Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Daniel G Souza

Members
  • Content Count

    12
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Brazil

Community Reputation

1 Neutro

About Daniel G Souza

  • Rank
    Novato

Profile Information

  • Sua Localidade
    Juiz de Fora / MG

Recent Profile Visitors

130 profile views
  1. Big Cat, de preferência com gás ram de 45kg, mesmo se for no calibre 5.5. Mas com 50kg dá pra domar ela também. Concordo com a opinião sobre o calibre 4.5... para deixar todo mundo dar uns tirinhos sem ficar se preocupando com o custo do chumbinho, melhor esse calibre. Em dias animados a caixinha de 250 chumbinhos acaba rápido. Nas outras que citou você vai ter dois problemas: 1- massa de mira grossa que impede a visada de uma latinha a 50m. Só a gamo (das citadas) tem uma fibra ótica fininha, tornando fácil a visada a distâncias mais longas. 2- por experiência própria: mulher gosta de conforto ao atirar. Minha noiva não gostou de armar a minha R1000 porque tinha de usar os dois braços e cansava muito rápido. Agora que instalei um GR de 45kg e ela ficou bem macia, o problema é a carabina ser pesada. Ela reconhece que dá mais estabilidade na pegada, mas cansa... Conclusão: para ser mais abrangente no quesito "tiros em família", uma carabina leve, bem equilibrada e com conjunto de mira de ótima qualidade faz diferença. Minha noiva fez vários acertos ontem com uma Whisper a 50 metros em latões de cerveja. Mas gasta alguns milhares de chumbos pra chegar nisso atirando de pé... rsrsrs P.s.: esqueci de mencionar que comprei muzzle break quickshot e massa de mira gamo para adaptar na minha r1000. A original não dá pra ser feliz a longas distâncias...
  2. Andei testando esse gás ram na minha Whisper. Não o dematek, mas o de 50kg da SMS. Eles são do mesmo fabricante e tem a mesma medida do corpo do gás ram. Realmente o corpo desse gas ram não interfere no engatilhamento das Gamo, mas tem a haste longa, totalizando 27cm. As Gamo tem 26cm de espaço na câmara. Não tenho cronógrafo, mas o teste no sabão deu a mesma força do GR de 45kg que estava instalado. Resolvi remover o gás ram e cortar 1cm. Aí sim ele ficou mais forte, dando o mesmo resultado no sabão Ipê que eu tinha obtido com a mola original quando comprei ela. Uma boa opção para o Luiz seria fazer esse teste. Pode ter um aumento na velocidade dos disparos.
  3. Gostaria de deixar relatado que obtive êxito em minha tentativa. Desmontei a arma; limpei a pasta G com uma flanela e álcool absoluto, passando várias vezes para ter certeza de eatar bem limpo; apliquei o silicone que veio com o gás ram em pequena quantidade e a arma parou se estourar. Dei uns 50 tiros até o momento. Este fim de semana vou para a roça acabar de amaciar esse gás ram e ver como fica, mas acho que vou ficar com o de 45 kg mesmo, por questão de barulho. Como atiro em meu quintal, a pancada do GR mais forte está muito incômoda, já com o de 45kg está bem moderada. A diferença é gritante! Quanto a precisão, atirando a 10m de pé na mira aberta, consigo grupos do tamanho de moedas de 10 centavos com qq mola. É lógico que com a mola mais fraca os grupos ficam mais 'bonitos'. Mas acho que é questão de treino... Segue abaixo a foto do meu pistão aliviado só para ilustração. Retirei a camisa de mola da Sag para ajudar a reduzir o tranco.
  4. Olá amigos! Estou enfrentando uma situação com minha R1000 4.5 que gostaria de dividir, para ver se a experiência de vocês me ajuda. Comprei essa arma para "fuçar" e aprender o máximo que puder com ela. Nesse intuito, já experimentei gás ram original de 50kg, e também o de 45 e 40kg. Mas o bichinho do tuning falou mais alto e comprei uma mola de 55kg da quickshot. Já no primeiro tiro uma explosão horrorosa e bastante fumaça de efeito diesel. Dei alguns disparos, desmontei, sequei e relubrifiquei bem pouquinho. Continuou com o mesmo efeito diesel super alto. Desmontei, limpei, voltei com a mola de 45Kg e resolveu. Alguma tempo depois, resolvi tentar de novo a mola de 55kg e não deixei nem um dia. Mesmo problema... Ontem eu resolvi que vou conseguir usar essa bruta! Rs... Abri, sequei tudo e usei o silicone da quickshot. Deu certo no primeiro tiro, mas depois foi voltando a aumentar o barulho e lá pelo quinto disparo já estava explodindo alto de novo. Apesar de eu já ter feito um bom brunimento com lixa 1200 (há tempos), acredito que possa ser resíduo da graxa antiga (comprada na Elite) nas micro ranhuras da câmara que estão ainda se acumulando na frente da câmara a cada disparo. Vou abrir e passar uma flanela com álcool para tentar remover o máximo da graxa antiga. A dúvida é: uso o lubrificante a base de silicone da quickshot depois, ou tento sem lubrificação mesmo? Já li relatos de quem usa a bucha sem nada de lubrificante e também em um tópico antigo, um amigo que disse que a bucha da G2 dele estava queimando por falta de lubrificação. FiqueI perdido... Detalhe: com as molas de 40 a 50kg não dá diesel nunca. Só mesmo com a de 55 isso acontece (fortíssimo). E já acontece logo no primeiro disparo! Aguardo opiniões. Obrigado, Daniel
  5. Só complementando, concordo com o que o amigo Charles Dias falou. Retirei alguns chumbinhos do sabão e vi que entre as molas de 45 e 50kg o chumbinho da Rifle teve uma deformação completamente diferente um do outro. E também a marcação das raias ficou muito mais nítida com o gr de 45kg, daí veio a precisão. Lembrando que meu gas ram original da Rossi não vaza nada e é mais forte que o da quickshot. Ou seja, os dois estão com a força nominal correta ou próximo da correta. Logo, se fosse por uma troca, eu recomendaria molas com forças diferentes mesmo... ah, a mola de 40kg deixa a Sag sem coice quase nenhum. Disparando a arma sobre uma superfície lisa, com um chumbinho em cima, ele nem cai. Mas fica muito fraquinha para meu gosto. De 45Kg em diante já fica excelente!
  6. Olá! Sei que se passou algum tempo, mas com intuito de trocarmos experiência, resolveu alguma coisa quanto ao gás ram? Vou lhe contar algo que aconteceu ontem: Depois de muito, muito mesmo, mexer em minha Sag R1000 4.5 e conseguir amaciá-lá encurtando um pouco a haste do gás ram (fiz um tópico explicando), resolvi deixá-lá com o gás ram da Rossi mesmo. Era o mais forte, pois eu tinha comprado o de 45 e 40kg na tentativa de deixá-lá mais leve de armar e menos trancuda, e estava com uma precisão esplêndida com o JSB Straton. Só que na intenção de uma pancada maior (é uma Sag R1000, né? Rs), comprei umas caixinhas de Rifle Thunder e, para minha surpresa, espalhou pra caramba! Gastei mais de 100 chumbos testando... Ontem resolvi abri-la e tentar o gás ram de 45 kg da quickshot que tenho e, para minha satisfação, o Thunder agrupou igual ao Straton (do tamanho de uma moeda de 5 centavos nos tiros em pé, mira aberta a 10m). Infelizmente não sei te dizer ainda se foi o peso da mola ou a marca mesmo... Ainda vou comprar uma mola de 55kg da quickshot para testar e daí saberei. O que posso dizer é que o GR da Rossi sempre sai sequinho quando tiro ele e o da quickshot sempre sai com a haste um pouquinho suja... se fosse por vazamento, o da quickshot seria o pior. Mas, como eu disse, as duas molas se dão bem demais com o Straton.
  7. Complementando: Depois de muito testar, acabei preferindo o pistão com a haste para frente. Perdi um pouco de força, mas a precisão está excelente. Estou usando o gás ram da quickshot de 45kg, que me deu a melhor relação entre força e precisão. Como sugestão para quem não quer fazer corte, gostaria de observar novamente que o gás ram da Dematek é mais curto que o Rossi e Quickshot. Ele deixou a carabina tão mais macia de armar que acabou servindo de referência para eu cortar os outros pistões. Apesar de ele ser mais fraco, eu sabia que tinha algo a mais nessa "maciez toda". Foto com a caixa de gatilho no lugar e depois de solta, demonstrando a distância de pré compressão (3mm, com gás ram Dematek original, sem corte, e centralizadores Quickshot) Essa outra foto é para demonstrar que o gás ram Dematek é muito curto para usar com o centralizador original da Sag (pelo menos o que recebi, mas acho que não tem diferença entre os pistões deles).
  8. Me lembrei de algo importante: Como a Sag é toda em metal, com coronha leve, pende muito para a frente. Se você atira de pé, com mira aberta, deve estar brigando bastante para mentê-la alinhada com o alvo e isso pode prejudicar os agrupamentos. A minha eu fiz o seguinte: peguei duas meias; enfiei a primeira bem socada no fundo da coronha e a segunda eu enchi com 350g de chumbo (medi na balança por curiosidade...). Acomodei ela na coronha e fechei. Tem que ficar bem apertado! Minha noiva não atira com a Sag porque acha muito pesada, mas o primeiro comentário dela ao empunhá-lá depois do preenchimento foi justamente que "ela tinha parado de pesar na frente". Isso pode te ajudar também.
  9. Olá amigo! Sei que já se passou algum tempo, mas tive o mesmo "susto" com minha Sag R1000. Só que, apesar do tranco forte, eu conseguia já de começo agrupar. Talvez pela minha ter vindo com gatilho antigo de dois estágios. Muito suave e sensível esse gatilho. Bom, depois de percorrer longo caminho eu descobri uma solucao para o problema do tranco e postei aqui: Se ainda está com ela, tente! Mesmo com o gás ram original o resultado em "amaciamento da arma" é surpreendente! Abraço, Daniel
  10. Olá amigos! Gostaria de compartilhar uma experiência pra lá de satisfatória que tive com minha Sag R1000: Primeiro quero dizer que tenho uma Whisper 5.5 com GR Quickshot de 45 e ela é um doce! Tanto para armar, quanto para atirar. EscolhI marca e peso mola seguindo dicas que li pelos tópicos do fórum. Mas minha noiva gosta muito de atirar comigo e resolvi comprar uma outra carabina. Essa teria de ser 4.5, para que eu pudesse experimentar "as delícias desse calibre"... Rsrs. Depois de revirar pilhas de tópicos por aqui, escolhi a Sag R1000. Comprada a Sag veio o primeiro tiro... um peso muito grande para armar e um tranco doido! Alguns tirinhos para confirmar que estava tudo funcionando e abri ela para limpeza, polimento e lubrificação. Achei que fosse melhorar um pouco, mas continuou pesada. Já na semana seguinte encomendei um kit de 45Kg da quickshot para ela. Minha esperança era que ficasse macia como a Whisper... Ledo engano! Ficou tão pesada para armar, e ainda mais trancuda que com o Rossi de 50Kg! Durante aquela semana, resolvi tomar uma atitude. Desmontei ela de novo e removi a camisa de mola. Com um martelo, chave de fenda e uma ajudinha para segurar o êmbolo em cima de um pano, fui dando marteladas com cuidado na trava dela. Depois de algum tempo e esforço consegui removê-la. Com isso, tive minha primeira vitória: sem perder quase nada de potência (medida no sabão), ela apresentou menos tranco nos disparos. Mas ainda queria que ela fosse mais macia. Daí acabei comprando um GR de 40kg da Dematek. Na inspeção visual veio a observação de que ele era mais curto que os outros 2 pistões que eu tinha. Instalei ele com os centralizadores QS e foi só alegria! Carabina macia de armar e tranco bem mais maneiro... Gostei desse GR! E aqui é que vem o pulo do gato: fiquei inconformado com a perda de potência (gostei da força original dela), daí me lembrei de ter lido em algum lugar aqui que GR com pré compressão muito grande pode ficar pesado para armar. Como eu já tinha 2 pistões sem uso, resolvi fazer um teste com o da Rossi, que já não tinha garantia por eu ter aberto a arma. Cortei um pouco da haste e reduzi a pré compressão na montagem. Cortei aproximadamente meio centímetro e montei o GR Rossi nos centralizadores da quickshot. A pré compressão ficou em 3mm. Já ao armar, foi enorme a diferença: que delícia!!!! Carabina suave, compatível com o peso da mola. O tranco também diminuiu bastante e a força ficou equivalente ao que era quando original, medindo no sabão. Daí, para ter a confirmação de que não era só coincidência, cortei o gás ram da quickshot e instalei ele invertido. Nesse caso usei o centralizador traseiro original mesmo, pois o quickshot é vazado. Ela ficou ainda mais leve para armar do que com 50kg e a força se manteve. Essas são as medidas do gás ram dematek: corpo 12,5cm e haste 14,4cm, totalizando 26,9cm. Com o centralizador e arruela da quickshot, a carabina ficou extremamente macia de armar e foi essa medida que utilizei para cortar (com micro-retifica) as hastes dos outros gás ram. Grande abraço, Daniel
  11. Olá amigos! Como deve ser com muitos aqui, "já conheço bem" alguns integrantes dos fórum e, depois de muito me aproveitar dos ensinamentos, vim para dividir. Me chamo Daniel, sou de Juiz de Fora-MG e iniciei com uma Jade, porque fiquei com medo do gatilho das "B". Pensei que nunca ia abrir uma carabina... ledo engano! rs. Hoje tenho, além da Jade, uma Gamo Whisper 5.5 e mais recentemente uma Sag R100 4.5. E é dessa Sag que falarei em tópico... Tenho a impressão de que até o mestre Alberto José vai achar interessante, uma vez que tangencia detalhes aos quais ele tão minuciosamente analisa e discute. Todas as minhas carabinas hoje estão com mola a gás quickshot. A Jade com 40Kg e as outras com 45Kg. Abraço a todos e bons tiros! Daniel
  12. Boa noite! Eu estava querendo experimentar esse gr, mas fiquei na dúvida por ter pouca informação sobre ele por aí. Seu tópico me ajudou a decidir. Acabei instalando um gr Dematek de 40kg na minha Sag R1000 4.5. Antes eu tinha tentado o gr original e um pistão de 45kg da Quickshot. Em ambos os casos ela estava dura de armar e com um bom coice. Só melhorou (bastante) quando retirei a camisa de mola metálica que vem no pistão dela. Mas alegria mesmo veio com esse gr Dematek! Caramba, ela está super macia para armar e praticamente sem tranco! Minha precisão com ela (de pé/mira aberta) aumentou absurdamente! Gostei demais desse gas ram e acho que veio para ficar. Quando o pessoal começar a descobrir , ele vai ser um dos preferidos, junto aos já consagrados aí do mercado. Tenho uma Jade e uma Whisper com GR da quickshot. Adoro a marca e só tenho elogios, principalmente na Whisper, que dá show de precisão com o gr de 45kg... mas a Sag não vai ver outra mola. Casei com essa! Grande abraço, Daniel
×
×
  • Create New...

HTB1BZoqbtPJ3eJjSZFLq6yb3FXaR.jpg