Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Pedrao

HW 30, HW 35, HW 50, SLAVIA 631 ou SLAVIA 634 - Qual a melhor Carabina???

Recommended Posts

Amigos do tiro blz?!

 

Inicialmente informo que abri o presente tópico por não haver outro exatamente igual a esse!

 

Sou novo aqui no Fórum e também novo no tiro com Armas de Pressão.

 

Acontece que comprei uma HW 57, minha primeira Carabina.

 

Estou MUITO satisfeito com ela, potência, grupamento, acabamento, detalhes, enfim, é a verdadeira engenharia alemã em forma de Carabina.

 

A aquisição dessa arma se deu pelo meu intuito inicial dentro do tiro esportivo, que é atirar com mira aberta até ficar excelentemente bom, utilizando os princípios do tiro em pé e as devidas técnicas, bem como pela proposta irrecusável de negócio, se trata de uma arma adquira pelo antigo e até então único proprietário no meio do ano de 2015, com aproximadamente 300 disparos efetuados até à data da conta?!

 

Porém armas com cano fixo não podem participar de provas do Papel 10 metros, por dois motivos:

1 - Possui cano fixo, propriamente dito;

2 - Vem de fábrica com 16 Joules, o que é muito potente para a prova de Papel 10 metros.

 

Por isso irei comprar uma arma de cano basculante, e como já irei comprar, quero uma arma que compense o investimento.

 

Dessa forma, qual a melhor arma para o tiro em Papel a 10 metros: HW 30, HW 35, HW 50, Slavia 631 ou Slavia 634?

 

Eu sei que é mto subjetiva essa resposta, mas vamos levar em consideração os seguintes detalhes para a escolha: o mesmo exímio atirador disparando com a arma, com o melhor chumbo, armas devidamente reguladas e etc?!

 

Por outro lado, esquecendo essas variáveis acima elencadas, qual seria a melhor Carabina para a prova papel 10 metros?

 

E por fim, é certo que dentro de todas elas existe uma melhor para a modalidade que escolhi, qual seria?

 

Agradeço a atenção de todos que leram, e agradeço novamente para quem puder contribuir com o tópico agregando maiores informações eu agradeço!

 

 

PEDRÃO!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia amigo, apesar de não participar da modalidade tenho carabinas só cano fixo, acredito que com as variáveis citadas qualquer uma das carabinas servirá para o proposto, descartando as variáveis idem, mas vamos esperar a ajuda de quem efetivamente pratica papel 10 metros. Sugiro ainda que dê uma olhada no tópico de nossa Olimpíada Postal e verá excelentes resultados conseguidos com carabinas B12 e aproveite também para se apresentar em outro tópico, abraços.

 

http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php/forum/113-olimpiada-postal-ca/

 

http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php/forum/26-seja-bem-vindo/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola Pedrão

 

Das carabinas citadas..As que eu vejo aqui em São Paulo,partcipando de CAMPEONATOS DA FEDERAÇÂO

HW 35,HW 30 e Slavias seja 631 ou 634.Mas existem as não citadas Gamo 440 devidamente tunada,CBC 345.

Essas são usadas em provas papel 10 metros.Meus amigos falam muito sobre a HW35,por dizerem que vem

pronta para a próva.A HW 50 é uma otima carabina que se propõem a um tiro mais amplo,porem uma vez que

o atirador se adapte(e isso vale para qualquer arma)acredito que da para ser usada>Cabe sempre lembrar que

para papel 10 metros,quanto menos potencia,melhor o resultado.

 

abraço Borracha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Borracha , creio estarmos no caminho certo , quanto a relação pesoXpotência . Quanto a adaptação , eu acredito que seja melhor buscar a adaptação da arma ao atirador . Pedrão , não tenha pressa em resolver . " Prá treinar qualquer bola serve " . A tua visão do que seja a correta prática do esporte do Tiro , está certa . Agora , a minha pergunta , qual o chumbo que voce utiliza na HW 57 ? Abraço .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Todas as carabinas mencionadas são excelentes para a modalidade Papel 10 metros, só que elas não são "out of the box". Todas precisam de ajustes finos para extrair todo seu potencial.

Na minha modesta opinião não existe a melhor carabina, para mim, a única coisa que existe é o melhor resultado. E o melhor resultado pode ser conseguido com qualquer uma delas.

.

Eu tenho uma HW 50S, 16joules nominal, mas só dava 13,5 joules. Depois de alguns tiros a mola quebrou 3 elos, Fiz os ajustes na mola e recoloquei na carabina que ficou com 12 joules. Melhorou muito a precisão. Dizem que o melhor da precisão da HW 50 se consegue entre 10 e 11 joules. Como sou um iniciante na modalidade, minha média é de 280 pontos em prova, treinando já fiz 286. A meta é chegar aos 290 até o final do ano.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Borracha , creio estarmos no caminho certo , quanto a relação pesoXpotência . Quanto a adaptação , eu acredito que seja melhor buscar a adaptação da arma ao atirador . Pedrão , não tenha pressa em resolver . " Prá treinar qualquer bola serve " . A tua visão do que seja a correta prática do esporte do Tiro , está certa . Agora , a minha pergunta , qual o chumbo que voce utiliza na HW 57 ? Abraço .

 

Mazinhowaldemar os primeiros tiros estão sendo com o Gamo Match de 7,56 grains, aqui na minha cidade não tem JSB ou H&N. Mas irei comprar os JSB Match de 8,02 grains, o que me diz?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saiki San assim voce espanta a freguesia . Entretanto , se souber de alguma 'Dianinha " ,favor me avisar . Pedrão , não se apresse . essas armas de maior pot~encia costumam mastigar qualquer chumbo , para tiros informais ou treino .

Share this post


Link to post
Share on other sites

+1 merecido Rogério!

Estava com a mesma dúvida, mas já estava pendendo para uma delas (HW50S), hoje a tarde combinei de encontrar um amigo e vou atirar com ela para ver se gosto. O lado bom dela é a versatilidade de provas que dá para fazer, troca de kit e manutenção tranquilo de fazer. Abraço e obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Respondendo com foco na pergunta papel 10m e os quatro modelos citados, sem considerar possíveis modificacoes futuras...

 

HW 30S para quem tem chassis de frango a gafanhoto.

 

HW 35S para os mais fortinhos.

 

Quanto às Slavias, não conheço, mas pela velocidade, descartaria a 634. Me parece que o acabamento das Slavias são incompatíveis com o preço praticado aqui na república das bananas.

 

O principal é treino, muito treino e chumbo correto para a carabina.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

 

Tenho uma HW30 e é ótima mas peca exatamente onde o Rogério falou: é muito leve e "se mexe mais". Para efeito de comparação tenho uma B19 que é mais pesada e a visada fica muito mais fácil. Curioso notar que na categoria olímpica há limite máximo de peso para a carabina mas não mínimo, o que reforça a tese que mais peso colabora para estabilidade.

 

Na ocasião o preço foi fator decisivo pra optar pela HW30 (e na época eram só R$ 500 de diferença, santo arrependimento...) mas hoje com mais experiência eu pagaria a diferença da HW35.

 

Eu nem cogitei muito as Slavias por que 1 - raramente alguma loja tem à venda, acabaria comprando usada e 2 - tem vários kits de tunning/reposição da Vortek e Maccari pra HW mas nenhum pra Slavia.

 

Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Everton, eu gostaria de experimentar a HW50S mas faltou oportunidade. Imagino que o peso e tamanho sejam bons para esse tipo de tiro.

 

Fico curioso com a sensibilidade na empunhadura. A HW35 é muito manhosa! Como disse o Maccarini, que me vendeu a arma, se deixar a barba crescer um dia a mais dá diferença no tiro.

 

Confesso que a Slavia me surpreendeu nesse ponto. Atirei pouco, mas a sensação é que é perfeita.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi Rogério, atirei com a HW50S, está com mola de 7,5J, passei no cronógrafo e ficou na média de 150m/s com H&N Finale Match 4,50 8,18gr tudo foi feito pelo Carlos da Diabolô, está muito bem feita, pouca vibração no disparo, mal dá para sentir a "toing" da mola, não acredito que seja preciso encamisar pq não é nada que atrapalha e o agrupamento é tiro em cima de tiro...

Sim, achei o peso perfeito, tenho altura de 1,72m e peso 82kg, sou meio fracote por falta de exercício (20 anos só de teclado/mouse/lapiseira rss...) mas achei fácil de manter ela e de bascular, o bascular é muito macio, mais forte é o tranco para abrir o cano e fechar, mas bascular é muito leve e macio, prova da boa mecânica e boa lubrificação... o centro dela está logo depois do guardo mato, a coronha é muito boa, a pegada com a mão direita/empunhadura é muito boa, fica bem encaixada... da mão esquerda, fica bem também, acredito que se fosse um pouco mais alta na parte da mão esquerda seria perfeita para mim, sinto falta de um pouco mais de altura... eu peguei uma vez somente uma Slavia na mão, nem atirei, mas acredito que para mim seria a altura perfeita... eu estou decido, se comprar vai ser ser esta HW50S e depois me faço uma coronha parecida com a da Slavia para testar... pq pagar o que estão pedindo pelas Slavias não acho certo... e outra coisa que me deixa tranquilo é a manutenção da HW que é fácil e aí tá outra coisa que além de atirar que eu gosto de fazer que é as manutenções a nível cirúrgico hehe... Abraço Rogério, boa semana e obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Historicamente, nos últimos quase 20 anos, as provas de Federações sempre foram recheadas de Slavia 631 e HW30. A maioria era Slavia 631.

Porque?

 

1) Mais suave para armar.

2) Maior distância entre massa e alça de mira.

3) Telha alta confere mais apoio para a posição de tiro.

4) É a que tem mola mais fraca ( e por ser mais fraca, induz menos vibração e turbulência no tiro ).

 

Isto não significa que é a melhor. É apenas uma observação da razão as Slavias dominavam as competições de papel 10 metros.

 

Se você quer atirar acima desta distância armas mais fortes podem ser a solução como o HW50 ou a Slavia 634.

 

Mas lembre-se que estamos falando de desempenho de ponta. E um atleta de ponta ganha com armas tecnicamente inferiores mas bem tunadas além do que tiram mais da arma de que não é um atleta de ponta.

 

Por isso Gamo Hunter já apareceu como vencedora de uma etapa do Brasileiro da CBTE. Bem tunada na mão do cara com a competência certa, atira tão bem ou melhor do que uma HW ou Slavia nas mãos de quem não tem a tecnica apurada.

 

No fim do dia todas estas armas alemãs e tchecas que você citou são excelentes. A escolha é mais pessoal. Compre a que desejar e invista no seu treinamento.

  • Upvote 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Everton, eu gostaria de experimentar a HW50S mas faltou oportunidade. Imagino que o peso e tamanho sejam bons para esse tipo de tiro.

 

Fico curioso com a sensibilidade na empunhadura. A HW35 é muito manhosa! Como disse o Maccarini, que me vendeu a arma, se deixar a barba crescer um dia a mais dá diferença no tiro.

 

Confesso que a Slavia me surpreendeu nesse ponto. Atirei pouco, mas a sensação é que é perfeita.

 

Rogério, falei mais a respeito da HW35 ser muito "manhosa"? Quais as peculiaridades dessa arma?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pedrão, estou devendo a resposta para você. Eu quero escrever um pouco sobre minhas impressões sobre a HW35, mas não deu tempo ainda...

 

O caso da arma "manhosa" é a sensibilidade à empunhadura.

 

Toda arma de mola tem um tranco por conta do movimento do conjunto mola-pistão. Isso vale tanto para molas helicoidais como para molas à gás, muda apenas o comportamento.

 

O problema é o efeito do tranco no tiro. O projétil de chumbinho é muito leve e ao deixar o cano gera recuo desprezível. No livro "The airgun from trigger to muzzle" há uma medição disso e a arma de teste recua coisa de 1 cm, pendurada por fios de nylon.

 

Qual o problema então?

 

O tranco da mola e pistão é muito forte. Não gera recuo propriamente dito (não sem pelo cano, assim não há força de reação ao movimento como no projétil). Mas o peso desse conjunto é alto e o resultado é a dificuldade em empunhar.

 

Eu gosto de comparar a arma de mola com um "gato dentro de um saco" (não, nunca coloquei gatos em sacos). Pense que o bichano vai se mexer o quanto puder para tentar sair.

 

Se você segura o saco por baixo ele vai mexer e pular para algum lado. Se segurar pelo meio, idem.

 

E se pendurar o saco? Ele fica parado. O movimento fica controlado.

 

A arma de mola é igual. Quando o mecanismo é acionado e se move há forças em ação. Se a arma estiver em posição com força das mãos do atirador (por exemplo, forçando para um lado ou para cima) quando o conjunto interno se move ela se desloca em sentido contrário à força aplicada. Esse é o problema.

 

O ideal é a arma ficar empunhada sem força física, apenas apoiada nas mão, ombro e bochecha. Quando isso acontece a reação é mínima.

 

Escrevi muito, mas agora chego no ponto. A HW35 tem um pistão largo e pesado, com uma mola também grande. Apesar do pequeno curso (63 mm) o conjunto tem massa e mesmo uma mola fraca provoca um tranco razoável.

 

Se a postura do teu corpo não configurar um bom apoio, pode ceder com o movimento da arma. Eu notei, por exemplo, que se o quadril não está bem travado com apoio da mão na coluna formada pela perna da frente, você pode "ceder" no momento do disparo, movendo o tronco. Quando isso acontece o ponto de impacto cai 1 - 1,5 cm.

 

Idem no movimento lateral. Se não estiver com os joelhos bem posicionados e travados facilmente resulta num movimento horizontal no disparo. Novamente, 1 a 2 cm fora.

 

Com armas de tranco menor, como a HW30 e a Slavia 631, esse efeito diminui.

 

Não que a HW35 seja ruim; para mim foi o melhor resultado que tive até agora. Ela é bem controlável quando você percebe os detalhes de postura. Acaba servindo de aprendizado.

 

E as outras armas? Bem, algumas armas que testei têm comportamento muito pior. Na minha capacidade limitada de atirador, eu as vejo como "incontrolávels". A HW35 é só "manhosa".

 

Depois vou descrever melhor isso, mas quem entende mais do assunto pode complementar essas impressões!

 

Um abraço,

 

*Saran

  • Upvote 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom como sempre, Rogério, porém ( sempre tem disso...um porém...)

 

Não seria melhor, por exemplo, manhoso assim: " como se você empunhasse...uma bolha de sabão" , do que seu belo texto, porém ( olhe ele aí! ) digamos, assustador para os novatos?:

 

Se você segura o saco por baixo ele vai mexer e pular para algum lado. Se segurar pelo meio, idem.

 

E se pendurar o saco? Ele fica parado. O movimento fica controlado.

 

Métil, não sou Col., sou capoteiro-estofador apavorado com isso!

Edited by MATTHEW QUIGLEY

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Métil, não sou Col., sou capoteiro-estofador apavorado com isso!

Opa

 

Profissão perigo ! :startle:

 

Abs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Coronel, que confusão eu fiz!

 

Melhor seria nem tocar no assunto, mas agora, fazer o quê?

 

Bem, pelo menos nenhum gato ou qualquer outro animal sofreu qualquer tipo de maus-tratos para responder este post!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posso falar da HW35 e da Slavia 631 pois possui ambas. A HW é arma mais bem construída, mas para alcançar os melhores resultados, recomenda-se a troca da mola original pela de 7,5J. Já a Slavia é bem mais simples. Se não fosse o custo Brasil, essa carabina não chegaria aos 1.000 reais. Apesar de simples, sua precisão é incrível. A coronha favorece mais que a da HW. Enfim, vai depender da adaptação de cada um. Eu alcancei melhores resultados com a Slavia.

 

Espero ter ajudado.

  • Upvote 1
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá amigos. Bom, em minhas leituras eu encontrei esse post, e como gosto de atirar no p10m eu vou deixar meu palpite. Nunca participei de provas, apenas tiros informais, mas, hoje faço uso da minha cbc 145, toda original, mola, bucha de couro. Não é uma cz, nem hw, mas como não consegui vender ela, então to usando a mesma para essa modalidade, mas pretendo usar ela em competições.

 

Segue imagem dela.

 

http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php/topic/15088-vendo-cbc-145/?hl=vendo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

COmeta Fenix.jpg