Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Eduardo Macedo

ARMAS BOAS E RUINS

Recommended Posts

ARMAS BOAS E RUINS

Nos vários grupos sobre armas de pressão, é muito comum a pergunta se a arma é boa ou ruim.

O ponto a ser esclarecido é que existem muitas armas muito boas, existem armas sofisticadas, existem armas refinadas, existem armas simples, mas existem muito poucas armas ruins.

Claro que esta é apenas a minha análise, mas eu diria, ao contrário de muitos, que a arma é ruim se for cara e não atender ao seu propósito ou se apresentar muitos problemas e requerer muita manutenção, mas isso só acontece com uma minoria, embora muitos considerem armas baratas como ruins, o que não é verdade.

Armas baratas podem custar menos por terem o projeto e a fabricação mais simples. Nesse caso, dependendo da concepção da arma, o atirador pode investir menos na compra e fazer as melhorias ao seu gosto, caso deseje.

Há também armas de preço baixo que se destinam ao tiro informal à curta distância, então, se a arma de preço baixo não agrupa a longo alcance, é porque ela foi feita para o lazer, tiros a curto alcance, em latas, por exemplo. Nesse caso, o que conta é a diversão e não a precisão nos tiros, ou seja, a arma acaba sendo boa para a sua aplicação.

Acho importante as pessoas considerarem esses fatores e não deixarem de ter uma arma de pressão por se sentirem menosprezadas ao não disporem de recursos para ter uma arma cara.

Naturalmente, se o objetivo for tiros de precisão a longo alcance, será necessário comprar uma arma de melhor qualidade e acabamento, que custará bem mais do que uma arma simples.

Mas não podemos comparar armas de R$3.000,00 com armas de R$800,00, por exemplo. Assim, não faz sentido, a menos que o objetivo seja o tiro olímpico, investir um monte de dinheiro numa arma para atirar a 10 metros, e não se deve investir numa arma barata e querer agrupamentos de 1 ou 2 MOA a 50 metros.

Portanto, não devemos confundir ruim com inadequado, e se formos competir, que seja na habilidade para acertar os alvos e não no ego e no poder aquisitivo.

A dica é procurar saber se determinada marca e modelo tem histórico de quebra e manutenção, e então perguntar se a arma é adequada para a aplicação.

Atire para acertar!

FONTE e Autorização FÓRUM CA: Nelson L. De Faria 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom esses esclarecimentos,isso me lembra minha infância,quando meu tios tinhas urkos,rossis,e CBCs,meu irmão mais velho com a urko dele,acertava tampinhas a 15~20 metros(a urko tem projeto mecânico rudimentar,mas dava pro gasto)Ou seja,a carabina barata ainda atira melhor q muito atirador por ai.....

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O QUE SIGNIFICA "MOA" ?

Em 31/12/2018 em 16:56, Eduardo Macedo disse:

ARMAS BOAS E RUINS

Nos vários grupos sobre armas de pressão, é muito comum a pergunta se a arma é boa ou ruim.

O ponto a ser esclarecido é que existem muitas armas muito boas, existem armas sofisticadas, existem armas refinadas, existem armas simples, mas existem muito poucas armas ruins.

Claro que esta é apenas a minha análise, mas eu diria, ao contrário de muitos, que a arma é ruim se for cara e não atender ao seu propósito ou se apresentar muitos problemas e requerer muita manutenção, mas isso só acontece com uma minoria, embora muitos considerem armas baratas como ruins, o que não é verdade.

Armas baratas podem custar menos por terem o projeto e a fabricação mais simples. Nesse caso, dependendo da concepção da arma, o atirador pode investir menos na compra e fazer as melhorias ao seu gosto, caso deseje.

Há também armas de preço baixo que se destinam ao tiro informal à curta distância, então, se a arma de preço baixo não agrupa a longo alcance, é porque ela foi feita para o lazer, tiros a curto alcance, em latas, por exemplo. Nesse caso, o que conta é a diversão e não a precisão nos tiros, ou seja, a arma acaba sendo boa para a sua aplicação.

Acho importante as pessoas considerarem esses fatores e não deixarem de ter uma arma de pressão por se sentirem menosprezadas ao não disporem de recursos para ter uma arma cara.

Naturalmente, se o objetivo for tiros de precisão a longo alcance, será necessário comprar uma arma de melhor qualidade e acabamento, que custará bem mais do que uma arma simples.

Mas não podemos comparar armas de R$3.000,00 com armas de R$800,00, por exemplo. Assim, não faz sentido, a menos que o objetivo seja o tiro olímpico, investir um monte de dinheiro numa arma para atirar a 10 metros, e não se deve investir numa arma barata e querer agrupamentos de 1 ou 2 MOA a 50 metros.

Portanto, não devemos confundir ruim com inadequado, e se formos competir, que seja na habilidade para acertar os alvos e não no ego e no poder aquisitivo.

A dica é procurar saber se determinada marca e modelo tem histórico de quebra e manutenção, e então perguntar se a arma é adequada para a aplicação.

Atire para acertar!

FONTE e Autorização FÓRUM CA: Nelson L. De Faria 

O QUE SIGNIFICA "MOA"

Share this post


Link to post
Share on other sites
O QUE SIGNIFICA "MOA" ?

Boa noite, MOA é minute of angle (minuto de ângulo), um minuto é equivalente a 1" a 100 jardas ou 91 metros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

HW50.jpg