Jump to content

Para acessar os anunciantes, clicar nos banners!

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Paes

CA Gold
  • Content Count

    1,007
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    24
  • Country

    Brazil

Paes last won the day on July 9

Paes had the most liked content!

Community Reputation

241 Master Gold

About Paes

  • Rank
    Atirador Veterano
  • Birthday 10/21/1975
  • Age 44

Profile Information

  • Sua Localidade
    Guanambi/BA
  • Age 44

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Joab, Sim, uma HW cano fixo pode se tornar mais precisa que algumas PCP's. Contudo, uma coisa é precisão outra é potência. Em carabinas de mola os itens precisão e potência são grandezas inversamente proporcionais. Em relação à CFR/CFX, elas são bem parecidas, praticamente a mesma arma. A diferença da CFR é basicamente a coronha. Na época que eu testei a CFR ela tinha também um recorte na janela de municiamento que enchia o saco e pesava o movimento de abertura e fechamento (na CFX é reto). Não sei se continua assim hoje em dia, mas era um detalhe chato. Por via das dúvidas sempre indico a CFX.
  2. São bem parecidas Joab, praticamente a mesma arma. A diferença da CFR é basicamente a coronha. Na época que eu testei a CFR ela tinha também um recorte na janela de municiamento que enchia o saco e pesava o movimento de abertura e fechamento (na CFX é reto). Não sei se continua assim hoje em dia, mas era um detalhe chato. Por via das dúvidas sempre indico a CFX.
  3. Uma boa opção seria manter apenas um parafuso na parte inferior e inserir uma bucha de Noryl pra dar aperto entre o cano e o muzzle. Construí um desta forma tempos atrás e ficou bem firme:
  4. Em relação ao questionamento sobre as duas armas, a HW possui construção premium, maior peso e preço elevado. A CFX possui construção mais simples, menor peso e usa materiais de menor qualidade. No quesito precisão, não dá pra afirmar categoricamente qual a mais precisa, pois já vi algumas CFX fazerem miséria. Mas no geral a HW originalmente leva vantagem. Na CFX com uma customização barata vc consegue desempenho equivalente a HW original. Basicamente GR 40Kg e bucha PU Maccari jé elevam o desempenho consideravelmente (esqueçam GR de 45Kg! mas aí já é pra outro tópico). Se o orçamento permitir, a HW pode superar a precisão das PCP's. Porém, só um kit completo de customização custa o preço de uma CFX. Dá pra fazer uma customização básica a custo zero com um encamisamento da mola, que já melhora muito a arma. Aí vai do bolso e das necessidades de cada um. Já tive várias carabinas CFX, tanto em 4,5mm quanto em 5,5mm e atualmente estou na minha terceira HW97K. Gosto muito das duas. No final fica assim: - HW: melhor arma (leve em consideração que é pesada e não se adéqua a todos os usos). - Gamo CFX: melhor custo benefício geral, preferencialmente no calibre 4,5mm com GR de 40Kg e bucha PU de qualidade.
  5. Karolaza, a diferença se dá não pela mecânica da carabina, que é a mesma, mas sim pela coronha. A coronha de madeira traz maior peso e menores vibrações, que se traduzem em melhor precisão. Já fiz os mais diversos experimentos com CFX e em um deles, ao colocar coronha de madeira em uma carabina que possuía coronha de plástico, percebi melhora no desempenho. Não é à toa que nos fuzis de precisão uma das primeiras coisas a ser feita é o "bedding" da arma, que nada mais é que uma base rígida e consistente (geralmente em composto epóxi) feita na coronha da arma, criando uma superfície estável e bem ajustada entre a coronha e a ação da arma (caixa do mecanismo).
  6. Rodrigo, obrigado por compartilhar a experiência. Se não for pedir muito, será que conseguiria uma foto com maior close do muzzle? De preferência em local bem iluminado e sobre um fundo cinza, que nos permitiria visualizar os detalhes do produto. Mais uma vez agradeço a iniciativa, parabéns!
  7. Primeiro gostaria de parabenizar esse formato de tópico. Estimula a participação da galera que anda sumida, como eu. Em relação ao questionamento “será mesmo que ter uma arma de PCP é indispensável para que o atirador continue evoluindo e se tonando melhor?” A resposta pra mim é categórica: NÃO. Aliás, penso que as variantes envolvidas no tiro com carabina de mola tendem a forjar atiradores melhores do que as carabinas PCP. Em relação à comparação entre as duas, não faz o menor sentido. São coisas totalmente distintas! A preferência por uma ou outra vai depender de gosto pessoal, disponibilidade de grana e das necessidades do atirador... Eu particularmente já tive PCP e não pretendo ter outra novamente. É Muito trambolho pra carregar! Prefiro a praticidade das carabinas de mola!
  8. Bom dia 

    Tenho a Black fusion o gatilho Deu zebra o gatilho novo da big cat e visualmente igual , metade do preço , ele serve na Black

  9. Cenoura, eu consegui um resultado satisfatório apenas diminuindo a pressão das molas. Mas pra isso é necessário, além da instalação do parafuso maior para ajuste do 2º estágio, a instalação de um parafuso pra diminuição do curso do primeiro estágio. Segue um vídeo que fiz exemplificando:
  10. E aí Almeida, comprou? Eu tive alguns exemplares de CFX nos dois calibres... Também voto pelo 4,5mm. Instala um GR de NO MÁXIMO 40Kg e customiza o gatilho, fica espetacular.
  11. Uma duvida aqui... Qual a aplicabilidade prática de uma camuflagem desta em tiro esportivo?
  12. Agrupamento de 1,5 MOA aproximadamente. Não é qualquer fuzil que faz um agrupamento desses a esta distancia. Parabens!
  13. Parabéns cumpadi!!! Saúde e felicidades amigo!
×
×
  • Create New...

Important Information