Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Victor Bayma

Posição Externa de Tiro - Parte 1

Posts Recomendados

Posição Externa de Tiro

A posição externa de tiro para a modalidade Carabina de Ar é uma verdadeira ciência que rende muitos artigos à parte. O corpo do atirador é único, possui características exclusivas, e na prática cada atirador deve achar a sua postura ideal fazendo ajustes.

Felizmente, os mais antigos encontraram uma postura que, via de regra, serve a todos. Encontraram, em meio a tantas possibilidades, um padrão postural que confere maior estabilidade e economia de energia, capacitando o atirador a realizar provas mais longas mantendo a qualidade de seus disparos.

Normalmente quando alguém começa no Tiro Esportivo assume uma postura cujo tronco ou está muito curvado à frente, ou muito curvado para trás. Também é possível notar que seus braços "flutuam" para fazer a mira, ou seja, pouco encostam no corpo e ficam abertos. A base dos pés é aberta com o pé da frente apontando para o alvo. Consequentemente o corpo todo segue os pés, expondo a barriga para o alvo, como se o atirador fosse andar ou correr do alvo. Essa postura é conhecida como "postura de caçador".

Então, conforme o atirador tem contato com o técnico, ou com colegas mais experientes ele descobre aquela postura externa que é ensinada aos melhores do mundo, a postura em pé oficial do tiro com carabina/rifle. Para delinear esta postura é necessário decompô-la em partes do corpo, cada uma rende páginas, mas neste tópico tratarei de resumir os seus pontos mais importantes.

Pés e o Centro de Gravidade

A posição dos seus pés definirá a direção de todo o corpo. O Tiro Esportivo, diferentemente do Tiro Prático ou de defesa, despreza ameaças externas, então o atleta não precisa assumir uma base de tiro defensiva, ele pode acomodar-se numa só posição e permanecer com seus pés plantados no chão até o fim de sua prova tranquilamente. Tendo em mente que sua prova é estática, e que sua modalidade é de precisão, e não de velocidade, o atirador deve assumir uma postura imóvel, equilibrada e confortável. 

Sendo assim, deve-se traçar (mentalmente ou com ajuda de equipamentos) a linha reta perfeita em relação ao seu alvo e posicionar-se paralelamente a esta, como se fosse um equilibrista pisando numa corda. O seu Centro de Gravidade - CG - precisa estar alinhado com esta linha. 

Os pés ficam perpendiculares ao alvo, o seu equilíbrio será controlado pelos músculos das pernas, principalmente os que fazem a angulação dos pés, como tibial anterior e panturrilhas. 

Importante dizer que se você estiver pendendo o corpo à frente, você sentirá dores na ponta dos pés. Por conseguinte, dor na ponta dos pés é indicativo de que o atirador está mal equilibrado e pendendo à frente. Quando isso acontece, o corpo depende da musculatura das pernas para manter o equilíbrio e isso causa fadiga muscular, tremedeira. Se você for destro e pender para frente seus tiros tendem a errar o alvo para a direita, e você oscilará muito porque o seu CG estará chamando você para a direita e a sua musculatura estará corrigindo você para a esquerda. É justamente essa tensão entre os opostos que fará você oscilar drasticamente, além da tremedeira muscular que fará micro oscilações.

Portanto, uma boa base é aquela que permite o seu corpo estar alinhado com o CG. Agora, nem todos conseguem manter o equilíbrio quando seus pés estão exatamente alinhados à linha do alvo. Um exemplo: os atiradores que têm sobrepeso normalmente têm seu CG deslocado em direção à barriga. Nestes casos ele teriam que curvar-se muito para trás para compensar este efeito, porém isto pode comprometer outras estruturas, isso pode dar muitas dores nas costas por ser algo forçado. Então uma solução é posicionar o seu pé direito (destros) um pouco à frente da linha do alvo para dar mais estabilidade e colocar o CG no eixo correto, reto ao chão. 

Pés e o Ponto Natural de Mira (NPA - Natural Point of Aim)

Feche os olhos e entre em posição de tiro (com a arma descarregada de preferência), fique o mais natural possível, agora abra os olhos. Aonde você está mirando com relação ao alvo? Mais para a esquerda, mais para a direita? Esse provavelmente é o seu Ponto Natural de Mira. 

Tendo um destro como exemplo, o pé esquerdo dele pode ficar perpendicular em direção ao alvo, essa é a posição mais comum e mais fácil, muito embora alguns profissionais angulem os seus pés para dentro. O campeão olímpico de 2016, Niccolo Campriani, por exemplo, fecha o ângulo dos seus dois pés para dentro. Para angular os seus pés como os profissionais, você deve conhecer-se muito bem, e acima de tudo, saber o que está fazendo. Por isso sugiro que você comece com o pé esquerdo em 90º em relação ao seu alvo, com o tempo você pode experimentar novos ângulos.

O pé direito, entretanto é o que serve de "leme", é ele que determina o compasso. Com o pé direito você pode traçar diferentes ângulos para toda a sua estrutura, inclusive sua arma. Use o seu pé direito para alinhar o seu Ponto Natural de Mira ou NPA ao alvo. Se você estiver errando os seus tiros para uma determinada direção (tendenciando) tenha em mente o seguinte:

Para subir o tiro = abrir a base

Para descer o tiro = fechar a base

Atirar para a esquerda = pé direito à frente

Atirar para a direita = pé direito para trás

Você pode usar os seu pé direito para corrigir tendências ao invés de clicar a sua arma, porque se você compensar uma tendência ajustando a arma quando você encontrar a posição corporal sua arma estará errando os disparos. É tentar corrigir um problema criando outro. Se a sua tendência de erro for causada por um erro postural, corrija sua postura; e se a tendência for causada pelo equipamento, ajuste-o. Só não misture as coisas, para não fazer mais confusão! Para saber onde está o problema, é necessário desenvolver a sua autopercepção.

Base e Tendências Desenho.jpg

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Victor impressionante como seu tópico foi providencial para mim. Retornei ao esporte a pouco tempo, então estou precisando me ajustar todo novamente, mesmo porque quando moleque esses detalhes não eram importantes, agora mais velho eles estão sendo fundamentais. 

Vou me usar como exemplo, se você puder me ajudar agradeço. Bom meus tiros a 10, 15 e 20 metros são altos e a esquerda do ponto de impacto desejado. Por mais que eu ajuste a mira da carabina, já coloquei o ajuste todo para a direita e mesmo assim o tiro saia a esquerda do ponto desejado. Sendo assim percebi que o erro esta em mim, ou na posição da cabeça ou do corpo como um todo.

Sendo assim voltei a  mira da carabina para o que seria seu ponto neutro e venho tentando ajeitar minha postura. Logo, com base no seu texto eu preciso:

1- fechar minha base para descer meus disparos. Ou seja, juntar um pouco mais os pés. Correto?

2 posicionar meu pé direito, pois sou destro, para trás para mover meus disparos para a direita. Correto?  Aqui está minha duvida. Move-lo para trás em relação a que? Ao pé esquerdo? 

Parabéns pelo tópico

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Gustavo de Mello Duarte disse:

Victor impressionante como seu tópico foi providencial para mim. Retornei ao esporte a pouco tempo, então estou precisando me ajustar todo novamente, mesmo porque quando moleque esses detalhes não eram importantes, agora mais velho eles estão sendo fundamentais. 

Vou me usar como exemplo, se você puder me ajudar agradeço. Bom meus tiros a 10, 15 e 20 metros são altos e a esquerda do ponto de impacto desejado. Por mais que eu ajuste a mira da carabina, já coloquei o ajuste todo para a direita e mesmo assim o tiro saia a esquerda do ponto desejado. Sendo assim percebi que o erro esta em mim, ou na posição da cabeça ou do corpo como um todo.

Sendo assim voltei a  mira da carabina para o que seria seu ponto neutro e venho tentando ajeitar minha postura. Logo, com base no seu texto eu preciso:

1- fechar minha base para descer meus disparos. Ou seja, juntar um pouco mais os pés. Correto?

2 posicionar meu pé direito, pois sou destro, para trás para mover meus disparos para a direita. Correto?  Aqui está minha duvida. Move-lo para trás em relação a que? Ao pé esquerdo? 

Parabéns pelo tópico

Opa! Fico muito feliz por ter ajudado você, Gustavo!

Respondendo à sua pergunta...

Veja bem, o Tiro Esportivo é um esporte complexo e detalhista. Eu só falei dos pés e mesmo assim não concluí tudo, foi um resumo. Então é necessário que você continue observando-se a fim de descobrir o problema.

Mas, claro! Supondo que somente ajustar a sua base resolva o problema, sim, você deve juntar os seus pé (um pouco, até a largura do ombro, não recomendo juntar mais do que disso, senão perde o equilíbrio), e pode levar o seu pé direito para trás em relação à linha do alvo (veja as seta preta no meu desenho, quando você recua o pé direito o seu quadril vira naturalmente para a direita do alvo). 

Ao ajustar a sua base tenha em mente que seus ajustes devem ser mínimos! Vai experimentando tipo 1 centímetro de cada vez, dê uns 3 ou 5 tiros só para ver aonde você está agrupando.

Lembre-se, mais importante do que acertar o alvo é agrupar os tiros. Ou seja, melhor fazer um único furo com 10 tiros no 8, do que acertar fazer "queijo suíço" na área do 9 (em cima, em baixo, na esquerda, na direita), capiche? Hobin Hood acerta flecha, atrás de flecha, significa que ele pode fazer um buraco só no "bullseye", ou no prego que segura o alvo. Ele pode escrever o nome dele no alvo, se ele quiser, porque mais importante que acertar o alvo é ter o domínio sobre o tiro.

O que eu quero dizer com isso é que você deve fazer pequenos ajustes e atirar o melhor que puder, sem tentar fazer pontos, ou acertar o centro. Faça os ajustes e naturalmente o seu NPA - Ponto Natural de Mira - vai coincidir com o centro do alvo.

Eu pretendo escrever mais sobre as outras nuances do tiro, mas antes disso eu vou estudar mais para passar informações precisas.

Outra coisa que pode ser também, e você mesmo já cogitou, é a posição da cabeça. Veja bem, o ideal é posicionar a cabeça de forma confortável e apontando o quanto puder para o alvo. Se sua cabeça não estiver suficientemente apontada para o alvo, o seu olho direito (você é destro) vai ter uma visão borrada do alvo, por causa do seu nariz. A visão do seu próprio nariz pode entrar na frente do alvo e obstruir sua visada. E isso leva ao erro também.

Se você quiser, você pode tirar fotos suas em posição de tiro e eu tento avaliar o pode estar causando a sua tendência para cima e para a esquerda.

Ah, uma outra coisa importante... Tiros a distâncias diferentes dão resultados diferentes. Alvos colocados a distâncias diferentes requerem clicagens/regulagens diferentes. Não sei se é o seu caso, mas não ache que você acertará no centro do mesmo alvo se mudar a distância dele sem também clicar a arma. A regulagem da arma deve ser alterada, o que não pode ser alterado é a sua forma de colocar a cabeça na coronha, ou sua forma de apoiar no ombro, etc. Nós atiradores devemos ter uma postura padronizado para atirar, para termos tiros padronizados. Qualquer movimentozinho de um tiro para o outro faz muita diferença.

Espero tê-lo ajudado, Gustavo. Seja bem-vindo novamente ao Tiro Esportivo!

Abraço!

Victor Bayma.

Editado por Victor Bayma
  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Gustavo de Mello Duarte disse:

Obrigado mesmo. Vou ver se consigo providenciar umas fotos.

Vou começar com a mudança na base e ver os resultados Semana que vem. Vou postando noticias.

Bacana!  👍

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa

Excelente texto.

Mesmo resumido é um guia para aprimorarmos os fundamentos e com isso melhorarmos nossas performances.

Obrigado

Abs

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo Victor Bayma , espero poder incentivá-lo a escrever sempre , elogiando o seu ótimo texto . Queremos mais artigos , tudo que voce escrever será muito aproveitado pelos colegas . Abraço .

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Víctor hoje fui à prática. Aproveitando a folga do feriado.

Comecei com minha postura habitual, sem me preocupar em corrigir nada. Fiz uns 20 disparos. A maioria alto e a esquerda. Então sem olhar para os pés relaxei minha base afastando um pouco os pés e bingo.

Prontamente a altura dos disparos foi corrigida, e após mais uns 30 disparos entre abre base e fecha base achei o ponto ideal. 

Aproveite esse momento para observar meu pé direito e pude constatar que ele ficava sempre mais a frente que o esquerdo. Motivo que levava meus tiros sempre pra esquerda.

Logo passei a recuar o pé direito até alinhar com o esquerdo. E os disparos foram chegando cada vez mais para o centro, mais ainda tendendo a esquerda.

Continuei o movimento de forma que quando meu pé direito ficou recuado uns centimetros em relação ao esquerdo,  a lateralidade dos disparos desapareceu, e eu consegui centralizados.

Agora e fixar  a postura adequada na mente e no gestual até ela se tornar natural para o corpo. 

Com certeza falta um ajuste fino nos braços e na posição da cabeça. 

Victor por favor não deixe de fazer um texto sobre esses outros aspectos. E muito obrigado pela sua contribuição.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×