Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Takao

Moderators
  • Content Count

    2,637
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    21
  • Country

    Brazil

Takao last won the day on February 11

Takao had the most liked content!

Community Reputation

280 Master Gold

About Takao

  • Rank
    F.T.L.
  • Birthday 01/20/1984
  • Age 35

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Sua Localidade
    Londrina - PR
  • Interesses
    Aprendizado, compra, venda, troca de informações e experiências...
  • Age 35

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Particularmente, acho que o 5,5 é indicado para carabinas mais potentes assim como disse o Ferrarini. Carabinas mais fracas eu gosto do 4,5mm. Daí entra uma questão... Não gosto de carabinas de mola(GR) potentes, gosto das sub 16J (até 19, 20J eu considero). Então, no geral, 5,5mm para PCP's potentes e 4,5mm para carabinas de mola e PCP's sub 20J. Usar 5,5mm em carabinas consideradas fracas vai ter uma parábola "agressiva" e é necessário um bom conhecimento do conjunto arma + sistema de pontaria + chumbo e a correta leitura da distância do alvo. Conhecer bem a curva balística para conseguir boa taxa de acertos. O 4,5mm perdoa um pouco mais o erro na leitura da distância do alvo. O PBR (Point Blank Range) do 4,5mm compreende uma variação de distância maior do que do 5,5mm. Mas o 4,5mm em carabina potente (quando a velocidade é muito alta) tende a desestabilizar no vôo. Por isso no geral eu recomendo 4,5mm em carabinas mais fracas e 5,5mm para magnuns.
  2. Perfeito! Não tem "carabina perfeita". Mesmo as HW77/97, TX200... Não tem quem não mexa nelas. Procedimento padrão nas carabinas de mola "top" é exatamente este que citou. Pessoal busca deixar a carabina mais suave tanto para armar quanto nos disparos. Eu tive uma TX200 (que choro até hoje por ter vendido) e ela foi mexida para ficar do jeito que eu queria. PCP's, a maioria delas tem variação de velocidade maior do que as de mola top. Precisam de reguladores, de ajustes, horas de tunning para diminuir o spread. "O atirador sério, independente da atividade ou modalidade tem que entender que toda carabina precisa ser mexida para se obter precisão." Assino embaixo. Quanto a PCP ser ou não indispensável, digo que depende dos objetivos de cada um. Penso o mesmo aqui também.
  3. Assim como o Bubas disse, é uma ótima oportunidade para aprender mais sobre o FT. Como os atiradores saem em squads (grupos) para a pista de tiro, vc está sempre junto a alguém. E o pessoal normalmente ensinam o que sabem. Não tem muitos atiradores que guardam somente pra si. Sair na pista com atiradores experientes, certamente será muito bom!
  4. Vendo as pontuações, creio que a prova estava bem próxima do nível das provas do Mundial, certo? Deve ter sido uma prova e tanto... Estou com saudades das provas de FT e creio que nem sei mais atirar, kkkk. Infelizmente, parece que deu pouca gente na prova... Eu mesmo não fui, mas passei o fds pensando na prova. Espero poder voltar em breve a participar das provas de FT! Continuem treinando e sucessos no Mundial desse ano, Adolfo, Luciana e Bubas!
  5. Se eu vender um apartamento até lá, tenho chances de ir! kkkkkkkkkkkkk
  6. Toda prova que os paulistas participam no Sul do Brasil, Chove!! Ooo povinho pra trazer chuva!! kkkkkkk Principalmente se o Tio Will estiver junto! Se o Paulinho vier, prepara uma panela maior aí Adolfo!! O japonês é pequeno, mas come que nem gente grande!!
  7. Tinha acabado de ler este tópico, e apareceu este para venda: http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php/topic/16434-vendo-gamo-cfx-royal-45-mm-itensvendo/?do=findComment&comment=278635 Oportunidade! CFX Royal no 4,5mm é difícil de encontrar. Não sei quantos Joules a CFX dá do jeito que ela está, mas se tiver 16J é o ideal para provas de FT. Claro, se tiver um pouco mais de energia vai facilitar nas provas de FT, mas o limite de potência no Mundial de FT é de 16,3J. Com essa energia, é preciso ler o vento, encontrar a distância exata e saber quanto compensar (clicks ou mil dot), conhecer bem o conjunto que está utilizando. Pena que hoje em dia há pouquissimas provas de FT.
  8. Parabéns Edu! Não tenho entrado tanto assim no fórum nos últimos dias, mas é bom ver que ainda existem ótimos tópicos como esse sendo criados por aqui. +1 com certeza!
  9. Um ótimo lugar pra quem curte Fied Target! E a prova será montada por quem já participou de uma prova do Mundial! Vale a pena participar!!
  10. Fotos no site oficial: http://www.wftc2016.com/OfficialSite/?page=gallery
  11. Altíssimo risco de perder a luneta e receber uma cartinha do EB...
  12. Day 3: Desempate: Adolfo e Jack Harris - Campeão da categoria PCP: Luciana e Ana Pereira - Campeã da categoria PCP: Casal Adolfo e Luciana e Sérgio Rita - Presidente da WFTF: Alguns prêmios que os campeões podiam escolher: Carabinas utilizadas pelo casal Adolfo e Luciana:
  13. Ambos. Tem luneta que sai levemente na lateral quando vc clica na vertical. Nesse caso o pessoal costuma a usar compensação pelos dots. Tem gente que mesmo com lunetas boas, que não variam lateralmente quando clicadas, tbm usam compensação para preservar a luneta. Particularmente, utilizo a clicagem. Vc pode mudar a magnitude da luneta (útil quando tem alvos muito pertos, quando vai atirar off hand...) e continuar mirando no centro. Nas provas de PCP costumo a usar a BT65 do Bolor, e ela é muito precisa. Mas se não me engano, ela está toda modificada. Cano, cilindro, regulador... A Vo dela creio estar em torno dos 260m/s... Não sei ao certo.
×
×
  • Create New...