Jump to content

Para acessar os anunciantes, clicar nos banners!

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Sign in to follow this  
Anarco

Guilherme Paraense, o primeiro ouro

Recommended Posts

Guilherme Paraense, o primeiro ouro

guilherme_paraense_340.jpg

 

Guilherme Paraense, em foto de 1941

 

O Brasil iria fazer sua estreia nos Jogos Olímpicos em 1920, vinte e quatro anos após a primeira Olimpíada da era moderna ser realizada. Em 1920, o COB ainda não existia (ele foi criado em 1935) e a CBD (confederação brasileira de desportos) era quem cuidava mais da parte administrativa dos esportes. O país ainda engatinhava em participações esportivas fora do país. Só tinha disputado alguns torneios sul-americanos de atletismo e futebol. Apesar disso, o Brasil tinha um representante no COI, o doutor Raul do Rio Branco, filho do Barão do Rio Branco e amigo de longa data de Pìerre de Coubertin.
Com o convite recebido para os Jogos de 1920, a CBD tratou de conseguir reunir atletas para mandar sua delegação. Foi uma tarefa árdua, do ponto de vista político, para que os dirigentes nacionais definissem quais os esportes deveriam competir, definir as equipes, arrecadar fundos, etc.

 

Até mesmo as discussões levantadas pela imprensa da época foram acirradsa, pois os jornalistas não viam necessidade do Brasil participar dos tais Jogos olímpicos. Enfim, depois de muita discussão, foram definidos os esportes e o número de atletas: Saltos Ornamentais (1); Tiro (7); Remo (5); Polo Aquático (7) e Natação (5). Apesar de mandar o maior número de atletas, junto com o pólo aquático, quase que os atiradores brasileiros não foram, pois sequer existia uma federação de tiro no país, no máximo clubes de tiro espalhados pelo território brasileiro. Mas os trâmites necessários para ida deles foram feitos os atiradores puderam viajar

O que a delegação formada por Afrânio Costa (chefe da equipe e competidor da categoria Pistola, na qual havia se sagrado campeão brasileiro), Guilherme Paraense (categoria Revólver e também campeão brasileiro), Sebastião Wolf (Fuzil), Fernando Soledade (Pistola), Mário Machado (Pistola), Tenente Demerval Peixoto (Pistola) e Mário Barbosa (Revólver) não sabia era que essa seria uma longa viagem.

 

Em 1º de julho de 1920 a delegação brasileira embarcou no navio Curvello, em total clima de descrédito popular a essa aventura esportiva. Quando o navio fez uma escala na Ilha da Madeira, os atiradores aproveitaram para fazer um treino, e eles descobriram que se continuassem viajando de navio, não chegariam a tempo para disputar as provas de tiro. Então o grupo de atiradores desceu em Lisboa e foi de trem até Antuérpia.

A viagem de trem foi sofrida. Em uma vagão a céu aberto, eles pegaram sol e chuva, tinham que racionar alimentos e ainda tiveram parte de seus equipamentos, alvos, revólveres e munição, roubados. Mas os brasileiros tinham finalmente chegado à cidade belga. Depois de sofrerem para encontrar o local da competição, eles adentraram em Beverloo, onde seria realizado o Tiro Esportivo naquelas Olimpíadas. Doutor Afrânio Antônio Costa logo fez amizade com norte-americanos, que, solidarizados, deram alguns alvos e munições para que os brasileiros pudessem treinar.
As provas de tiro não tinham estande, o país estava se recompondo da primeira guerra mundial e os recursos eram poucos. Por isso, todo o cuidado era pouco na competição, um erro de um competidor custaria a vida do adversário.

 

2 de agosto era o grande dia da disputa e Fernando Soledade foi o primeiro atirar. Após uma atuação ruim devido ao revólver, o chefe da delegação norte-americana de tiro cedeu duas pistolas colt, feitas especialmente para os Jogos Olímpicos, em uma grande demonstração de fair play.

Na pistola de 50 metros, Afrânio Costa conquistou a primeira medalha olímpica da história do Brasil, com uma prata. No mesmo dia teve a competição por equipes, e o Brasil, que revezava as duas pistolas entre os atiradores, conseguiu a medalha de bronze. Assim, o país fechou o primeiro dia com duas medalhas, um feito que surpreendeu a todos.
Mas o principal estava por vir. Guilherme Paraense, na prova da pistola rápida, conseguiu 274 pontos em 300 possíveis, batu o campeão mundial - o americano Raymond Bracken - por 2 pontos e conquistou a medalha de ouro. O primeiro lugar só foi decidido no último alvo, que Paraense acertou em cheio, enquanto Bracken falhou. A equipe do tiro, com todos os seus percalços, levava 3 medalhas olímpicas para casa. Dizem que os americanos, quando souberam que Guilherme era militar, chegaram a reclamar ao COI dizendo que por ser do exército, ele não podia competir. COI negou o pedido, validando a medalha de ouro do brasileiro.
Guilherme Paraense ainda conseguiu outro feito, ele foi o primeiro porta-bandeira do Brasil em Jogos Olímpicos. Como a cerimônia de abertura foi somente 16 de Agosto, ele pode participar e sua escolha como porta-bandeira foi unânime entre a delegação brasileira.
Na volta, Guilherme Paraense foi recebido como herói no porto do Rio de Janeiro. Ele recebeu uma medalha do então presidente Epitácio Pessoa. Paraense ainda foi campeão sul-americano de tiro em 1922 e brasileiro em 1927, mas nunca mais voltou a disputar uma Olimpíada. Tenente do exército em 1920, Paraense chegou a ser Coronel e se reformou em 1941. Acabou morrendo no anonimato, de enfarto, aos 83 anos. Em 1989, o polígono de tiro do pico das agulhas negras, ganhou o seu nome, assim como uma competição importante no tiro nacional.
guilherme_paraense.png

 

Equipe de Tiro brasileira, da esquerda para direita: Guilherme Paraense, Afrânio Costa, Sebastião Wolf, Mário Barbosa e Fernando Soledade

O Brasil só conquistou outra medalha de ouro olímpica 32 anos depois, com Adhemar Ferreira da Silva em Helsinque.
  • +1 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information


luneta-rossi-gold-crown-4x32-com-paralax-D_NQ_NP_868361-MLB31851222901_082019-F.jpg