Jump to content

Imagem Postada

Para acessar os anunciantes, clicar nos banners!

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem PostadaImagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

REGULAMENTO CARABINA MIRA ABERTA DE AR - CBTE


Eduardo Mello

Recommended Posts

Atualizado em 05/01/12 com o regulamento para 2012. Fonte CBTE.

 

 

 

 

I- Finalidade

Regulamentar a prova de Carabina Mira Aberta de Ar no âmbito da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo.

 

II- Descrição da Prova

a) Distância

10 (dez) metros.

 

b) Alvo

De pistola de ar da ISSF.

 

c) Posição

De pé, sem nenhum tipo de apoio ou suporte. A sustentação da arma se dará com ambas as mãos e o ombro. Um dos cotovelos poderá estar apoiado apoiar no quadril.

 

d) Arma

1.
Serão permitidas todas as armas longas que contenham as seguintes especificações:

1.1.
Calibre 4,5mm e Cano basculante.

 

1.2.
Miras abertas sem nenhum tipo de aparelho ótico. A maça de mira poderá ter o túnel de proteção.

 

1.3.
Filamento de fibra ótica na Maça e na Alça de Mira.

 

1.4.
O acionamento pode ser por mola metálica em espiral ou pelo sistema de mola pneumática.

Exemplo: Gás RAM.

 

1.5.
Armas com peso com de até 5,5 (cinco vírgula cinco) Kg, incluindo as miras.

 

2.
Não será permitido:

2.1.
Armas olímpicas, mesmo que tenham sido adaptadas.

 

2.2.
Acessórios de armas olímpicas.

 

2.3.
Modificações que alterem a coronha original.

 

2.4.
Modificações ou adaptações que alterem as características originais da arma: uso de contrapesos de cano, freio de boca, compensador, garfo, apoio do rosto ajustável, elevador do apoio do rosto, apoio para mão sob a coronha (palm rest), tubo prolongador do cano/maça de mira.

 

2.5.
A alça de mira deve ficar obrigatoriamente à frente da posição do gatilho. Considera-se para este efeito o ponto de inserção do gatilho no mecanismo.

 

2.6.
Soleira com regulagem vertical e horizontal. Caso este equipamento conste no projeto original da arma, a mesma deve ser alinhada e fixada, não sendo permitido qualquer ajuste.

 

2.7.
Para fins de manutenção será aceita a utilização de componentes similares aos originais em forma, dimensão e função, sendo que os mesmos não podem alterar as características originais da arma.

 

e) Equipamento

 

1.
Não será permitido o uso de bancada móvel para descanso da arma no intervalo do tiro.

 

05]
2.
Não será permitido o uso de calça de tiro, botas de tiro, casaco de tiro, bandoleira, luva ou qualquer outro tipo de vestimenta utilizada em provas olímpicas e que facilite o tiro.

 

f) Competição

 

1.
Ensaio

Um alvo de ensaio com número de tiros livre.

 

2.
Prova

6 (seis) séries de 5 (cinco) tiros em 6 (seis) alvos de prova.

 

 

3.
Tempo

35 (trinta e cinco) minutos para o ensaio e prova.

 

g) Comandos

· "Seu tempo de 3 minutos de preparação começará a partir de agora"

· "Começar"

· "Faltam 5 minutos”

· "Prova encerrada – armas em segurança"

Obs.: Armas em segurança significa: abertas e descarregadas sobre a bancada ou em seus invólucros.

 

h) Falhas de munição ou de arma

Serão consideradas como zero.

 

i) Apuração

Os alvos serão apurados na linha de tiro, sempre que possível, ao final da prova.

 

j) Penalização para tiros dados a mais.

Serão computados os cinco impactos mais baixos de cada alvo e aplicada uma penalização de menos 2 (dois) pontos no total.

 

III- Categorias, classes, desempate e premiação

a) Categorias

 

Esta prova será disputada nas seguintes Categorias:

 

Homens

 

Juvenil Masculino

até 15 anos

Júnior Masculino

de 16 a 20 anos

Sênior

de 21 a 55 anos

Máster Masculino

de 56 a 64 anos

Veterano Masculino

acima de 64 anos

05]

Mulheres

 

Juvenil Feminino

até 15 anos

Júnior Feminino

de 16 a 20 anos

Dama

de 21 a 55 anos

Máster Feminino

Acima de 55 anos

 

Portadores de necessidades especiais (Homens e Mulheres)

 

Para-atleta

todas as idades

 

b) Classes

A categoria Sênior será dividida em três classes (A, B e C). A classificação será feita com base na média do atleta no ranking geral de 2011. O atleta que não figurou neste ranking terá sua classe definida pela pontuação obtida na primeira prova de 2012 que participar, independente de qual etapa for.

 

Mediante correspondência ao Coordenador de Provas Especiais da CBTE (devesa@cbte.org.br) o atleta poderá solicitar sua troca de classe para uma superior, não podendo mais voltar à anterior, independente dos resultados. Esta solicitação deverá acontecer antes da segunda Etapa do Campeonato.

 

Segue a tabela de pontos correspondentes para classificação em classes dos atletas que figuraram no ranking de 2011 ou para os novos atletas a serem classificados em sua primeira participação:

 

Sênior A

acima de 285 pontos

Sênior B

de 266 até 285 pontos

Sênior C

até 265 pontos

 

 

 

 

c) Desempate

425]
1.
Se dará pelo maior número de centros olímpicos (X), 10, 9 e assim sucessivamente.

 

425]
2.
Pelo maior pontuação no 6º alvo de prova, no 5º alvo e assim sucessivamente.

 

425]
3.
Persistindo o empate será feito sorteio.

 

d) Premiação

Conforme descrito no regulamento do Campeonato.

 

IV- Inscrições

 

O Atleta poderá fazer no máximo 3 participações, obedecendo ao cronograma estabelecido no programa da competição e pagando inscrição para cada nova participação.

 

V- Normas Disciplinares

 

a)
É proibido fumar na linha de tiro.

 

b)
O Atleta ao dirigir-se ao Diretor da Prova deverá fazê-lo de maneira a não atrapalhar os demais atletas e de forma educada.

 

c)
No caso de infração ao presente Regulamento ou o não cumprimento das decisões do Diretor da Prova serão aplicadas as seguintes penalidades disciplinares:

1.
Advertência Verbal.

 

2.
Penalização em 2 (dois) pontos no resultado da prova em que ocorreu a infração.

 

3.
Desqualificação.

 

VI- Disposições Gerais

 

a)
Todos os expedientes e/ou equipamentos que possam vir a facilitar o tiro, e que não foram aqui mencionados, ou ainda, contrariem o espírito destas regras, são proibidos.

 

b)
O Diretor da Prova poderá a qualquer momento examinar o equipamento do atleta e impugnar os resultados caso o julgue em desacordo com as normas estabelecidas.

 

c)
Os casos omissos, caso ocorram, serão resolvidos em primeira instância pelo Coordenador de Provas Especiais e em segunda instância pela Comissão Técnica de Carabina, Pistola e Rifle.

 

d)
Todos os chefes de equipe e atletas deverão ter conhecimento das regras e cuidar para que elas sejam cumpridas.

 

e)
Não é permitido nenhum tipo de auxílio ao atleta quando no posto de tiro. Caso necessite assistência, deverá solicitar ao Diretor da Prova autorização para dirigir-se ao seu técnico ou chefe de equipe fora do posto de tiro.

 

f)
Será aceito recurso quanto aos resultados até um prazo máximo de 30 (trinta) minutos após a divulgação dos mesmos. Para interpor recurso, o interessado deverá pagar uma taxa equivalente a uma inscrição de prova. Caso o recurso seja aceito, o valor cobrado será devolvido. Dúvidas de pontuação durante a apuração deverão ser resolvidas na linha de tiro.

 

g)
As armas só poderão ser municiadas e/ou manobradas no posto de tiro. Após o término da série e/ou prova as armas deverão estar abertas e descarregadas sobre a bancada ou em seus respectivos invólucros. O não cumprimento desta norma bem como apontar a arma para qualquer direção que não a do alvo implica em desclassificação imediata.
  • +1 2
Link to comment
Share on other sites

Parabéns pelo artigo exposto.

 

Toda vez que leio esse regulamento lembro que preciso comprar outra carabina.

''d,1.6) Cano dobrável, podendo ser utilizado o sistema pneumático (Gás RAM).''

Dá uma tristeza a falta de $ pra aumentar o estoque.

[]'s

Link to comment
Share on other sites

A regra é clara... rsrs

Mas, interpretação de texto é sempre um problema.

 

d.1.11) ...É permitido o uso de soleira, sem garfo ou qualquer tipo de prolongamento, fixa na coronha sem ajustagem vertical ou horizontal, e a saliência das pontas de suas abas não pode exceder 10mm do encosto central.

Link to comment
Share on other sites

Parabéns pelo artigo exposto.

 

Toda vez que leio esse regulamento lembro que preciso comprar outra carabina.

''d,1.6) Cano dobrável, podendo ser utilizado o sistema pneumático (Gás RAM).''

Dá uma tristeza a falta de $ pra aumentar o estoque.

[]'s

 

André,

Não sei se interessa e se acha uma boa opção, mas gostei bastante da precisão da Phanton que está com excelente preço... cerca de 650,00 a vista na loja da carabina ou 6x126,00 ou 699,00 na brasultil podendo ser dividido em 6x116,00... acho que é isso... rs... acho que na lunkers bass (londrina) eles tb fazem 650,00 à vista...

Abraço,

Alexandre

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

h) Critérios de Desempate

 

O desempate individual, quando necessário à classificação local de uma prova, se dará pela comparação das séries regressivas. Persistindo o empate haverá a comparação, na ordem regressiva, tiro por tiro, prevalecendo o atleta que possuir a série ou o tiro de maior valor. Para o sistema on-line de competição nacional segue-se o Regulamento CBTE do ano vigente.

Não tinha me ligado nesta parte, pois surgiu um empate hoje (não nos primeiros lugares) que levantou essa dúvida, achei que o desempate se daria pelo número de acertos no 10 mas lendo esse tópico ficou claro que o critério é de comparação dos pontos do último alvo, se persistir será comparado a pontuação do penúltimo alvo e assim por diante.

Link to comment
Share on other sites

D'elite já havíamos utilizado esse critério na 2ª etapa, onde ocorreram dois empates se não me engano, na verdade o Fábio Coelho estava ajudando na apuração e explicou como fazer.

 

É eu sei, ele estava nesse empate e falou isso também, eu que não lembrava de ter lido isso na regra.

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Uma dúvida:

Existe um método padrão de medição do peso do gatilho?

 

Existe um aparelho que mede o peso do gatilho. No caso a arma é engatilhada e por meio deste, puxa-se o gatilho e este apresenta em sua tela a força realizada, logo o peso do gatilho.

Link to comment
Share on other sites

Este aparelho tem um pequeno problema, que dependendo da forma que se puxa o e o tranco da arma, pode dar uma leitura incorreta do peso do gatilho.

Outra forma é um peso de 500gr com uma haste (tipo um cabide) que é muito utilizado para medir o gatilho de armas olímpicas, onde o peso do gatilho não pode ser menor que as 500gr.

Com a arma engatilhada e apontada pra cima, o peso é pendurado no gatilho e esta não pode disparar.

Link to comment
Share on other sites

Este aparelho tem um pequeno problema, que dependendo da forma que se puxa o e o tranco da arma, pode dar uma leitura incorreta do peso do gatilho.

Outra forma é um peso de 500gr com uma haste (tipo um cabide) que é muito utilizado para medir o gatilho de armas olímpicas, onde o peso do gatilho não pode ser menor que as 500gr.

Com a arma engatilhada e apontada pra cima, o peso é pendurado no gatilho e esta não pode disparar.

 

Nunca tinha ouvido falar deste método!!!

Muito interessante e eficiente!

Link to comment
Share on other sites

Depois de pendurado o pesono gatilho, as armas olímpicas tem uma ranhura onde é para encaixar o peso, levanta-se a arma u suficiente para retirar uma folha de papel debaixo dela ( do cabo com ela apontada para cima ).

Se não disparar, está com 500g, ou mais...

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
  • 2 weeks later...
  • 1 month later...

post essencial!

 

dúvidas:

 

-todas as delimitações de tamanho (até do peso do gatilho) são aferidas antes das provas?

 

-uma alça de mira adaptada no trilho da luneta que fique à frente do gatilho é permitida?

 

obrigado pelos esclarecimentos!

Link to comment
Share on other sites

post essencial!

 

dúvidas:

 

-todas as delimitações de tamanho (até do peso do gatilho) são aferidas antes das provas?

 

-uma alça de mira adaptada no trilho da luneta que fique à frente do gatilho é permitida?

 

obrigado pelos esclarecimentos!

 

Todas as aferições devem ser feitas antes da prova:

III. Normas Disciplinares

a) É obrigatório que o Árbitro da competição, ciente deste regulamento, faça a inspeção da arma como condição para que o atleta assuma posição na linha de competição.

IV. Disposições Gerais

b) O Árbitro da Prova poderá a qualquer momento examinar o equipamento do atirador e impugnar os resultados caso o julgue em desacordo com as normas estabelecidas.

 

Segundo o regulamento a alça de mira deve estar a frente do gatilho "independente do local de sua fixação"

 

D'elite

Link to comment
Share on other sites

Muito explicativo o Tópico...agora fiquei em duvida de procurar ou não uma Bisley regulável...

 

Toma vergonha e ve se volta a atirar, tu mais fala que atira pra que soleira especial filho, pra deixar de enfeite na arma tomando poeira, alias arma pra vc tem que ser com coronha bem curta né, no fim uma soleira regulável vai servir pra nada???uhauahauahuahaua

Link to comment
Share on other sites

 

Toma vergonha e ve se volta a atirar, tu mais fala que atira pra que soleira especial filho, pra deixar de enfeite na arma tomando poeira, alias arma pra vc tem que ser com coronha bem curta né, no fim uma soleira regulável vai servir pra nada???uhauahauahuahaua

 

 

Voce é engraçadinho pra casseta né filho? Engraçado que da ultima vez que eu fui no clube quem nao tava lá era voce né? E sim, como sou de estatura baixa, coronhas grandes como das CBC nao servem pra mim, nao me adaptei, por isso procuro sempre uma arma em qual eu me adapte bem...cada um tem que se adaptar de acordo com sua necessidade e uma soleira regulavel acho que me serviria bem...hehehe

Link to comment
Share on other sites

A Proposito...kkkkkkkkkkkkkkkkkk....deixa vc que te pego nas silhuetas...uhuhuhuhuhu

 

Bora um BR bem mais competitivo, silhuetas aquele dia a minha luneta tava desrregulada para a distância, não sei se vc lembra que tava de mira aberta e botei a luneta em cima da hora ve se imprime ai uns alvos ta na sessão BR, silhuetas é moleza..... :thumbup:

Link to comment
Share on other sites

 

Bora um BR bem mais competitivo, silhuetas aquele dia a minha luneta tava desrregulada para a distância, não sei se vc lembra que tava de mira aberta e botei a luneta em cima da hora ve se imprime ai uns alvos ta na sessão BR, silhuetas é moleza..... :thumbup:

 

Ahahahaha....desculpinha esfarrapada que sua luneta tava indo bem, ai vc foi querer melhorar e se lascou, nem vem...nem manjo de BR...

Link to comment
Share on other sites

 

Ahahahaha....desculpinha esfarrapada que sua luneta tava indo bem, ai vc foi querer melhorar e se lascou, nem vem...nem manjo de BR...

 

Pelo jeito nem de luneta vc manja, não fui querer melhorar fui simplesmente tirar o zero dela que tava pra 50mts e passar pra 35mts e neste processo perdi alguns tiros, mas se vc quizer bora silhuetas novamente a 30 mts afinal de mira aberta eu acertei com a delta lembra de primeira e vc tava tentando acertar de luneta ?? rsrss que tal a gente apostar nossas armas na proxima eu topo e vc? :harhar:

Link to comment
Share on other sites

 

Pelo jeito nem de luneta vc manja, não fui querer melhorar fui simplesmente tirar o zero dela que tava pra 50mts e passar pra 35mts e neste processo perdi alguns tiros, mas se vc quizer bora silhuetas novamente a 30 mts afinal de mira aberta eu acertei com a delta lembra de primeira e vc tava tentando acertar de luneta ?? rsrss que tal a gente apostar nossas armas na proxima eu topo e vc? :harhar:

 

 

Desculpa ae, esqueci que voce era o sabidão!

 

Realmente nem de luneta eu manjo, entao como eu vou apostar minhas armas contra voce, o senhor dos tiros precisos heim?

Ahahahaha...voce provoca e nao quer ser provocado? Engraçado isso...

Link to comment
Share on other sites

Correu.... :lolu: mas não esquenta na proxima vez não me preocuparei em te incentir a voltar a atirar e muito menos passar dicas como sempre fiz a vc, pensei que tivesse a liberdade de brincar contigo , afinal sou uma pessoa bem transparente e gosto de tentar ajudar os "amigos" de qualquer forma não entendi mesmo porque vc precisa de uma soleira regulável ja que o problema maior seria o tamanho das coronhas de sua arma que ao meu ver ja são compridas imagina uma soleira regulável na sua cbc e na sua norica? Uma coisa posso te garantir não dou desculpas esfarrapadas, não sou o senhor sabidão e muito menos o senhor dos tiros perfeito, talves o meu defeito é isistir com pessoas como vc que não dá a mínima quando queremos ajudar .

 

 

 

Desculpa ae, esqueci que voce era o sabidão!

 

Realmente nem de luneta eu manjo, entao como eu vou apostar minhas armas contra voce, o senhor dos tiros precisos heim?

Ahahahaha...voce provoca e nao quer ser provocado? Engraçado isso...

Link to comment
Share on other sites

Correu.... :lolu: mas não esquenta na proxima vez não me preocuparei em te incentir a voltar a atirar e muito menos passar dicas como sempre fiz a vc, pensei que tivesse a liberdade de brincar contigo , afinal sou uma pessoa bem transparente e gosto de tentar ajudar os "amigos" de qualquer forma não entendi mesmo porque vc precisa de uma soleira regulável ja que o problema maior seria o tamanho das coronhas de sua arma que ao meu ver ja são compridas imagina uma soleira regulável na sua cbc e na sua norica? Uma coisa posso te garantir não dou desculpas esfarrapadas, não sou o senhor sabidão e muito menos o senhor dos tiros perfeito, talves o meu defeito é isistir com pessoas como vc que não dá a mínima quando queremos ajudar .

 

 

Karolaza meu camarada, ambos temos nossas desculpas esfarrapadas num saudável tom de brincadeira, inclusive me permito e te permito sim esta liberdade, amigo.

 

Quanto ao tópico, pensei na soleira regulável para a Norica, da qual nunca reclamei da coronha em comprimento, o problema seria apenas a altura, algo perfeitamente corrigível com a soleira.

 

Por fim te agradeço pelas dicas e empenho e me coloco à disposição para o que for necessário, mesmo projetos malucos e tiros na lua...rs

 

Abraço,

Whombi

Link to comment
Share on other sites

  • 4 months later...

Pessoal, nessas regras onde viram sobre peso do gatilho ? eu não achei, alguém poderia me dar essa dica?

Papa,

acredito que anteriormente esta restrição aparecia nas regras e agora não mais. Como retiraram não será algo cobrado dos atiradores... Pelo menos acho que seja isto...

Link to comment
Share on other sites

parece que as regras postadas pelo Edu Mello estão diferente da exposta no site da CBTE \(regras para 2012). vou dar uma lida melhor. pode ser meu astigmatismo que está "ajudando". quanto ao peso de gatilho de arma longa, eu penso que é bobagem, pois em carabina olímpica, seja 10m (ar) ou 50m (22lr) é liberado salvo engano. só se exige na modalidade de fuzil 300m (1,5kg). neste caso tem um gancho comprido pra karacoles que se pode ver no site da www.gehmann.de. eu particularmente penso que gatilho deveria ser liberado, até porque ninguém consegue um peso muito abaixo de 500 gramas mesmo em armas de cano basculado.

Link to comment
Share on other sites

Atualizado em 05/01/12 com o regulamento para 2012.

 

A exigência do peso de gatilho foi realmente suprimida, e pelo que pude ver a uma primeira lida muzzle não serão permitidos, assim como alterações na coronha como peso e "palm rest", soleira só de fabrica e zerada:

 

  • 2.3. Modificações que alterem a coronha original.

  • 2.4. Modificações ou adaptações que alterem as características originais da arma: uso de contrapesos de cano, freio de boca, compensador, garfo, apoio do rosto ajustável, elevador do apoio do rosto, apoio para mão sob a coronha (palm rest), tubo prolongador do cano/maça de mira.

  • 2.6. Soleira com regulagem vertical e horizontal. Caso este equipamento conste no projeto original da arma, a mesma deve ser alinhada e fixada, não sendo permitido qualquer ajuste.

Link to comment
Share on other sites

a altura e distâncias de alvos, bem como suas medidas, nas modalidades, são regras gerais da ISSF e por isso não consta desta regra específica. mas tem no site da cbte arquivo em português que pode ser copiado. o estande de carabina mira aberta de ar é o mesmo da carabina e pistola olímpicas.1,4 metros é do centro do alvo em relação ao piso onde se situa o atirador, por isso, muitas vezes dá problema, pois a altura do piso do atirador não é a mesma onde está o alvo. tem um sistema simples de fazer essa medição com mangueira com água, nivelar no local do alvo quanto no local onde estará o atirador.

Link to comment
Share on other sites

  • 8 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Recently Browsing   0 members

    • No registered users viewing this page.
×
×
  • Create New...

Important Information