Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Calil

O que acontecerá com os preços?

Recommended Posts

Bom pessoal não achei uma seção de Discussão Geral então vou postar aqui.

 

Quem acompanha o MVB viu que o exército proibiu quase que de vez concessão de CR. Então o que vocês acham que vai acontecer com o preço e procura das armas de ar daqui pra frente?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calil,

 

Saiu alguma coisa?

Não vi nenhuma portaria nova. O que tem são as informações que foram passadas aos presentes da reunião do DFPC onde o Exército comunicou que em breve soltaria novas portarias para regular os CACs.

 

O Colecionador precisará informar sobre o objetivo da coleção.

Os Atiradores terão níveis e estes níveis determinarão quanto de armas permitidas e restritas, munição pronta e insumos o atirador pode ter.

O Caçador vai ter regras definidas pelo ICM Bio (que diz que é proibido caçar) o EB se limitará a definir as regras sobre armas usadas para abate de fauna exótica.

 

Acho que, por hora, tem muita divulgação de repúdio pois as novas portarias não foram publicadas ainda.

 

É de se esperar que venha algo falando de acessórios ( o que pode e o que não ). E também alguma coisa para armas de pressão ( que ninguém sabe o que vem ).

 

Infelizmente nestas reuniões pouco se fala sobre armas de pressão. Ficam todos concentrados no assunto armas de fogo e a representação neste assunto, infelizmente, é muito baixa. (eu diria até que é um assunto secundário...)

 

Mas não dá pra dizer o que vai acontecer com preços e produtos pois não há um texto.minuta ou coisa parecida sobre o assunto. Estamos todos aguardando pra ver o que vai rolar.

 

Existe pleito para liberar o CO2 da necessidade de CR. ( feito por lojas do ramo )

Existe pleito para liberar lunetas até 24x. ( feito por importadores )

 

Se vai passar ou não ninguém sabe pois, como disse, não tem texto definitivo ainda.

 

A não ser que já tenha saído a nova portaria e eu não sei.

Edited by Henrique Coelho

Share this post


Link to post
Share on other sites

....na teoria os preços deveriam diminuir....pois a procura querendo ou não,pela burocracia,politicagem etc....cada vez vai ser menor! menor procura os preços tenderiam a baixar um pouco...mais enfim,no nosso pais eu duvido que os preços diminuem! pois os lojistas tem gastos e querendo ou não produto parado é prejuízo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda acho que estão fazendo alarde por algo que não vale a pena.

É certo ter CR de Atirador sem de fato sê-lo? Se o cara é atirador esportivo, ele tem como comprovar participação em provas

É certo ter CR de Colecionador e isto significar que você pode ter qualquer tipo de arma em quantidades indefinidas?

É certo ter CR de Caçador que te permite comprar armas sendo que caça é proibido?

 

Será que as novas portarias são, de fato, mais restritivas ou são apenas sofisticação e detalhamento de algo que já deveriam ter feito?

 

É certo que o com estas medidas o Exército espera uma diminuição de renovações. Vai desestimular justamente quem se aproveitava de uma legislação frouxa e não tiver como se enquadrar.

 

Mas isso não significa que não será permitido tirar CR. Pode sim.

 

Continuo achando bola fora reclamar deste tipo de mudança.

Em vez disso deveríamos ter uma Federação ou Associação e nesta hora este órgão deveria ir lá sentar com o DFPC e conversar sobre a situação das armas de pressão, melhorias na legislação, etc.

 

Mas não temos...

Edited by Henrique Coelho
  • +1 1
  • -1 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

E porque não aproveitamos o momento e criamos uma associação nacional para lutar pelos interesses dos atiradores de ar?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pros anti-armas e leigos, armas são armas; pouco importa ser de ar ou não. Pode ser airsoft, paintball ou de brinquedo, acho que esta "ficha" ainda não caiu para todos.

 

Deveria era unir forças com todos pró-armas.

 

abcs

 

 

Fly

Share this post


Link to post
Share on other sites

A única coisa que eu não concordo é ter que filiar a um clube e frequentar um número mínimo de vezes pra provar que é atirador esportivo. Eu por, exemplo, me considero atirador esportivo mas não sou filiado a nenhum clube , não frequente clube algum e muito menos participo de competição. Meu esporte é meramente pra lazer e pratíco em minha casa. O que tem de errado nisso? Pq não poderei ter CR?

Edited by Tony Gun
  • +1 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cada um pratica da sua maneira,eu apesar de ser sócio de clube acho muito melhor atirar informalmente,o importante é estarmos todos juntos com o mesmo objetivo.Fortalecer o tiro esportivo e lutar contra regras absurdas que nos são impostas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cada um pratica da sua maneira,eu apesar de ser sócio de clube acho muito melhor atirar informalmente,o importante é estarmos todos juntos com o mesmo objetivo.Fortalecer o tiro esportivo e lutar contra regras absurdas que nos são impostas.

De pleno acordo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

O que tem de errado nisso? Pq não poderei ter CR?

não há nada de errado...ninguém ainda garantiu que pra CR ar comprimido tenha que ser filiado a clube..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calil,

 

Saiu alguma coisa?

Não vi nenhuma portaria nova. O que tem são as informações que foram passadas aos presentes da reunião do DFPC onde o Exército comunicou que em breve soltaria novas portarias para regular os CACs.

 

O Colecionador precisará informar sobre o objetivo da coleção.

Os Atiradores terão níveis e estes níveis determinarão quanto de armas permitidas e restritas, munição pronta e insumos o atirador pode ter.

O Caçador vai ter regras definidas pelo ICM Bio (que diz que é proibido caçar) o EB se limitará a definir as regras sobre armas usadas para abate de fauna exótica.

 

Acho que, por hora, tem muita divulgação de repúdio pois as novas portarias não foram publicadas ainda.

 

É de se esperar que venha algo falando de acessórios ( o que pode e o que não ). E também alguma coisa para armas de pressão ( que ninguém sabe o que vem ).

 

Infelizmente nestas reuniões pouco se fala sobre armas de pressão. Ficam todos concentrados no assunto armas de fogo e a representação neste assunto, infelizmente, é muito baixa. (eu diria até que é um assunto secundário...)

 

Mas não dá pra dizer o que vai acontecer com preços e produtos pois não há um texto.minuta ou coisa parecida sobre o assunto. Estamos todos aguardando pra ver o que vai rolar.

 

Existe pleito para liberar o CO2 da necessidade de CR. ( feito por lojas do ramo )

Existe pleito para liberar lunetas até 24x. ( feito por importadores )

 

Se vai passar ou não ninguém sabe pois, como disse, não tem texto definitivo ainda.

 

A não ser que já tenha saído a nova portaria e eu não sei.

 

Henrique,

 

Concordo contigo! o execito está apenas normatizando o que já deveria ser feito, eu acredito que será muito proveitoso para o esporte, pois o cidadão tera que participar de provas e eventos, para manter seu acervo.

 

Quanto ao Ar Comprimido não vi muitas mudanças, porém há uma preocupação maior pelo EB nos Air Soft, esses devem ter suas regras definidas.

 

Evaldo Lucena

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já tem legislação e regras para o airsoft Evaldo. Está tudo na Portaria 02 de Fev/10.

 

Só que tem um monte de coisa mal feita como exigência de CR pra gás.

Exigência de apostilamento e GT pra Paintball? convenhamos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha eu não sei onde o exercito está ajudando. Só vejo dificuldades. Estou aguardando meu CR desde junho do ano passado.

 

Coleção é coleção, não importa se é um revolver .22 ou um tanque de guerra, e agora terá que ser emprestada para o público ver.

 

E eu digo que não só vão dificultar como vão logo logo cancelar CR. Ficará só para quem é esportista mesmo. Nada de coleção. Nada de atirador eventual.

 

Caçador? e o abate do javali?

 

E os preços das armas de ar disparar é uma possibilidade. Espero que eu esteja errado.

 

Nao concordo com o que o exército faz, não estão do nosso lado de forma alguma, nos tratam como BANDIDOS!!!!

Edited by Calil
  • +1 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

....na teoria os preços deveriam diminuir....pois a procura querendo ou não,pela burocracia,politicagem etc....cada vez vai ser menor! menor procura os preços tenderiam a baixar um pouco...mais enfim,no nosso pais eu duvido que os preços diminuem! pois os lojistas tem gastos e querendo ou não produto parado é prejuízo!

 

Procura menor? ao contrario, com a permissão para arma de fogo quase não existindo vai explodir a procura pelas armas de ar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calil,

 

O abate de Javali, segundo o EB é de competência do ICM Bio (antigo IBAMA). Portanto o abate de Javali não é uma determinação do Exército. A caça como todos sabemos é proibída no Brasil. Mas vai funcionar assim. O ICM Bio publica no Diário Oficial que está autorizado o manejo da fauna e explica qual espécie quando e como.

E por fim o ICM Bio vai dizer (acho): " As normas para aquisição de armas para o manejo da fauna serão determinadas pelo Exército".

 

Assim o EB não tem que legislar sobre as espécies que podem ser abatidas e o ICM BIo não tem que legislar sobre os controles do material usado para o abate.

Para o arqueirismo, eu diria que basta a regulamentação do abate pelo ICM Bio. Como arcos e balestras não são armas no conceito do EB, não compete a ele legislar sobre isso.

 

Mas se quiser abater com arma de fogo você terá de seguir as portarias do EB que vai determinar quais calibres e quanto de munição você pode ter pra esse fim.

Na verdade a legislação do CR precisaria de uma atualização grande pois não é certo chamar o cara que se dispõe a abater o Javali como caçador. Chamar o cara de caçador abre o leque para em teoria de caçar outras coisas além do Javali. E não é o que se quer (por hora).

 

Deveria cair o nome de "Caçador" e sair como Licença Especial para Manejo de Fauna. Aí sim passaria a idéia de que caça é proibído e que não se tira mais licença para caçar.

 

Mas quem escreve estas regras... deixa pra lá.

 

No caso de colecionismo eu te explico o porque da preocupação. O número de CR de colecionador quintuplicou nos últimos 2 anos. E o Exército está assustado com isso. Na prática eles devem estar se perguntando "Será que estes caras são colecionadores mesmo?". E a realidade é que não. Só a galera do airsoft eu diria que responde mais da metade. Nos últimos 2 anos com os preços altos do mercado local, muita mas muita gente no meio do airsoft entrou com pedido de CR junto ao EB. E todos eles pediram CR de colecionador. Por que pediram? Por que ter CR lhes garante o direito de entrar com CII e importar armas de airsoft diretamente e assim evitar margens altas de distribuidor e lojista, impostos sobre impostos etc. Eu conheço vários que vivem de importar airsoft e todos sem exceção tem CR de colecionador.

 

Ninguém quis tirar CR de atirador pois nenhum jogador de airsoft tem vínculo com clubes. Alguns chegaram a tirar recentemente o CR de atirador de pressão e não lhes foi exigido o vínculo a clube mas o caldo já tinha entornado e tem provavelmente centenas de CR, se não alguns milhares, de CR de colecionador na rua.

 

O comando do COLOG não vê isso com bons olhos pois sabe que não é um colecionismo real. O CR de colecionador não te permite dar um único tiro sequer com a arma. Nada mesmo. Se quiser atirar com qualquer uma das armas de coleção deve trocar a natureza do CR de Colecionador para Atirador e vincular-se a clube de tiro e federação ou confederação e solicitar as GTs para transporte das armas de casa para o(s) clube(s).

 

Estas novas regras não são alinhamento com campanha do desarmamento coisa nenhuma, Isto é que querem nos fazer crer para que apoiemos entidades A, B ou C.

Estas novas regras, na minha opinião são uma forma de o DFPC lidar com um número menor de processos e ter menos trabalho com isso. Simplesmente pra não ter que ficar ouvindo a sociedade reclamar que os processos estão atrasados e precisar soltar uma suspensão de CRs novos como soltou este ano.

 

E, na questão de preços, não acho que vá mudar nada a princípio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já tem legislação e regras para o airsoft Evaldo. Está tudo na Portaria 02 de Fev/10.

 

Só que tem um monte de coisa mal feita como exigência de CR pra gás.

Exigência de apostilamento e GT pra Paintball? convenhamos...

Estão fazendo alterçãoes, deve sair até final do ano!

 

Evaldo Lucena

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cada um pratica da sua maneira,eu apesar de ser sócio de clube acho muito melhor atirar informalmente,o importante é estarmos todos juntos com o mesmo objetivo.Fortalecer o tiro esportivo e lutar contra regras absurdas que nos são impostas.

 

Apoiado plenamente, seria possível todos nos membros nos juntarmos cada um em sua localidade e chamar os amigos que não são membros de forum algum mas tem sua carabina e se juntam para atirar, e redigir um documento e anexa nossas assinaturas com propostas de melhorias para que eles abram os olhos e entendam que atirar com ar é um esporte e que cada vez mais há adeptos ao tiro de ar, e encaminharíamos ao EB ou Congresso Nacional, todos juntos empresas, comerciante de carabina, atiradores associados e não associados teríamos mais força para lutar contra tantas regras que indiretamente acaba nos afetando.

Edited by joy13

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema maior que eu vejo no ar comprimido eh a impossibilidade de usar lunetao e isso nao vai ser resolvido pois precisaria uma midanca significativa que nao parece o caminho.

 

Quanto aos precos se subirem mais vai ser um absurdo pois as lojas ja estao vendendo uma hw 50 por quase 3 mil sendo que um ano e meio atras custava menos de dois mil

 

Vai inviabilizar completamente pois os precos ja sao elevados

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem fala isso não sou eu, são principalmente essas tres pessoas (postagem de hoje):
ht6zb9.jpg

Quem consegue o CR facilmente acha que está tudo bem. Quem como eu sofre e não consegue o CR pensa diferente (mesmo eu não tenho nenhum processo, condenação criminal etc etc etc)

Edited by Calil

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calil,

 

Eu acho que o MVB procura fazer o seu trabalho no que diz respeito a armas de fogo.

 

No entanto, vejo com muitas reservas a atuação deles em relação a comunidade de armas.de pressão.

 

Eles como estão lá na linha de frente cumprem bem o papel de reclamar de qualquer coisa que o EB solte ou vá soltar.

 

E independente do conteúdo ser razoável ou não.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Armas de ar graças a Deus o EB não se meteu por enquanto (exceto nas de calibre restrito).

 

Eu estou preocupado com a ganancia do Brasileiro que na hora que perceber que a procura aumentou (e vai aumentar) pode subir os preços. Essa é minha preocupação!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda acho que estão fazendo alarde por algo que não vale a pena.

É certo ter CR de Atirador sem de fato sê-lo? Se o cara é atirador esportivo, ele tem como comprovar participação em provas

É certo ter CR de Colecionador e isto significar que você pode ter qualquer tipo de arma em quantidades indefinidas?

É certo ter CR de Caçador que te permite comprar armas sendo que caça é proibido?

 

Será que as novas portarias são, de fato, mais restritivas ou são apenas sofisticação e detalhamento de algo que já deveriam ter feito?

 

É certo que o com estas medidas o Exército espera uma diminuição de renovações. Vai desestimular justamente quem se aproveitava de uma legislação frouxa e não tiver como se enquadrar.

 

Mas isso não significa que não será permitido tirar CR. Pode sim.

 

Continuo achando bola fora reclamar deste tipo de mudança.

Em vez disso deveríamos ter uma Federação ou Associação e nesta hora este órgão deveria ir lá sentar com o DFPC e conversar sobre a situação das armas de pressão, melhorias na legislação, etc.

 

Mas não temos...

 

Seguindo a sua lógica: é certo comprar uma raquete sem de fato querer ser o Guga?

E se o cidadão gosta de dar uns tiros ou jogar bola de vez em quando, ele não pode ter um par de chuteiras ou uma arma legalizada? Por que obrigá-lo a se desfazer de sua arma se ele se encontra afastado do clube?

 

Ter uma arma não deveria ser uma questão regulada por gostos de terceiros e sim uma decisão pessoal; decisão essa a ser tomada de forma madura e responsável. Sempre que aceitamos a tutela de alguém em nossas vidas (mesmo que seja a de um valoroso oficial do EB) estamos atestando nossa incapacidade de pensar por nós próprios.

 

Os burocratas brasileiros tem um fetiche controlador bastante refinado, basta ver as 'melhorias na legislação' que vem sendo introduzidas desde a era Vargas até o Estatuto do Desarmamento, todas voltadas a esmiuçar pequenos detalhes que tornam a aquisição de uma arma um exercício de resignação e paciência. Diante desta realidade eu desconfio que o governo quer enfraquecer ainda mais o direito do cidadão ter uma arma. Afinal eu (ainda) tenho o direito de desconfiar...

  • +1 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que não tem a ver uma coisa com a outra. Comprar a raquete e querer ser o Guga é um direito de qualquer um caso queira se dedicar. e não estará fazendo uso de nenhuma imperfeição da lei para tal.

 

O seu exemplo do atirador afastado é bom. Acho que o EB entende que ao fim de 2 anos, se não estiver praticando não pode renovar o CR. Veja que o que deve vir é uma obrigatoriedade de comprovar a prática mesmo que seja um treino.

 

E quanto a Caçador, este CR tem que deixar de ser uma opção pois caça é proibida no Brasil.

 

Sinceramente não sei onde está o problema com estas poryarias wue devem vir.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"E quanto a Caçador, este CR tem que deixar de ser uma opção pois caça é proibida no Brasil."
A caça é liberada desde que seguidas estas regras: http://www.ibama.gov.br/areas-tematicas-fauna-silvestre/procedimentos-para-manejo-do-javali-em-territorio-nacional

"Sinceramente não sei onde está o problema com estas poryarias wue devem vir."

Se você não sabe qual o problema com as portarias eu lhe ajudo a lembrar que não podemos ter carabinas de pressão no calibre .25 ou lunetas mais potentes só porque um burocrata qualquer decidiu por nós que elas são perigosas.

Se não nos opormos às ideias reguladoras estaremos todos em breve atirando com Nerfs e pedindo desculpas aos vizinhos por gostarmos de tiro.

Olhaí as campanhas que virão:

http://aredacao.com.br/noticias/36842/pm-destroi-300-armas-de-brinquedo-recolhidas-em-campanha-contra-violencia

Share this post


Link to post
Share on other sites

Juan pode ter sim. A Guns House do Vagner Aurelio traz até Rogue .357

 

O Brasil não tem sociedade evoluída para conviver com leis frouxas sobre armas.

  • +1 1
  • -1 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Henrique: onde fica essa sociedade evoluída com leis frouxas sobre armas?

 

Estados Unidos da América, aquele do Obama.

 

Ninguém me contou. Eu vi. Na Bass Pro Shops, em Orlando, FL.

 

Cena 1: Munição na prateleira empilhada em gôndolas tipo de supermercado.

Uma mulher com cara de quarentona chega, pega uma caixa de .223 Remington, abre e pega uma bala na mão pra olhar com detalhe. Fiquei olhando... ( tá escolhendo o tomate...). Aí fez cara feia. Pôs a bala na caixa, fechou direitinho, ainda deu uma olhada nos dizeres da caixa, colocou de volta na gôndola e pegou 2 caixas de .223 da American Eagle e jogou na cesta de compras...

 

Aí, fui eu lá no balcão de venda de armas.

 

Cena 2: Tava ali pá só babando no Ruger Single Six, velho oeste 6 tiros em meio a dezenas de armas curtas dentro dos vidros do balcão. E eis que chega um cara e pergunta. "Eu quero comprar minha primeira arma". disse o transeunte. Aí o cara detrás do balcão falou "Você é residente da Flórida?" "Sim", "Tem o FFL com você?". "Não. Ainda não tirei" respondeu o cliente. "Então nós precisaremos emitir sua licença provisória. Depois você recebe a definitiva." Custa USD 150.00 para fazermos a pesquisa e fazer as solicitações de clearance" ( algo como certidões negativas ). "Você já escolheu o que vai comprar hoje?" (olha a pergunta do balconista esperto...) Aí eu não entendi qual foi a arma que o cara falou mas entendi ser um Savage, rifle pra por na fazenda ou coisa assim. O balconista então emendou. "Preencha estes papéis. Entregue ali naquela cabine. Junte a sua carteira de motorista e o número do seu seguro social. Ela vai tirar o pedido. Vá no caixa e pague. Aguarde chamar pelo sistema de som este número do pedido. Agora você vai ter que esperar um pouco pois teremos de fazer o cadastro do seu FFL e as pesquisas de clearance. Sinto muito mas vai demorar uma meia hora".

 

Imagina a minha cara...

 

Aí que eu me toquei. O sistema de sistema de som " 68...69...70....71...". Era a loja entregando as armas para os que já tinham pago.

 

Viram? Igualzinho aqui....

 

Por isso que eu falei.

Ou alguém acha que no nosso país a gente tem condição de deixar que o cara pegue munição na prateleira ( de .22LR a .45 ACP ) e se dirija ao caixa pra pagar?

 

Aqui tem um mega controle. Estas portarias novas vem pra refinar algumas coisas que estão mal paradas. A lei é mal feita e de tempos em tempos o EB descobre que não está tendo o controle que queria e então eles mexem na legislação complementar (portarias).

 

Mais uns 15 dias as novas portarias estarão publicadas.

Edited by Henrique Coelho
  • +1 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Estados Unidos da América, aquele do Obama.

 

Ninguém me contou. Eu vi. Na Bass Pro Shops, em Orlando, FL.

 

Cena 1: Munição na prateleira empilhada em gôndolas tipo de supermercado.

Uma mulher com cara de quarentona chega, pega uma caixa de .223 Remington, abre e pega uma bala na mão pra olhar com detalhe. Fiquei olhando... ( tá escolhendo o tomate...). Aí fez cara feia. Pôs a bala na caixa, fechou direitinho, ainda deu uma olhada nos dizeres da caixa, colocou de volta na gôndola e pegou 2 caixas de .223 da American Eagle e jogou na cesta de compras...

 

Aí, fui eu lá no balcão de venda de armas.

 

Cena 2: Tava ali pá só babando no Ruger Single Six, velho oeste 6 tiros em meio a dezenas de armas curtas dentro dos vidros do balcão. E eis que chega um cara e pergunta. "Eu quero comprar minha primeira arma". disse o transeunte. Aí o cara detrás do balcão falou "Você é residente da Flórida?" "Sim", "Tem o FFL com você?". "Não. Ainda não tirei" respondeu o cliente. "Então nós precisaremos emitir sua licença provisória. Depois você recebe a definitiva." Custa USD 150.00 para fazermos a pesquisa e fazer as solicitações de clearance" ( algo como certidões negativas ). "Você já escolheu o que vai comprar hoje?" (olha a pergunta do balconista esperto...) Aí eu não entendi qual foi a arma que o cara falou mas entendi ser um Savage, rifle pra por na fazenda ou coisa assim. O balconista então emendou. "Preencha estes papéis. Entregue ali naquela cabine. Junte a sua carteira de motorista e o número do seu seguro social. Ela vai tirar o pedido. Vá no caixa e pague. Aguarde chamar pelo sistema de som este número do pedido. Agora você vai ter que esperar um pouco pois teremos de fazer o cadastro do seu FFL e as pesquisas de clearance. Sinto muito mas vai demorar uma meia hora".

 

Imagina a minha cara...

 

Aí que eu me toquei. O sistema de sistema de som " 68...69...70....71...". Era a loja entregando as armas para os que já tinham pago.

 

Viram? Igualzinho aqui....

 

Por isso que eu falei.

Ou alguém acha que no nosso país a gente tem condição de deixar que o cara pegue munição na prateleira ( de .22LR a .45 ACP ) e se dirija ao caixa pra pagar?

 

Aqui tem um mega controle. Estas portarias novas vem pra refinar algumas coisas que estão mal paradas. A lei é mal feita e de tempos em tempos o EB descobre que não está tendo o controle que queria e então eles mexem na legislação complementar (portarias).

 

Mais uns 15 dias as novas portarias estarão publicadas.

 

Lendo seu relato fico imaginando aqui no Brasil, o cara leva anos e desisti de comprar uma arma por cansaço.

 

Eduardo Macedo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ao começar a ler as msn do Henrique fiquei meio feliz,sim,meio,pois me ocorreu por um breve momento que tinha sim boa vontade por tras destas decisões do Eb .Mas passou,oras,somos todos brasileiros(apesar de alguns não merecerem esta sina)e sabemos bem como se comporta este ser ao ter poder.

tem exceção a regra,tem,uma dúzias delas não mais que isto...conheço varios que pregavam uma coisa e ao estar do outro lado da cerca mudam.

Não acho que nossas Forças sejam diferentes...Querem é ter mais poder,e menos trabalho,como se faz isto? Facil proibe tudo,ah mas tem gente que sabe de seus direitos,então dificulta até elas cansarem...

Estou sendo negativo,talvez,mas me provem ações desta entidade que mostrem outra versão.

A ideia do colecionador já virou loucura,além de ter cofres do tamanho do forte Nox,e visitas sem hora certa e coisa e tal,ainda vão ter de fazer algo pra comunidade,uma exposição publica?Oras isto não vai dar certo nunca...Ah tem que ter um motivo a coleção,aqui no brasil??Sem chance.

Somos uma horda de selvagens que não podem ter nada além de tacapes,ok,concordo em partes,mas quem decide isto é quem mesmo?e de que forma democratica?

Olha Henrique,torço pra o amigo esta certo,e suas observações serem as corretas,e que tudo não passe de mania de perseguição.

Mas a coisa vai longe,seja por que uns acham que toda arma vem do cidadão tonto que insiste em tentar seguir a lei,ou porque já passou da hora de certos privilegios militares(não casou não perde a pensão gorda)serem revistos.

Mas acho que isto só vai piorar,e muito...

O bacana é que logo após sair esta nota do Bene,onde eles muito corretamente estava puto por que o Eb falou que grnade parte das armas dos bandidos vem de colecionadores(Olha ai gente),um batalhão do Exercito foi assaltado e roubaram todos os fuzis de lá...E ai,lá não tem cofre?

  • +1 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Estados Unidos da América, aquele do Obama.

 

 

E eu pensando em armas de ar...Henrique vem de fogo, na Flórida dos Brasucas...rsrs, Texas, New México ( ihhh, tem cada loja e stand de tiro em Las Vegas, vcs precisam ver...) Tenessee ( hei, Hicock 45 ! ). Alaska ( frrrrio, mas bom demais )

 

Tente, ao menos tente essas compritchas em N.Y, Califórnia, Nova Inglaterra em geral...isso que vcx relatou são em ALGUNS estados , certo, universitários? rs

Abraxo

 

CEl Métil, Tenessee, please.( Alaska is too cold...)

Editei: ah, recorrí, para ficar mais fácil...and i was there, KKKK: http://en.wikipedia.org/wiki/Gun_laws_in_the_United_States_by_state

 

Thx; eu só pensava em armas de pressão, carabinas e pistolas de ar, coisa simples, sniff. snifff.

Edited by MATTHEW QUIGLEY

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah, depois, talvez, farei considerações sobre nossa rigorosíssima legislação sobre armas de ar...armas de ar..armas de ar...CD velho, datado...armas de ar, armas de pressão, lunetas não, armas de pressão, lunetas não...

Paint ball e air soft tb.? nãão. ( por que? porque não estudei, não sei...só por isso )

AH , editei: ; CR ?nãão, ( dá pano pra manga e tédio )

Armas de fogo? de jeito nenhum!

Ah, mas os lunetões...comigo não, relacionados às armas de fogo....

 

Só carabinas de pressão, coisas comuns do dia a dia, até o calibre permitido pela legislação vigente ( uai! lembraram-se de nós! eczistimos! ) 6.0mm, acho que é de interêsse mais geral.

 

Os outros tipos de atividade esportiva com armas de paint ball,air soft e tal podem e devem ser explicados, a legislação criticada, sugestões sensatas já foram dadas...será que serão ouvidas?

 

ESPECULAÇÃO não topo, ( mas quem quiser pode, o forum é livre ) vamos aguardar NOVA regulamentação que será publicada no diário oficial e tal ( será que se lembrarão das carabinas de ar? ) rs

 

Mas, mas...o assunto do tópico...os preços...os...poluímos o tópico

 

Desculpe-me.

 

Métil

Edited by MATTHEW QUIGLEY

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Important Information


carabina-gamo-maxima-madeira-22-4190.jpg