Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Pincipi

Mudar rosca de cilindro de aluminio de 5/8-18UNF para M18X1.5

Recommended Posts

Tenho um cilindro novo de alumínio com a rosca pronta para 5/8-18UNF e quero mudar a rosca dele para usar uma torneira de rosca M18X1.5. O vendedor disse que a base é bastante larga e que pode ser feito a mudança sem problemas.

Sei que o certo é levar no profissional capacitado para fazer o serviço, entretanto, quero fazer eu mesmo por mera curiosidade e capricho pessoal. (mesmo correndo o risco de perder a peça)

Estou ignorando que o mais certo seria comprar a válvula e adaptador próprios para a rosca do cilindro e que também a torneira só deveria ser instalada no cilindro próprio. Vou trabalhar com 150 BAR no máximo, para recarregar o cilindro da P45.

Procurei artigos a internet sobre o assunto e basicamente tem dois modos, manual ou por máquina, sendo que para cada caso tem um conjunto de machos próprios:

tiposmachos.jpg.189852bfbd23b8d24a04a17a42670ce2.jpgMachoManual.jpg.d4f0c8ac8b4d36f87bc1ea11a9455853.jpg

Além de uma série de orientações sobre alinhamento ou centralização:

centralizado.jpg.4b949d1bda206d43ca3914d0c1b5ad98.jpg

lubrificação, quebra de cavaco:

826176130_Quebradecavaco.jpg.5b4ba443c73283db3ff3c5d0c62c5561.jpg

E outras coisas como técnicas de alargamento.

Não achei nada sobre usar o macho direto sobre uma rosca pré-existente, pelo que deu a entender, tem que primeiro usinar a rosca antiga com uma broca ou alargador para só então passar o macho, procurando errar o mínimo possível:

errofuro.jpg.24d02a8f36f0cfdc721b4d00b9a97ed3.jpg

Quanto ao material ser de alumínio, encontrei opiniões divergentes, dizendo que o corte do alumínio deve ser a seco, sem lubrificação e ao contrário, que deve ter lubrificação senão o alumínio vai se soldar ao macho e causar imperfeição no corte:

382715323_deformao.jpg.2f3ef1c86f8956171e26b141bb649b48.jpg

Não descobri se a seco é mais para uso manual e lubrificado é mais para uso com máquina.

A alegação da lubrificação é que protege contra corrosão, reduz dilatação térmica, obtém tolerâncias apertadas e protege a soldagem do cavaco, uma vez que o alumínio tem propriedades plásticas próprias de usinagem, material de baixa fusão que se prende ou se agarra a ferramenta no efeito solda.

Na parte do lubrificante li que deveria evitar água, sebo, parafina ou fluidos caseiros tipo água+óleo+detergente e qualquer coisa que contenha sal, dar preferencia ao fluido ou óleo de corte próprio de alumínio ou então querosene ou álcool com um pouco de óleo lubrificante.

Na parte das ferramentas eu não vou investir em nada, pretendo pegar emprestado com amigos, tipo por exemplo o macho que parece ser o mesmo utilizado em bloco de motor de fusca, o formão para segurar o cilindro eu já tenho.

Também tenho que observar a afiação do macho:

Reafiarfrequentemente.jpg.2a6bb9904be6f78a45be8881ff96365b.jpg

Qualquer dica é bem vinda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi Pincipi!

Se eu não estiver enganado na interpretação dos números, essas duas medidas se equivalem, diferenciando-se apenas no tamanho e formato dos fios de rosca. Se isso estiver correto, a conversão das roscas é inviável.
Vide na tabela:  https://elginfasteners.com/resources/metric-bolt-conversion-metric-to-standard-bolt-conversion/

Share this post


Link to post
Share on other sites

É verdade, pela tabela não dá, o problema é que no meu "olhometro" dá:

olhometro.jpg.c3f134bd22e2fdc4a0db4b3441298c49.jpg

Fazendo a conta que vi na internet para se saber o tamanho do furo a ser feito no gargalo do cilindro,  para depois passar o macho; 18 - 1,5 = 16,5 mm dá a entender que tem espaço, do tipo eu furar tirando dois milímetros e depois passar o macho.

2.jpg.e9150909929a00bb0cd00a2ad7407b09.jpg3.jpg.c0dc0cd59859c5bf76ef6becd97b0083.jpg

Na parte do formato das roscas, pelo pente em mm:

rosca.jpg.010a7b4d127f4d0415f12450a6a741bf.jpg

rosca2.jpg.f6f8ddb7b9c4e68fff8c8e872871cb08.jpg

No cilindro deve ser outra escala diferente de mm, os dentes não se encaixam, tanto no 1,25 1,50 e 1,75.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

 

Rosca 5/8 - 18 UNF

18 fios por polegada - furo com broca de 14,5mm de diâmetro

1175268020_RoscaUNF.jpg.ba449d0c1b8173ddc70b0874376f17b4.jpg

Rosca M18 x 1,5 Rosca Métrica Fina

Passo 1,5mm - furo com broca de 16,6mm de diâmetro (comumente encontra-se  no mercado broca de 16,5mm de diâmetro)

1036010559_RoscaMtricaFina.jpg.06f5ee7a698b5cf8942afc71f11031d4.jpg

O mais importante é após o serviço executado, submeter o conjunto a um novo teste hidrostático de pressão. Segurança acima de tudo :judge:

No meu entendimento, esta modificação inutiliza o cilindro sob o ponto de vista normativo legal  (marcações de identificação do cilindro) a não ser que seja emitido um laudo por um Profissional Habilitado (PH). 

Segue um vídeo postado pelo Eduardo Macedo em  21/10/2007 (chamo a atenção para a usinagem da rosca - 03:20) 

 

O vídeo acima mostra o comportamento de cilindros de ar comprimido (alta pressão) quando ocorre a quebra da "torneira" sem redutor de fluxo e com redutor de fluxo (vazão de ar)

No caso de substituição da torneira em que se exige abertura e usinagem de rosca, se esta não estiver bem feita e testada o perigo é os fios de rosca espanarem e a torneira sair do cilindro. Neste caso,  nem a  torneira com redutor de fluxo vai conter a energia liberada.

 

Edited by Alberto José
Inclusão de vídeo
  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Certo, isso mesmo, parece que devo alargar o furo com a broca de 16,5mm e depois passar o macho e por fim fazer um teste hidrostático.

Analisando as alternativas, com qual você ficaria?:

a)Fazer você mesmo todo o serviço (não tem preço).  Gastando no mínimo R$ 315 e máximo R$ 520,00:

Broca 16,5mm de R$ 40 a R$ 70,00.

Conjunto macho M18X1,5 de R$ 45,00 a R$ 90,00 conforme a qualidade.

Desandador vira macho M20 de R$ 40,00 a R$ 120,00 conforme a qualidade.

Fluido de corte para alumínio R$ 40,00 a R$ 60,00.

Levar para fazer teste hidrostático R$ 150 a R$ 180,00.

b)Não gastar nada na base da gambiarra. Ao invés de usar uma broca, fazer alguma coisa caseira como adaptar uma lima ou lixa. Ao invés de comprar o macho, usar uma torneira velha ou um parafuso usado e cortar as laterais para servir de macho. Ao invés de usar um desandador improvisar com duas chaves de aperto ou chave de catraca. Ao invés de usar fluido próprio, jogar qualquer óleo de carro usado. Ao invés de fazer o teste hidrostático em lugar certificado, emendar uma Wap no conjunto e ver se não explode na cara. (não parece ser razoável, exceto se gosta de viver fortes emoções)

c)Comprar um cilindro novo e não correr nenhum risco R$ 153,00.

d)Comprar uma torneira própria R$ 260,00.

e)Nenhuma das anteriores, deixa como está.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gosto muito de fazer modificações, mas está eu não faria. Não vale o risco.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não faça isso. O risco não vale a pena, estes cilindros tem muita energia dentro deles quando carregados, uma falha pode causar um grave acidente.
Por isso esses equipamentos são fabricados sobre normas técnicas, tem inspeções periódicas, testes hidrostáticos e vida útil definida.


Enviado de meu Moto G Play usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faltou mencionar a alternativa f) mandar a um armeiro qualificado. Como não consultei nenhum, imagino que haveriam duas possibilidades, uma dele dar o preço do serviço e outra dele recusar o serviço alegando falta de segurança ou quebra de alguma norma, o que encerraria de vez qualquer dúvida.

Consegui um macho M18X1,5:

macho1.jpg.b29f0f3860e7af50ed1c0f27a635f778.jpg

No olhômetro parece que dá para usar direto, sem remover antes as roscas, o encaixe inicial parece ser perfeito, falta o desandador ou vira macho, estou pensando em sacrificar a peça só para ver no que vai dar e mostrar aqui.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pronto! Já fiz meu desandador vira macho com uma aste de um jogo de ferramentas e a catraca de 14mm:

vira1.jpg.2d5733f3e5b3f3216070f63ad1cf7bd7.jpg

O engate dela é sextavado e a ponta do macho é quadrada de 11mm, foi fácil, cortei uma lata em cinco tiras tipo "U" e fui encaixando elas nas laterais, empurrando o macho contra o buraco:

vira2.jpg.4e79f732fd9ced159e8091aa2c79f54d.jpg

Segurando na mão, a gambiarra parece estar bem firme, vamos ver como fica na hora de fazer os cavacos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Pincipi disse:

Faltou mencionar a alternativa f) mandar a um armeiro qualificado. Como não consultei nenhum, imagino que haveriam duas possibilidades, uma dele dar o preço do serviço e outra dele recusar o serviço alegando falta de segurança ou quebra de alguma norma, o que encerraria de vez qualquer dúvida.

Consegui um macho M18X1,5:

macho1.jpg.b29f0f3860e7af50ed1c0f27a635f778.jpg

No olhômetro parece que dá para usar direto, sem remover antes as roscas, o encaixe inicial parece ser perfeito, falta o desandador ou vira macho, estou pensando em sacrificar a peça só para ver no que vai dar e mostrar aqui.

 

 

não faça isso de passar o macho sem antes deixar o furo com diâmetro nominal certo falo com propriedade pois sou torneiro mecânico e também não tente aumentar o furo em uma furadeira seja de bancada ou muito menos manual, pois a chance de acontecer um acidente ou perder o cilindro é grande, o certo é levar a um torneiro e ele abrir esse furo no torno pois essa liga de alumínio dos cilindros é dura e o macho vai agarrar e não vai sair mais e ai vc vai perder o cilindro e o macho, quanto a norma quando vc fizer isso ela não se aplica mais a esse cilindro, o mais certo seria comprar um cilindro novo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

outra alternativa e essa não tem risco seria rebaixar a rosca da torneira para 5/8 esse serviço um torneiro deve cobrar de 50 a 80 reais no máximo para fazer.

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
outra alternativa e essa não tem risco seria rebaixar a rosca da torneira para 5/8 esse serviço um torneiro deve cobrar de 50 a 80 reais no máximo para fazer.
Boa idéia do amigo Ricardo, e muito mais segura.

Enviado de meu Moto G Play usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, ricardo165 disse:

outra alternativa e essa não tem risco seria rebaixar a rosca da torneira para 5/8 esse serviço um torneiro deve cobrar de 50 a 80 reais no máximo para fazer.

Acrescentando a alternativa g) levar a válvula um torneiro e rebaixar a rosca para 5/8 R$ 50,00 a R$ 80,00. (Parece ser a alternativa mais barata até aqui, o cilindro continua obedecendo à norma e no caso da torneira, não sei se existe norma para ela e parece ter metal de sobra para a adaptação com segurança)

Ou então reformulando a alternativa f) ao invés de levar a um armeiro, levar no profissional próprio, o torneiro mecânico. (Já tenho a sentença: 

2 horas atrás, ricardo165 disse:

não faça isso de passar o macho sem antes deixar o furo com diâmetro nominal certo falo com propriedade pois sou torneiro mecânico e também não tente aumentar o furo em uma furadeira seja de bancada ou muito menos manual, pois a chance de acontecer um acidente ou perder o cilindro é grande, o certo é levar a um torneiro e ele abrir esse furo no torno pois essa liga de alumínio dos cilindros é dura e o macho vai agarrar e não vai sair mais e ai vc vai perder o cilindro e o macho, quanto a norma quando vc fizer isso ela não se aplica mais a esse cilindro, o mais certo seria comprar um cilindro novo.

)

Apenas para ratificar as informações de que não é possível rebaixar a rosca do cilindro sem antes alargar ou aumentar o furo, tentei fazer isso colocando o macho direto na boca, segurando o cilindro com uma mão e o desandador caseiro com a outra (usando luvas de proteção de raspa):

boca.jpg.4c578f05de333b06a174c3f3301768f7.jpg

Até que consegui arrancar algumas lascas de alumínio, arranhando a superfície de forma irregular, sem obter qualquer resultado positivo. Por experiência própria (de aventureiro não profissional) vi que é verdade tudo o que falaram sobre, ou seja, o alumínio do cilindro é mesmo mais duro que o alumínio normal. Este tipo de serviço deve ser feito com equipamento próprio que possibilite o apoio ou firmeza corretas. Aproveitando a foto, mostrando os detalhes das medidas, pelo que entendi a espessura original da parede é de cerca de 10mm e ao refazer a rosca na nova medida, vai ficar mais fino que isso, tipo de 8 a 8,5mm (uma parede mais fina pode se romper com mais facilidade).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Insistindo no erro, só para ver o estrago de se tentar com as ferramentas não próprias, desta vez prendi firmemente o cilindro em uma morsa, repeti a tentativa manual de passar o macho com o mesmo resultado de antes.

Depois usei uma broca chata de madeira de 5/8 numa parafusadeira, que em tese faria um furo de 15,5mm, usei uma velocidade mais lenta na esperança de não me machucar quando desse o tranco, lembrando que até mesmo na madeira o furo usando esta broca fica meio ovalado ou irregular:

58.jpg.ba5dc29065a116217022703e37091af4.jpg

Ela anda um pouco e trava, exatamente como dito acima que aconteceria ao tentar passar o macho sem padronizar o furo antes, na foto eu movi um pouco a broca para mostrar a parte do alumínio, ou um resto de rosca que causa o travamento, isso ocorre nas duas pontas. Definitivamente é um serviço de torneiro e não de aventureiro.

Por favor entendam que já fui devidamente orientado neste post e sei exatamente o que é certo a se fazer, só estou mesmo mostrando o que é errado, justamente para dirimir qualquer eventual dúvida contrária. Não é apenas um mero convencimento pessoal, tem também um pouco de vingança sádica contra o cilindro.

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom  eu nao ia dar pitaco pois  meu usuario esta parcialmente bloqueado e tambem queria ver ate onde ia a desventura de alargar a rosca do cilindro mas agora que a Ines é morta,  la vai o pitaco 

Existe no alixpress (nao lembro qual loja ) um niple conversor  5/8 para M18  .

E caso nao encontra-se a tal loja no alixpress e o  tal niple era so pedir pra um torneiro usinar um ! 

peça similar a esta 

s-l400.jpg

 

  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

tirou lascas da rosca do cilindro?
grandes chances de ter inutilizado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 12/07/2019 em 22:01, xleofs disse:

tirou lascas da rosca do cilindro?
grandes chances de ter inutilizado.

Sim, grande chance mesmo. Uma forma de medir pode ser o principio da metade, tipo se metade das roscas estiverem intactas, ainda dá para usar, pelo menos no caso de velhas regras de mergulho autônomo.

Em 1986, eu fiz um curso de mergulho livre/autônomo até 30 metros, dentre os muitos ensinamentos, existia a obrigação do mergulhador examinar por si mesmo o equipamento a ser utilizado, no caso da primeira utilização ou a períodos anuais, tinha a verificação da rosca do cilindro de aço, a qual consistia em remover a válvula e inspecionar visualmente como estavam as roscas, inclusive utilizando escova de aço. Nesta época acho que nem existiam cilindros de alumínio ou com pressões atuais de 300 BAR e se haviam, os preços eram proibitivos, a maioria era de 100 a 150 BAR. Também não havia uma norma específica tipo ABNT ou ISO para o caso da rosca, ao menos, não era do conhecimento dos instrutores, que pregavam a "regra dos oito" ou "regra da metade", consideravam que se a metade das roscas estava intacta, era o suficiente para aprovar a utilização do equipamento, mais que isso reprovava ou condenava o cilindro ou a válvula. Ainda naquela época, todas as roscas tinham ao total a contagem de 16 e se na inspeção o mergulhador contar até 8 intactas, podia usar. Outro detalhe a se considerar, o vedante era corda com um pouco de vaselina ou sabão. Não se usava fita veda rosca ou selante químico, acho que ainda não existiam ou não tinham aplicação comercial. (o anel era feito de câmara de pneu)

Será que esta "regra" ainda vale para hoje em dia?

Share this post


Link to post
Share on other sites

o q vale eh o teste hidrostático dentro da validade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Revisão/Resumo das soluções possíveis para o caso do cilindro de rosca de 5/8 e a torneira de M18.

1) refazer a rosca do cilindro

2) refazer a rosca da torneira

3) usar adaptador de 5/8 para M18

4) trocar o cilindro ou a torneira

Nas primeira e segunda soluções, indispensável o serviço de torneiro mecânico e inviável serviço caseiro, sendo que a marcação do padrão de rosca do cilindro ou da torneira vai ser diferente da real.

Na terceira, esteticamente o conjunto vai ficar esquisito ou diferente do normal porém sem divergência nas indicações de padrões de rosca. A peça pode ser encontrada no comércio ou torneada por encomenda e variar muito, reta, a 90°, com acréscimo de medidor ou bico de carga.

Na quarta, tudo fica perfeito, inclusive a torneira já pode vir equipada ou adaptada com estação de recarga.

Em todas as soluções é necessário o devido teste hidrostático.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso! Eu já tinha visto antes, nas mãos dele tudo parece ser tão fácil!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Consegui uma broca de 16,5mm:

1.jpg.676ad6928b2332ae37c84c2cea3cff25.jpg

Apesar de estar escrito 16,5 no paquímetro mediu 16 mm exatos. No olhometro parece que vai dar certo:

2.jpg.612736c2b95c5e80c447340e1528f058.jpg

Mas, na hora de encaixar na furadeira, não deu:

3.jpg.a284e0b5f8f0303da4c356dcb667e5b1.jpg

A haste da broca mede 12,5 mm e a medida máxima do mandril é para 10 mm (3/8-24UNF), estou pensando em arrumar um mandril maior, um que já tenha haste de 10 mm para encaixar, tipo 5/8 para 16 mm. Ou talvez o de 13 mm sirva mas, parece que a medida da haste cônica não vai servir no mandril da furadeira. Outra coisa seria afinar a haste da broca. Também poderia tentar adaptar no desandador.

Isso que é um serviço enrolado, gambiarra da gambiarra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Continuando com um novo capitulo da novela, consegui um adaptador e ficou assim:

adaptador.jpg.14a412155ee8cff25861dcd3574ec8e5.jpg

Prendi o cilindro num torno com um pedaço de borracha de pneu e a cabeça voltada para cima, lubrifiquei usando um pincel molhado com óleo de motor de carro, tanto na broca quanto nas roscas do cilindro:

cilin.jpg.f1a62e47b0cc09a0010afbaf79bf6121.jpg

Encaixei a ponta da broca e mandei ver na furadeira, usando o próprio peso dela e um pouquinho de força:

1.jpg.4a9e3c819c0ba3558decf52f07c7be6e.jpg

Em questão de 15 segundos o alumínio cedeu completamente e deu apenas um tranco no finalzinho um pouco antes do furo vazar por completo, ficando assim:

2.jpg.eba35f423946d933f755fe06311ff77c.jpg

Ao toque do dedo ficou liso perfeito, se bem que no detalhe da fotografia apareceram uns sulcos bem grandes. O cilindro aqueceu muito pouco apenas na área do gargalo.

A broca ficou assim:

3.jpg.d3c464aacc885c90475a606c39cdfd33.jpg

E ainda sobrou umas limalhas de alumínio:

4.jpg.a4539c7f7030efd1821490560c48fbac.jpg

Tudo pronto para o próximo passo e oficialmente agora o cilindro está totalmente imprestável ou inútil, já que mesmo dando certo a passagem do macho, a medida de rosca vai ser diferente da medida gravada nele e consequentemente não atende a legislação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...