Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
marconderlb1

Como mexer na regulagem da válvula da m16?

Recommended Posts

Boa noite pessoal, estou entrando nesse mundo de pcps e comecei com uma artemis m16, porém preciso q alguém me ajude a deixá-la mais econômica, tendo em vista q ela dê seus 60 tiros de autonomia. Obrigado desde já.

 

Enviado de meu ASUS_X00ID usando o Tapatalk

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amigo, 

Eu tenho uma M16 faz uns meses já. Posso fazer umas considerações.

Existem vários fatores que definem a autonomia de uma PCP, nem todos estão sob nosso controle e outros funcionam na lógica do "cobertor curto", tira de um lado pra ganhar um outro.

Primeiramente, como sua carabina é nova, ainda precisa amaciar as válvulas para que elas trabalhem no seu melhor. Por isso, carabina nova geralmente vai oscilar um pouco velocidade, energia e autonomia.

Depois, vc precisa saber que, estando tudo correto e bem regulado, mais autonomia geralmente vai significar menos energia/velocidade do disparo. É isto que vc quer?

Sobre a m16, a primeira coisa q vc precisa saber e que causa confusão nas Artemis é q a pressão máxima do cilindro dela é de 250 BAR. "Ahh, mas no manômetro o verde vai só até o 220!"

Sim, ninguém sabe o pq, talvez economia burra na fabricação, mas na lateral do cilindro, no manual e na lateral do bloco da culatra está escrito 25MPa (250Bar). Então encha a 250 Bar pra ter autonomia máxima. Eu sempre enchi a 250, não tem crise. A Diana que tá distribuindo a M16 sob o nome "Outlaw" nos EUA diz q é 250 BAR. Não precisa ter medo.

Daí, vc tem mais duas regulagens nela: a do martelo e a da válvula reguladora.

O martelo é simples, tira a coronha e use uma moeda pra girar um parafuso na culatra da arma. Quanto mais apertado, mais forte o soco do martelo na válvula disparadora, portanto gasta mais ar e vc gera mais energia. Mas há um limite. Chega um ponto em que não importa o quão forte o martelo bata na válvula, a velocidade não sobe, vc só desperdiça ar. Daí há q se encontrar o equilíbrio testando. Assim, solte esse parafuso pra diminuir a força do martelo e economizará ar a custo de velocidade.

Já a regulagem da válvula reguladora é bem mais complicado. Diria q não é pra amadores. Eu mesmo nunca mexi na minha até pq não senti necessidade. A minha veio regulada pra uma pressão q considero ideal e não quis mexer. Pra acessar a válvula vc tem q esvaziar o cilindro de ar e remover o cilindro. A válvula ficará exposta, solta a contra porca e ajusta o parafuso central para regular. Anti-horário aumenta pressão, horário diminui a pressão (menor energia, mais disparos).

A minha carabina depois de amaciada (digamos aí uns 200 disparos pra amaciar uns 80% e uns 500 pra ficar jóia) dá cerca de 50 a 55 disparos regulados, com chumbo JSB 18 grains, 270 m/s, 43 joules ou 32ft/lbs. Posso dizer q pra mim está ótimo. Essa arma entrega muito pro valor dela.

Pessoal anuncia ela como 60 disparos de autonomia, mas acredito (com base em conversas com outros atiradores, reviews gringos) que o correto seja algo entre 50 e 55 nessa faixa de potência no calibre 5.5. É uma excelente autonomia pra uma carabina dessa "categoria", digamos. Lembrando que similares que custam 3 a 4 vezes mais tem uma autonomia muito parecida, como a FX streamline e a Daystate Huntsman Regal XL.

A maioria das carabinas nessa faixa de preço dão menos tiros e ainda, por não serem reguladas, vão dar aí uns 20 tiros bons, na melhor parte da curva. 

Por isso te digo, a princípio esqueça mexer na válvula reguladora e experimente mexer no martelo. Nele não tem o risco de vc estragar nada e já vai mais ou menos dar o resultado desejado, lembrando que tanto em um como em outro, mais autonomia por este método significa menos energia/velocidade.

Se quiser mais detalhes ou trocar uma ideia sobre a carabina me mande uma msg privada.

Abraço

 

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito obrigado pelo esclarecimento.

Amigo, 
Eu tenho uma M16 faz uns meses já. Posso fazer umas considerações.
Existem vários fatores que definem a autonomia de uma PCP, nem todos estão sob nosso controle e outros funcionam na lógica do "cobertor curto", tira de um lado pra ganhar um outro.
Primeiramente, como sua carabina é nova, ainda precisa amaciar as válvulas para que elas trabalhem no seu melhor. Por isso, carabina nova geralmente vai oscilar um pouco velocidade, energia e autonomia.
Depois, vc precisa saber que, estando tudo correto e bem regulado, mais autonomia geralmente vai significar menos energia/velocidade do disparo. É isto que vc quer?
Sobre a m16, a primeira coisa q vc precisa saber e que causa confusão nas Artemis é q a pressão máxima do cilindro dela é de 250 BAR. "Ahh, mas no manômetro o verde vai só até o 220!"
Sim, ninguém sabe o pq, talvez economia burra na fabricação, mas na lateral do cilindro, no manual e na lateral do bloco da culatra está escrito 25MPa (250Bar). Então encha a 250 Bar pra ter autonomia máxima. Eu sempre enchi a 250, não tem crise. A Diana que tá distribuindo a M16 sob o nome "Outlaw" nos EUA diz q é 250 BAR. Não precisa ter medo.
Daí, vc tem mais duas regulagens nela: a do martelo e a da válvula reguladora.
O martelo é simples, tira a coronha e use uma moeda pra girar um parafuso na culatra da arma. Quanto mais apertado, mais forte o soco do martelo na válvula disparadora, portanto gasta mais ar e vc gera mais energia. Mas há um limite. Chega um ponto em que não importa o quão forte o martelo bata na válvula, a velocidade não sobe, vc só desperdiça ar. Daí há q se encontrar o equilíbrio testando. Assim, solte esse parafuso pra diminuir a força do martelo e economizará ar a custo de velocidade.
Já a regulagem da válvula reguladora é bem mais complicado. Diria q não é pra amadores. Eu mesmo nunca mexi na minha até pq não senti necessidade. A minha veio regulada pra uma pressão q considero ideal e não quis mexer. Pra acessar a válvula vc tem q esvaziar o cilindro de ar e remover o cilindro. A válvula ficará exposta, solta a contra porca e ajusta o parafuso central para regular. Anti-horário aumenta pressão, horário diminui a pressão (menor energia, mais disparos).
A minha carabina depois de amaciada (digamos aí uns 200 disparos pra amaciar uns 80% e uns 500 pra ficar jóia) dá cerca de 50 a 55 disparos regulados, com chumbo JSB 18 grains, 270 m/s, 43 joules ou 32ft/lbs. Posso dizer q pra mim está ótimo. Essa arma entrega muito pro valor dela.
Pessoal anuncia ela como 60 disparos de autonomia, mas acredito (com base em conversas com outros atiradores, reviews gringos) que o correto seja algo entre 50 e 55 nessa faixa de potência no calibre 5.5. É uma excelente autonomia pra uma carabina dessa "categoria", digamos. Lembrando que similares que custam 3 a 4 vezes mais tem uma autonomia muito parecida, como a FX streamline e a Daystate Huntsman Regal XL.
A maioria das carabinas nessa faixa de preço dão menos tiros e ainda, por não serem reguladas, vão dar aí uns 20 tiros bons, na melhor parte da curva. 
Por isso te digo, a princípio esqueça mexer na válvula reguladora e experimente mexer no martelo. Nele não tem o risco de vc estragar nada e já vai mais ou menos dar o resultado desejado, lembrando que tanto em um como em outro, mais autonomia por este método significa menos energia/velocidade.
Se quiser mais detalhes ou trocar uma ideia sobre a carabina me mande uma msg privada.
Abraço
 


Enviado de meu ASUS_X00ID usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 07/07/2018 em 23:21, Toni disse:

Amigo, 

Eu tenho uma M16 faz uns meses já. Posso fazer umas considerações.

Existem vários fatores que definem a autonomia de uma PCP, nem todos estão sob nosso controle e outros funcionam na lógica do "cobertor curto", tira de um lado pra ganhar um outro.

Primeiramente, como sua carabina é nova, ainda precisa amaciar as válvulas para que elas trabalhem no seu melhor. Por isso, carabina nova geralmente vai oscilar um pouco velocidade, energia e autonomia.

Depois, vc precisa saber que, estando tudo correto e bem regulado, mais autonomia geralmente vai significar menos energia/velocidade do disparo. É isto que vc quer?

Sobre a m16, a primeira coisa q vc precisa saber e que causa confusão nas Artemis é q a pressão máxima do cilindro dela é de 250 BAR. "Ahh, mas no manômetro o verde vai só até o 220!"

Sim, ninguém sabe o pq, talvez economia burra na fabricação, mas na lateral do cilindro, no manual e na lateral do bloco da culatra está escrito 25MPa (250Bar). Então encha a 250 Bar pra ter autonomia máxima. Eu sempre enchi a 250, não tem crise. A Diana que tá distribuindo a M16 sob o nome "Outlaw" nos EUA diz q é 250 BAR. Não precisa ter medo.

Daí, vc tem mais duas regulagens nela: a do martelo e a da válvula reguladora.

O martelo é simples, tira a coronha e use uma moeda pra girar um parafuso na culatra da arma. Quanto mais apertado, mais forte o soco do martelo na válvula disparadora, portanto gasta mais ar e vc gera mais energia. Mas há um limite. Chega um ponto em que não importa o quão forte o martelo bata na válvula, a velocidade não sobe, vc só desperdiça ar. Daí há q se encontrar o equilíbrio testando. Assim, solte esse parafuso pra diminuir a força do martelo e economizará ar a custo de velocidade.

Já a regulagem da válvula reguladora é bem mais complicado. Diria q não é pra amadores. Eu mesmo nunca mexi na minha até pq não senti necessidade. A minha veio regulada pra uma pressão q considero ideal e não quis mexer. Pra acessar a válvula vc tem q esvaziar o cilindro de ar e remover o cilindro. A válvula ficará exposta, solta a contra porca e ajusta o parafuso central para regular. Anti-horário aumenta pressão, horário diminui a pressão (menor energia, mais disparos).

A minha carabina depois de amaciada (digamos aí uns 200 disparos pra amaciar uns 80% e uns 500 pra ficar jóia) dá cerca de 50 a 55 disparos regulados, com chumbo JSB 18 grains, 270 m/s, 43 joules ou 32ft/lbs. Posso dizer q pra mim está ótimo. Essa arma entrega muito pro valor dela.

Pessoal anuncia ela como 60 disparos de autonomia, mas acredito (com base em conversas com outros atiradores, reviews gringos) que o correto seja algo entre 50 e 55 nessa faixa de potência no calibre 5.5. É uma excelente autonomia pra uma carabina dessa "categoria", digamos. Lembrando que similares que custam 3 a 4 vezes mais tem uma autonomia muito parecida, como a FX streamline e a Daystate Huntsman Regal XL.

A maioria das carabinas nessa faixa de preço dão menos tiros e ainda, por não serem reguladas, vão dar aí uns 20 tiros bons, na melhor parte da curva. 

Por isso te digo, a princípio esqueça mexer na válvula reguladora e experimente mexer no martelo. Nele não tem o risco de vc estragar nada e já vai mais ou menos dar o resultado desejado, lembrando que tanto em um como em outro, mais autonomia por este método significa menos energia/velocidade.

Se quiser mais detalhes ou trocar uma ideia sobre a carabina me mande uma msg privada.

Abraço

 

muito bom, realmente eles falam 250bar, e outra os cilindro da M16a que é a minha vi que são testados até 40bar ou mais, mas dizem que trabalham até 300bar pode até olhar os anúncios deles.

a minha é uma M16a mexi na reguladora e deixei ela a 120bar e o martelo com umas 3 ou 4 voltas completas apertado, deu uma Vo média de 267.3 m/s com gamo match e 35 joules 

quero deixar ela ainda com menos potência.

já tem uma boa autonomia com o cilindro de 350cc

IMG-20180711-WA0072.jpeg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

Cometa 220.jpg