920 fps. A partir disto a trajetória dele se desestabiliza e ele começa a espiralar. Ao contrário, quando a velocidade do chumbo e o passo da raia estão em sintonia, que na maioria das pcps gira entre 800 e 900 fps, esse espiralamento NÃO ocorre e a trajetória do chumbo é retilínia, sendo que a abertura do agrupamento a distância maiores q 100 metros se dá por outros fatores de balística externa, mas não o espiralamento. Por isto, o pessoal mais maduro no mundo PCP já percebeu q, por exemplo, a melhor precisão q se extrai de uma FX impact tá por volta dos 880 fps com jsb 18, pois mais que isso ocorre espiralamento. É possível ver este fenômeno ocorrer em diversos vídeos em câmera lenta, inclusive em que fazem testes com diferentes tamanhos de chumbo 5.50, 5.51, 5.52, 5.53 e etc. Foi possível observar que diferentes tamanhos influenciam esse fenômeno, de acordo com o cano da arma. Também é possível observar que o espiralamento somente ocorre depois de uma determinada distância e longa. 80 ou 90 mts, por exemplo, mas somente quando o chumbo se desestabiliza. Quando os fatores velocidade do chumbo, passo do raio, balística do chumbo e velocidade se harmonizam, esse efeito NÃO ocorrem e é possível ver o chumbo percorrer toda sua trajetória em arco, mas "retilínio", sem espiral e desde a boca do cano. Minha intenção não é polemizar, mas contribuir com a discussão. Abraços






























Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear



×
×
  • Create New...

Cometa 220.jpg