Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Sign in to follow this  
MATTHEW QUIGLEY

Ah! Correios " inovando "; só faltava essa!

Recommended Posts

http://bandnewsfm.band.uol.com.br/Noticia.aspx?COD=788970&Tipo=227

 

13/02/2017 12:00 Nova determinação dos Correios pede dados pessoais de moradores de onde são feitas as entregas

Carteiros de São Paulo se queixam de uma nova determinação dada pelos Correios para levantar dados pessoais de moradores das residências onde são feitas as entregas.

 

As informações seriam vendidas para empresas interessadas em fazer propaganda por meio de mala direta, ou seja, ofertas e anúncios enviados aos endereços pesquisados.

  • Mais informações com Débora Alfano:

  • Ouçam no site.

C. M.Q.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pronto, agora o carteiro é agente de invasão de privacidade por ordem do governo.

 

Senhores e senhoras que trabalham neste híbrido brasileiro chamados Correios, façam uso do seu poder de escolha, simplesmente não façam este deserviço à população.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quantas entregas o carteiro vai fazer por dia, se for "entrevistar" os destinatários? Aqui no prédio só sobe com autorização, que será negada!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já não faz o que foi pago para fazer. Ainda quer montar mailing list nas costas dos que tem suas encomendas atrasadas e subtraidas. Que eles comprem muitas cadeiras, pois se esperarem em pé cansarão.

 

Powered by Samsung S7 Edge

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu percebi que no rastreio dos objetos está aparecendo "Recebido por: ?"

 

Se for para pelo menos colocar o nome da pessoa que recebeu o PAC/SEDEX não vejo problemas, eu daria meu nome numa boa. Agora pedir outros dados "pessoais", não tem lógica pois não é um documento fiscal como uma NF-e que você tem que assinar um canhoto e colocar seu CPF por exemplo, é um recibo (AR) no máximo.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Algo que todo brasileiro odeia ou já odiou ou ainda vai odiar um dia: Correios...

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

http://g1.globo.com/economia/noticia/correios-esperam-adesao-de-5-mil-em-pdv-e-planejam-fechar-200-agencias.ghtml

Correios esperam adesão de 5 mil em PDV e planejam fechar 200 agências...

O plano de demissão voluntária lançado pelos Correios recebeu até o momento a adesão de 3 mil funcionários e a expectativa é que o número chegue a pelo menos 5 mil, segundo o presidente da estatal, Guilherme Campos.

Em meio à mais grave crise financeira de sua história, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) planeja também fechar cerca de 200 agências neste ano, além de uma série de medidas de redução de custos e de reestruturação da folha de pagamentos.

A empresa acumula dois rombos de R$ 4 bilhões nos últimos dois anos. Os Correios fecharam o ano passado com prejuízo em torno de R$ 2 bilhões, após registrar perdas de R$ 2,1 bilhões em 2015. "Estamos trabalhando para reverter esse quadro. O objetivo é colocar a empresa no azul neste ano", disse o presidente ao G1.

Cortes

Aberto em janeiro, o Plano de Desligamento Incentivado para Aposentados (PDI) tem como público-alvo os empregados com mais de 55 anos, com tempo de serviço para requerer aposentadoria. O prazo para adesão termina nesta sexta-feira (17).

Inicialmente, a expectativa era ter de 6 mil a 8 mil adesões, com economia anual de R$ 700 milhões a R$ 1 bilhão. Agora, a meta foi reduzida. “A nossa expectativa é ficar em torno de 5 mil. Só os 3 mil que já aderiram já representam uma economia anual da ordem de R$ 400 milhões”, afirmou Campos.

Segundo ele, mesmo com a adesão menor, outras medidas complementares ajudarão a empresa a reduzir os seus custos para voltar a gerar resultados operacionais positivos.

Só com cortes de funções e cargos comissionados, a empresa diz ter conseguido uma economia da ordem de 20% na folha de pagamentos de janeiros.

Os Correios contam com 117 mil empregados atualmente.

Fechamento de agências

Segundo os Correios, o fechamento de cerca de 200 agências acontecerá sobretudo nos grandes centros urbanos. "Estamos fazendo um processo de otimização onde houver superposição de agência, inclusive para poder aproveitar os reflexos do PDI”, explicou Campos.

A empresa possui atualmente cerca de 6.500 agências próprias, além de mais de 1 mil franqueadas.

Os Correios acompanham o movimento de racionalização e corte de pessoal que também está sendo feito por bancos estatais como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Em tempos de recessão e rombo recorde nas contas públicas, o governo tem incentivado esses programas de desligamento voluntário, até mesmo para tentar afastar a necessidade de aporte federal em estatais em dificuldades financeiras.

Levantamento publicado pelo G1 no mês passado mostrou que programas de cortes em estatais já tiveram a adesão de mais de 37 mil funcionários em 2 anos e que novos planos anunciados podem gerar mais de 22 mil cortes adicionais.

Reajuste de tarifas

Outro reforço no caixa dos Correios deverá vir de um reajuste das tarifas postais nos próximos meses. A estatal afirma que há uma necessidade de um aumento da ordem de 7% por causa do represamento das tarifas em anos anteriores, quando não houve repasse integral da inflação.

“Existe uma demanda nossa por um resto de recuperação de tarifas, que já foi encaminhado em janeiro para o Ministério do Planejamento", explica o presidente. “Estamos aguardando”.

Para Campos, outro ponto fundamental para reestruturar o orçamento dos Correios é encontrar um novo formato para o plano de saúde dos funcionários dos Correios, o Postal Saúde. Segundo ele, este custeio é o responsável pela maior parte do déficit registrado nos últimos anos.

Pelo modelo, a estatal arca com 93% dos custos dos planos de saúde e os funcionários com 7%. “Estamos negociando com os trabalhadores, com os sindicatos, buscando uma alternativa. Nos moldes que está é impossível de ser mantido”, diz.

Apesar de afirmar ter ficado assustado com a desorganização encontrada na administração da empresa, o presidente dos Correios diz acreditar na recuperação e viabilidade da operação e afirma que a privatização nas está nos planos do governo.

"Do ponto de vista de negócios, querer privatizar nesse momento seria entregar a empresa praticamente de graça", diz. "O desafio de se fazer tudo aquilo que não foi feito em 10 anos. Esse aqui tem que ser o ano da virada.”

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Brasil não tem administradores competentes em lugar nenhum,os bons só querem serem malandros passando no pior sentido da palavra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Registrar que a entrega não pode ser efetuada é uma coisa, inventar desculpas pelo menos podia ser uma desculpa plausível.

Depois reclamam da privatização. 

 1455342808_MiguezadadosCorreios.jpg.0679c485bf41c49adce9832264cba453.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

COmeta Fenix.jpg