Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Search the Community

Showing results for tags 'sms airguns'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Sobre o Fórum
    • Regras do Fórum CA
    • Comunicados e dicas de como usar o Fórum CA
    • Seja bem vindo, apresente-se aqui!
  • Tiro com Armas de Pressão
    • Está com dúvida em qual arma comprar? Pergunte aqui!!!
    • Alvos em geral
    • Armas de Pressão por ação de mola/gás ram
    • Armas de pressão PCP
    • Leis & Legislação
    • Manutenção,Tunning, Customizações, Melhorias
    • Chumbos para Carabinas de Pressão
    • Reviews
    • Sistemas de Mira
    • Tutoriais
  • Modalidades - Provas - Campeonatos
    • Encontros - Campeonatos e Clubes
    • Benchrest
    • FT - Field Target
    • Papel 10 metros
    • Silhuetas Metálicas
    • Tiro Olímpico
  • Outros
    • Arqueria
    • Airsoft
    • Fotos e Videos
    • Compra e Venda
    • RIFAS
    • MVB
    • COCA
    • Papo de Botequim
    • Tudo Sobre Camping, Cutelaria, Sobrevivência e Aventura.
    • Tudo sobre pesca

Categories

  • Artigos
    • Forum Integration
    • Frontpage
  • Miscellaneous
    • Databases
    • Templates
    • Media

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


MSN


Yahoo


Skype


Website URL


Sua Localidade


Interesses

Found 1 result

  1. Bem neste review irei tentar esclarecer diversas dúvidas e mostrar algumas curiosidades sobre as molas pneumáticas, desde o inicio das mesmas. Em meados de 2005 iniciei o projeto do primeiro gas ram nacional. (depois desistir das molas de fio quadrado, mola dupla de verdade, mola de moto retificada, temperas e metais diferentes...) Vamos relembrar alguns testes antigos... A idéia da quadrada é usar o máximo de material em menor espaço a deixando mais forte com o mesmo diâmetro de uma de fio redondo... A área vermelha é a area desperdiçada em molas de fio redondo... A quadrada em mesmo diâmetro de fio não desperdiça este espaço como as de fio redondo. Assim com a mola quadrada você consegue colocar muito mais elos e muito mais força no mesmo espaço. As duas com elos opostos seria para algo parecido tb... Se você coloca um fio de mola muito grosso, tem arrancada forte e pouca força no final do percurso (que é quando precisa), se você coloca um elo muito fino a mola fica com mais elos mantendo a mesma força do início ao fim, mas com menor força... então como resolvemos isso? (sem ter que ir na lua para comprar uma mola de boa qualidade) fazemos duas finas e usamos o espaço interno que esta sem uso hehehe Com elos mais finos cabe mais mola tendo uma força constante do começo ao fim, mas com menor força.... Como fazer para ter força do começo ao fim? Duas molas huahuahuaua assim vc faz uma com elos para direita e outra para esquerda para uma não se misturar com os elos da outra... estas fiz com fio 3mm as duas.... E como a de dentro com mesmo fio terá menor diâmetro externo ela terá mais força e a de fora maior velocidade e por serem as duas empurrando ao mesmo tempo do começo do percurso ao fim com uma energia constante... Teremos velocidade e força do começo ao fim... Fora que uma anula a torção da outra que ocorre na compressão e descompressão. (o que torce a carabina, pouco mais torce) Esta por curiosidade foi uma adaptação com mola de bengala de moto. Retificada para entrar no pistão Daí veio a idéia de fazer as molas a gás (pensava que nem existia para esta finalidade, me veio a idéia quando olhei para um amortecedor, ai pensei, é só fazer esse bixo abrir o mais rápido possível) Utilizei inclusive material de antigos amortecedores para produzir as primeiras unidades de molas a gás Reparem que tem haste preta e haste clara, são de amortecedores diferentes. As claras são cromo duro e as pretas nitretadas. Após um tempo começou a ter muitos pedidos de amigos e conhecidos, resolvi fabricar em maiores quantidades e parti para a fabricação das peças em CNC. Guias e válvulas semi prontas. Estas já tinham válvula na traseira (em corte) que podia ser usada para encher ou esvaziar a mola, ajustando ao seu gosto. Chegou a um ponto onde eu não dava mais conta de produzir e fazer os tunings nas armas. (memo depois de fazer as peçasem CNC) Comecei a procurar por alguma saída e imaginei, são praticamente os mesmos materiais de amortecedores então uma fábrica de amortecedores poderia me ajudar nessa... Entrei em contato com a Cofap, Nakata, Stabilus e inclusive a FNA, não tiveram interesse na época... Aos trancos e barrancos conseguia ir fornecendo o que podia das molas fabricadas em minha oficina com peças fabricadas em CNC, a qual me veio um lote de 288 peças com um erro de usinagem que depois de um tempo provocava o vazamento da mola. (Furo da passagem da haste 0.1mm maior o que com o tempo provocava a extrusão sa oring pelo canal) Neste meio tempo conheci um revendedor que era um dos muitos que eu atrasava a entrega de pedidos de molas, pois não dava conta, o mesmo propôs se podia procurar alguém que aceita-se a fabricação do produto. Acabou entrando em contato de novo com a FNA, só que dessa vez a coisa vingou* (afinal já tinha aberto mercado e o problema era justamente a falta de produção). Em meados de 2009 iniciou a saída das molas SMS feitas pela FNA, a Cofap começou a fazer também, mas não durou muito... Ao longo do tempo a CBC se interessou pelo produto, a qual pediu sugestões, mas tudo que passei foi feito ao contrário haste mais grossa, cargas maiores mesmo explicando que teriam efeitos contrários. Mas o pessoal da fabrica da FNA falava "deixa assim mesmo, nem se mete, assim se der algo não é culpa sua mesmo..." pensei bem e realmente assim o meu não ficaria na reta diretamente, deixei como estava e não dava mais meus pitacos. No meio do caminho acontecerão diversas coisas que foram motivos de processos onde eu só queria cancelar os contratos e sair do meio e voltar a fabricar novamente as molas SMS. Após muito tempo consegui cancelar o contrato (e poder fabricar minhas molas de novo fora, pois oficialmente estava proibido por causa do contrato) e consegui sair da sociedade que tinha. Neste meio tempo (de 1 a 2 anos) fui fabricando novos protótipos e testes com gases e sistemas de vedações diferentes, cargas, processos mais rápidos de fabricação dentre outros. Após muito tempo de estudos minha meta era atingir o dobro de desempenho que a antiga mola da FNA. E hoje consegui e ainda não parei as melhorias. A mola nova em parceria com a Rossi hoje está completamente diferente. A principal melhoria foi no sistema de vedação. A qual a industrializada usava uma vedação cônica que também tem função de válvula, e é assim para fabricar as molas em alta velocidade a um baixo custo. O principio de funcionamento dela é da seguinte forma (muitos aqui vão se descabelar pela simplicidade, pois muitos me perguntavam como raios eram cheias estas molas) A mesma vedação veda entre o cilindro até a haste, então basta fazer um sanduíche* guia+vedação+guia e está pronto. Apesar de ter muito mais peças na da FNA. Agora vamos o porquê desta vedação, além da economia de duas vedações (ou mais) ela também serve de válvula para encher... A vedação (vermelho) tem um formato de raspador, a mesma faz a vedação entre a haste (azul) e a parede interna do cilindro (cinza). Para encher o ar (amarelo) força a vedação a abrir passando entre a haste e ela. Depois de cheia a pressão interna do cilindro se encarrega de apertar* a vedação contra a haste, só que isso acaba acarretando em muita perca por atrito e gera aquecimento e um desgaste mais rápido comparado a orings simples. Mais o fato de ao a haste sair do cilindro por causa deste ângulo ajuda a apertar mais com a haste saindo (que é quando precisamos da energia) e folga quando a haste entra. Só para ter uma idéia da pressão que fica sobre esta vedação vamos às contas. Cilindro FNA 16mm interno e haste 8mm 1.6*1.6*3.14/4= 2.0096cm² de área (cilindro) 0.8*0.8*3.14/4= 0.5024cm² de área (haste) arredondaremos os valores para calcular a área que a vedação ocupa. 2.0 – 0.5 = 1.5cm² de área. Agora imaginemos que a mola de 70Kg tem 140BAR de pressão interna (como a haste tem 0,5cm² para cada 1 BAR de pressão temos 0,5Kg de força na haste). Temos 140BAR/quilos empurrando 1.5cm² o que é igual a 140*1.5= 210Kg em cima de uma vedação de borracha vulcanizada. No sistema novo usamos duas vedações de 2mm borracha nitrílica, vamos comparar as pressões exercidas. A área que sofre pressão tem 1,37mm em uma circunferencia de média 9mm 3.14*3.14*4.5= 44mm ou 4,4cm 1.37mm = 0.137cm 4,4*0,137= 0.6cm² de área 0.6*140= 84Kg de pressão sobre a vedação SMS contra 210Kg da vedação usada na montagem da FNA. REVISÃO/PARCIAL : B -05/04/2012 "é pouca coisa, pois inventei de colocar para restaurar no word e me apagou muita coisa, não prestar atenção dá nisso" Fizemos testes e comparativos com várias molas FNA, Theoben, Venturi, Crosman, Chinesas... Nos primeiros dias pedimos para um cara ficar na linha de tiro atirando com uma mola dando 500 tiros, no dia seguinte o cara faltou com dor nos braços e nas costas hehehe Então resolvi fazer uma metralhadora de chumbinho* Algo que simulasse o mais próximo possível de disparos reais, montei esta máquina usando uma HT125, um redutor de velocidade 1/40 e 4 coxins para deixar a mecânica trabalhar e analisar o movimento da arma. Pois os testes feitos na antiga FNA eram feitos em condições ideais para a mola, com ar filtrado, ar condicionado e em velocidades de ciclos bem lentas. Segue foto do teste FNA. Esta era a máquina de testes FNA É o mesmo que fabricar um martelo e testar ele em prego de borracha para demonstrar sua resistência . Tinha um gabinete de informática para fazer a máquina de ciclos dentro, mas pensei bem e decidi fazer aberta, pois creio que ninguém aqui atira em sala de cirurgia... Então fiz esta máquina com a abertura para cima e inclusive abri mais (12mm) para propositalmente entrar poeira do ambiente (e olha que aqui não é pouca). Esta máquina ajudou a calcular os pesos dos pistões, cargas das molas a gás e inclusive vedações diferentes, pois imagina o stress de dar 43 tiros por minuto. Instalei um temporizador para poder regular quantos disparos por ciclo e quanto de intervalo entre os ciclos. Deu para ver bem o que é vedação boa e o que não era, e formatos ideais, pois agüentar o que este trem ficou fazendo não é mole, chegou a passar semanas ligado. um video demonstrando uma carga alta de mais e pesos de pistão errado. VIDEO EM ALTAVELOCIDADE 1000 FRAMES POR SEGUNDO quando se comprime o ar muito rápido gera um pico de calor extremo que explode* em volume jogando o pistão para tráz novamente em quando a munição ainda está pensando em ganhar velocidade... é possível ver que o pistão vai e volta diversas vezes o que xaqualha a arma, mas como é uma velocidade muito alta não sentimos na mão a não ser que tenha uma outra arma como referencia onde vc sente um tiro firme e macio. onde a aceleração do pistão e da munição estão casadas, é como uma marcha do seu carro, cada velocidade X peso tem uma marcha ideal, muitos (imagino alguns téxinicos de outras empresas) devem imaginar há vou meter a marcha 5 que é mais rápida, ou vamos botar a 1 e colocar o giro lá na casa do chapéu que vamos ter força... vai ter força só para destruir o motor (em ambas as situações) e nada de mandar desempenho para o carro (leia-se munição) OBS>IREI ATUALIZANDO AOS POUCOS E ATUALIZANDO A REVISÃO E A DATA SE TIVER ALGO ERRADO OU MAIS ALGUMA DÚVIDA ME AVISEM QUE TENTAREI ADICIONAR ATÉ MAIS. REVISÃO/PARCIAL : C -22/06/2012 Visando facilitar identificar o modelo de mola alteramos o modo de identificação. Onde antes era. modelo 201 = 2 tamanho médio e 01 modelo 01 ai tinha que conferir em outro local a carga em quilos. hoje está da seguinte forma. YXX = primeiro caractere informa o tamanho físico (1 pequeno, 2 médio e 3 grande) os últimos dois caracteres informam a carga em quilos na ponta da haste (CARGA REAL) OBS> antigo 201 hoje é 260 e o 301 hoje é 375 E teremos agora outros modelos 140, 150 / 240, 250, 260 / 370, e 375 Existe um caso a parte que é a mola da Cometa que será identificado como mola a gás Cometa. pois suas dimensões e projeto são específicos para esta arma somente. segue uma lista das cargas ideais para garantir um bom agrupamento, e conforto da mola a gás. 3XX (grande) 375 Hatsan 125, 135, 150, 155 / CBC Nitro-X 370 Hatsan 125, 135, 150, 155 / CBC Nitro-X / BAM -B22 / Crosman Super Streak 2XX (média) 260 Hatsan 80, 95, 200 / CBC G1, G2, Nitro 250 Hatsan 80, 95, 200 / CBC G1, G2, Nitro / Norica Dragon, Dream Rider, Storm, Atlantic / Gamo 440, CFX, CF-30 / SAG AR1000 / Beeman 1072, 1074 / Boito 240 Norica Dragon, Dream Rider, Storm, Atlantic / Gamo 440, CFX, CF-30 / SAG AR1000 / Beeman 1072, 1074 / Boito 1XX (pequena) 150 Norica Titan / Gamo Delta, 26, 400, 68 / CBC 245, 345, Adventure, Youth / Taurus Matic 140 Norica Titan / Gamo Delta, 26, 400, 68 / CBC 245, 345, Adventure, Youth / Taurus Matic Pessoal venho por esta mais uma vez informar que não adianta colocar carga de mola maior do que o recomendado pois se tem efeito totalmente contrário. Segue algumas fotos mostrando sobre os efeitos da carga maior que a recomendada. A munição de chumbo é algo que se vc apertar com a mão vc consegue amassar, agora imagina uma mola com 70 quilos em aceleração o pico de força que gera é muito alto. Voce irá só chumbar o cano (vai grudar um monte de chumbo contra o inicio do cano) Ai os próximos tiros vão se fundir ainda mais. o chumbo vai apertar no inicio e depois para frente ficar folgado em relação ao cano. Não vai ganhar velocidade e sim perder... vai fazer mais força para armar. Vai forçar a mecânica do gatilho provocando a quebra e disparos acidentais. vai danificar com mais facilidade lunetas. vai perder todo o prazer de atirar dentre outros. Então escolham a carga dentro da tabela de molas recomendadas e se divirtam sem passar raiva. REVISÃO/PARCIAL : D -06/08/2012 realmente a mola dura por muito tempo. Quando terceirizava a produção das molas na FNA a estimativa de vida útil era de aproximadamente 400.000 tiros, mas os testes eram feitos em baixa velocidade com ar condicionado e ar filtrado, uma situação bem diferente do uso real. Mostanto uma máquina de testes simulando o armar na velocidade da mão e disparo na valocidade da compressão da camara foi conseguido os seguintes resultados. Vida útil mola FNA 60Kg = média de 23.000 ciclos (testadas 3 molas até perderem 50% da carga/ou abrirem a vedação de uma vez) (100 disparos seguidos e pausa de 1 minuto, devido ao alto atrito do sistema de vedações gera muito calor e sem intervalo não tem tempo de dissipar o mesmo) mesmo com cooler em cima. Sem pausa a vedação derrete em aproximadamente 4700 disparos seguidos (sem intervalo). As molas com projeto novo SMS/Rossi atingiram média de 62.000 ciclos SEM INTERVALO (mantendo o mesmo cooler em cima) foi possível desligar o timer que desligava a máquina depois de X ciclos. Com o sistema de vedação mais eficiente ele devolte mais energia sem perder tanto em atrito que só gera calor. Tanto que a diferença média é de 12% a mais que a carga informada pela FNA. mas mesmo com os 12% a mais devolve menos energia que as SMS com a carga REAL (tolerância de 1kg+-) Segue fotos de alguns testes F1 = Força iniciando a compressão (a força utilizada na identificação das molas) F2 = Força no final da compressão F3 = Força iniciando a devolução F4 = Força finalizando a devolução Mola SMS/Rossi By sid_mac_soul at 2012-08-06 Temos então F1 = 60,6 F2 = 83,5 Média = 72,05 (FORÇA PARA ARMAR) F3 = 76,8 F4 = 54,2 Média = 65,5 (FORÇA DE DEVOLUÇÃO) Diferença (perca por atrito) = 6,55 Mola FNA By sid_mac_soul at 2012-08-06 F1 = 72,3 F2 = 96,3 Média = 84,3 (FORÇA PARA ARMAR) F3 = 76,2 F4 = 56,8 Média = 66,5 (FORÇA DE DEVOLUÇÃO) Diferença (perca por atrito) = 18Kg quase 3x mais atrito (2,74x) Então mola SMS/Rossi maior durabilidade das vedações com melhor devolução de enrgia (observação a mola SMS tem 2 vedações na haste, o que garante melhor vedação e vida útil, e mesmo assim menor atrito) REVISÃO PARCIAL D 06/08/2012
×
×
  • Create New...

cilindro-pcp-300bar-completo_1.png