Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Pata do Sul

Estativa que fiz para benchrest

Posts Recomendados

Estou usando atualmente esta estativa feita que fiz na oficina aqui.

Fiz este tomando como base alguns existentes e levando também em consideração o meio de fabricação das peças.

É um rest pesado, com uma chapa grossa como base e apoiado em 3 pontos, sendo o apoio traseiro feito de modo que não seja travado por contra porcas (como os dianteiros) e mesmo assim seja bem firme, sem “jogo” para que não balance no momento do tiro, pois o apoio traseira que faz o ajuste fino vertical.

No meio da base tem duas possibilidades de ajuste de altura mais grosseiras. O primeiro é o inferior, com uma bucha que desliza justa no furo da peça preza à chapa base. O segundo é feito pelo giro do disco/volante, que faz o conjunto subir e descer pelo sistema de fuso. Os dois são ajustados antes de atirar, de acordo com a posição do alvo. O travamento de ambos é por parafuso, optei por botar parafuso allen, ao invés de uma alavanca ou botão manual, pois com a chave posso dar uma apertada firme, garantindo que tudo esteja firme. Estes sjustes primários posso dizer que copiei de fotos do Sinclair BR.

Na parte superior, o ajuste horizontal é feito por um carro móvel, baseado no sistema de uma mesa coordenada, comum em fresadoras e tornos. Nesta do rest eu fiz um esquema com molar para que não houvesse folgas, já que o sistema fica livre para se ajustar a qualquer momento. Uma coisa que pode ser melhorada nesse carro horizontal é o uso de um fuso com uma rosca mais fina, para consequentemente um ajuste mais fino. Sem problemas para enquadrar o alvo neste carro, mas um ajuste mais fino seria mais de acordo, penso eu.

O apoio do fuste é feito em 3 almofadas de areia independentes. A almofada inferior é do tipo “lombada” e tem um dos lados abertos caso se queira mudar o enchimento. As almofadas laterais são no mesmo estilo da inferior e se ajuste grosseiro é feito com o deslocamento das chapas que as prendem. O ajuste fino é feito por parafusos que empurram as almofadas em direção as laterais do fuste para o ajuste de folga mínima para o deslize da arma. Este sistema fiz com base em alguns rests SEB, muito bom, ficou bem pratico.

À frente do apoio se tem o fim de curso da coronha, usado para voltar o rifle a posição inicial de tiro, que muda devido ao recuo (no caso do rimfire).

Para nivelamento da almofada inferior e do conjunto todo, uso um bloco de largura 3” com uma bolha de nível.

Ainda não pesei este front rest, mas acredito que esteja com um pouco mais de 15,0 kg

BhM1HpL.jpg

c5anP8B.jpg

  • Like 3
  • Upvote 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ficou muito bom, Pata.

Faz ideia do custo total da mesma, somando material e mão de obra ?

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 minutos atrás, Jorge de Assis disse:

Ficou muito bom, Pata.

Faz ideia do custo total da mesma, somando material e mão de obra ?

Valeu Jorge!

Pra falar a verdade não tenho ideia, nem parei pra calcular isso. Comprei a chapa grossa da base e os parafusos e miudezas e o resto de materiais eu usei o que tinha aqui na oficina. A mão de obra foi minha, fui fazendo aos poucos nas horas que eu podia.

Eu atirava nela com uma coronha adaptada e a poucas semanas terminei essa coronha abaixo pra usar nessa estativa. Coronha com fuste 3", faces de contato paralelas e desnível entre apoio frontal e traseiro de ~5cm.

TFC7tDM.jpg

nTWoUAt.jpg

2TUBQ8g.jpg

UI7AV38.jpg

WbLizHU.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Mario Tulio disse:

Trabalho profissional!

Obrigado amigo👍

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns. Excelente trabalho. Coronha com encaixes perfeitos.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Doni700 disse:

Parabéns. Excelente trabalho. Coronha com encaixes perfeitos.

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No caso de rimfire, eu uso uma fita de teflon colada no fuste e parte traseira da coronha e essa fita deslisa sobre as almofadas em nylon cordura na estativa e rear rest/rear bag. Com isso consigo atirar grupos mais consistentes do que se a arma estivesse "travada" nos apoios. Atiro e o rifle deslisa poucos mm sobre os apoios e o teflon ajuda nisso. O deslisar da arma ajuda a "matar" um tanto da vibração provocada no rifle na hora do tiro.

 

Alguém sabe me dizer se isso também caberia ao tipo com PCP 5,5 mm? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Samuel, meus parabéns pela bela coronha !

Só agora vi a tua apresentação no forum: um coronheiro/armeiro terá muito a somar aqui no carabinas de ar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Jorge de Assis disse:

Samuel, meus parabéns pela bela coronha !

Só agora vi a tua apresentação no forum: um coronheiro/armeiro terá muito a somar aqui no carabinas de ar.

Agradeço Jorge! Já fiz um tanto de trabalhos com coronhas para rifles/carabinas de ferrolho, fabricando coronhas esportivas, de bancadas e as conhecidas "táticas" para tiros deitado com bipé. O que mais gosto é fazer os trabalhos com fins de desempenho (precisão), afinal não vale de muita coisa uma arma bonita que não atira bem hehehe. Já mexi um tanto com customização de rimfire para atirar benchrest, desde a fabricação da coronha como também ajuste e instalação de canos, melhorias e ajustes no ferrolho, ação e gatilho.

Agora estou com ideia de partir para o tiro benchrest pcp, vejo muitas vantagens de se atirar PCP em relação ao rimfire por aqui, principalmente a facilidade de se conseguir bons chumbos sem grande extress e se poder atirar em lugares mais variados que não sejam só em clube de tiro. Com PCP conseguirei atirar mais e aprimorar mais as técnicas de leitura de vento. Estou nas pesquisas para aprender mais sobre isso 😉

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns Pata, ambos ficaram excelentes, serviço de extrema qualidade!!

  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, Rodrigo Sanches disse:

Parabéns Pata, ambos ficaram excelentes, serviço de extrema qualidade!!

Valeu amigo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, TPERETTI666 disse:

Ficou muito bom mesmo, serviço de 1ª :cheers:

Obrigado amigo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

excelente servico, muito bom mesmo.
se põe um adesivo com um nome de marca pode vender de boa como os consagrados. hehehe

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Felipe Ghost Rider disse:

excelente servico, muito bom mesmo.
se põe um adesivo com um nome de marca pode vender de boa como os consagrados. hehehe

 

Hahahaha valeu! 

É que o tempo esta complicado, mas tenho um projeto para fazer uma nova estativa, essa com joystick.

 

 

Andei pesquisando sobre os rests com ajustes por joystick, especialmente os feitos pelo Sebastian “SEB”, que falam muito bem. Encontrei poucas imagens a respeito de detalhes, mas o suficiente para me elucidar quanto aos pontos de funcionamento da coisa.

                O front rest branco que fiz  ficou muito bom a meu ver, uma melhora considerável em relação a outros rests mais simples que fiz no passado. Este que estou usando me atende bem pelo tipo de tiro que estou fazendo, tiro em bancada. Porém, pela posição dos manípulos de ajuste, não seria um bom rest para tiros deitados.

                Este modelo com joystick pode servir bem tanto na bancada como em tiro deitado. Além de que, pela praticidade de ajuste, é muito mais rápido de mudar o POI em caso de se estar atirando em alvos de score ou quando se prende vários alvos na placa.

                Para este novo, procurei fazer uma coisa mais compacta, já que a principio será usado no RFBR.

                Uma outra coisa que procurei fazer é usar parafusos allen sem cabeça nas fixações aonde não se necessite ajustes frequentes, isso deixa uma aparência mais limpa no conjunto.

O rest tem medidas externas de 23 cm de largura X 28 cm de comprimento (medidas externas das arruelas de apoio). Altura máxima externa de 25 cm. Altura do piso até a almofada de apoio do fuste, ajustável entre 17 e 21 cm. Chapa base da almofada de apoio, chapas das almofadas de encosto laterais, bloco principal e a peça flutuante dentro do bloco, estes serão em alumínio. As demais peças serão em aço carbono.

eVQgVvW.jpg

 

CONJUNTO SUPERIOR

A almofada base (A) provavelmente será em Nylon Cordura + teflon, com enchimento de areia e com uma abertura para controlar o enchimento. Esta almofada fica assentada sobre a chapa base (B) e fixada à ela pelas bordas nas canaletas (C). A fixação das bordas se dar por parafusos allen sem cabeça (D) pela parte de baixo da chapa.

Os encostos laterais (E) são blocos maciços presos à chapa base. Nestes laterais o ajuste de fechamento primário é pelo seu deslizar, sendo travado por parafusos allen (F). O ajuste mais fino é dado pelos parafusos laterais (G), dois em cada encosto. As almofadas laterais (H) serão de algum tipo de manta revestido com Nylon Cordura + teflon. Estas almofadas terão apenas alguns de seus pontos colados ao bloco lateral, permitindo assim que se “estufem” À frente com a pressão dos parafusos laterais, dando assim o ajuste certo contra as laterais do fuste.

O conjunto superior todo fica assentado sobre um rolamento axial de esferas (I), de modo a permitir que a parte superior tenha um pequeno giro e se acomode à torção do fuste nas mudanças de windage. Embora a parte superior possa girar, ela deve se encontrar bem firme, sem “jogos”. De cada lado do rolamento, pinos (J) que funcionam como limitadores de giro da parte superior, pois não há necessidade do giro ser livre, apenas poucos graus.

O limitador de curso do fuste (L) é uma peça cilíndrica que se prende à haste (M) por um parafuso allen sem cabeça, isso da a possibilidade de ajuste de distancia. Na peça limitador, um anel “O” de borracha para que o fuste não bata direto contra o metal.

 

BLOCO CENTRAL

                As peças deste conjunto são montadas ao bloco principal (N). Dentro dessa peça principal, o bloco flutuante (O) no qual se encontram fixos à ele a rotula esférica traseira (P), as chapas de polímero do deslize (Q) e obviamente o conjunto superior. No bloco principal esta fixo a rotula esférica frontal (R), por aonde se passa o eixo de movimentação (S), ligando as duas rotulas, possibilitando assim a movimentação do conjunto superior. Neste eixo, de um lado a alavanca de manuseio (T) e do outro o contra peso (U), que pode ser ajustado sua posição para melhor desempenho. O ajuste de folgas é feito pelos parafusos allen sem cabeça (V), os quais pressionam os roletes (X) contra o bloco flutuante.

                Na parte interna, um conjunto de molas de tala (Z) darão uma certa rigidez de modo que o sistema não fique “solto”. Acredito que isso deixe o manusear com um certo peso, o que seria bom para ajustar o POI com mais precisão.

                A elevação primária se dá pelo giro do volante (A1), que levanta/abaixa o fuso (B1), fazendo o conjunto todo acima se movimentar justo pelas guias (C1). O travamento deste ajuste de da pelos parafusos (D1).

 

BASE

                Essa fabricada com uma chapa de aço carbono espessura ½”. Nela estão fixadas as guias do ajuste primário de elevação e os parafusos base de apoio (E1).

2HXFwn3.jpg

xcPK7EA.jpg

tAXSQvG.jpg

 

Considerações:

- Este sistema de giro da parte de cima, eu peguei a ideia de um rest chamado NOTA, projeto de um Finlandês. Este sistema ele desenvolveu especialmente para tiro de rimfire BR/ PCPC BR em alvo de score.

- Fiz meu sistema de elevação primário por fuso por ser mais simples de fabricar. Nas estativas SEB esse sistema é por pinhão e cremalheira, o que demanda uma usinagem que não consigo fazer em minha fresadora. Embora no sistema SEB o ajuste seja mais rápido, esse que fiz será ao final, quando travado, tão eficiente quanto o dele.

- A alavanca é encaixada com rosca e contra porca, permitindo assim ajustar sua curva tanto para atiradores destros como canhotos.

- O sistema de joystick pode ser virado ao contrario, caso se queira inverter o sentido de operação do eixo Y. Isso também é possível nos SEBs.

 

 

Bom... por enquanto o projeto só esta no papel.

  • Like 2
  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Felipe Ghost Rider disse:

muito bom, aceito ficar com o rest antigo quando voce terminar esse novo modelo ai. hauhauhahu

kkkkkk claro! Podemos conversar sobre isso 😄

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 13/05/2018 em 17:45, Pata do Sul disse:

Hahahaha valeu! 

É que o tempo esta complicado, mas tenho um projeto para fazer uma nova estativa, essa com joystick.

 

 

Andei pesquisando sobre os rests com ajustes por joystick, especialmente os feitos pelo Sebastian “SEB”, que falam muito bem. Encontrei poucas imagens a respeito de detalhes, mas o suficiente para me elucidar quanto aos pontos de funcionamento da coisa.

                O front rest branco que fiz  ficou muito bom a meu ver, uma melhora considerável em relação a outros rests mais simples que fiz no passado. Este que estou usando me atende bem pelo tipo de tiro que estou fazendo, tiro em bancada. Porém, pela posição dos manípulos de ajuste, não seria um bom rest para tiros deitados.

                Este modelo com joystick pode servir bem tanto na bancada como em tiro deitado. Além de que, pela praticidade de ajuste, é muito mais rápido de mudar o POI em caso de se estar atirando em alvos de score ou quando se prende vários alvos na placa.

                Para este novo, procurei fazer uma coisa mais compacta, já que a principio será usado no RFBR.

                Uma outra coisa que procurei fazer é usar parafusos allen sem cabeça nas fixações aonde não se necessite ajustes frequentes, isso deixa uma aparência mais limpa no conjunto.

O rest tem medidas externas de 23 cm de largura X 28 cm de comprimento (medidas externas das arruelas de apoio). Altura máxima externa de 25 cm. Altura do piso até a almofada de apoio do fuste, ajustável entre 17 e 21 cm. Chapa base da almofada de apoio, chapas das almofadas de encosto laterais, bloco principal e a peça flutuante dentro do bloco, estes serão em alumínio. As demais peças serão em aço carbono.

eVQgVvW.jpg

 

CONJUNTO SUPERIOR

A almofada base (A) provavelmente será em Nylon Cordura + teflon, com enchimento de areia e com uma abertura para controlar o enchimento. Esta almofada fica assentada sobre a chapa base (B) e fixada à ela pelas bordas nas canaletas (C). A fixação das bordas se dar por parafusos allen sem cabeça (D) pela parte de baixo da chapa.

Os encostos laterais (E) são blocos maciços presos à chapa base. Nestes laterais o ajuste de fechamento primário é pelo seu deslizar, sendo travado por parafusos allen (F). O ajuste mais fino é dado pelos parafusos laterais (G), dois em cada encosto. As almofadas laterais (H) serão de algum tipo de manta revestido com Nylon Cordura + teflon. Estas almofadas terão apenas alguns de seus pontos colados ao bloco lateral, permitindo assim que se “estufem” À frente com a pressão dos parafusos laterais, dando assim o ajuste certo contra as laterais do fuste.

O conjunto superior todo fica assentado sobre um rolamento axial de esferas (I), de modo a permitir que a parte superior tenha um pequeno giro e se acomode à torção do fuste nas mudanças de windage. Embora a parte superior possa girar, ela deve se encontrar bem firme, sem “jogos”. De cada lado do rolamento, pinos (J) que funcionam como limitadores de giro da parte superior, pois não há necessidade do giro ser livre, apenas poucos graus.

O limitador de curso do fuste (L) é uma peça cilíndrica que se prende à haste (M) por um parafuso allen sem cabeça, isso da a possibilidade de ajuste de distancia. Na peça limitador, um anel “O” de borracha para que o fuste não bata direto contra o metal.

 

BLOCO CENTRAL

                As peças deste conjunto são montadas ao bloco principal (N). Dentro dessa peça principal, o bloco flutuante (O) no qual se encontram fixos à ele a rotula esférica traseira (P), as chapas de polímero do deslize (Q) e obviamente o conjunto superior. No bloco principal esta fixo a rotula esférica frontal (R), por aonde se passa o eixo de movimentação (S), ligando as duas rotulas, possibilitando assim a movimentação do conjunto superior. Neste eixo, de um lado a alavanca de manuseio (T) e do outro o contra peso (U), que pode ser ajustado sua posição para melhor desempenho. O ajuste de folgas é feito pelos parafusos allen sem cabeça (V), os quais pressionam os roletes (X) contra o bloco flutuante.

                Na parte interna, um conjunto de molas de tala (Z) darão uma certa rigidez de modo que o sistema não fique “solto”. Acredito que isso deixe o manusear com um certo peso, o que seria bom para ajustar o POI com mais precisão.

                A elevação primária se dá pelo giro do volante (A1), que levanta/abaixa o fuso (B1), fazendo o conjunto todo acima se movimentar justo pelas guias (C1). O travamento deste ajuste de da pelos parafusos (D1).

 

BASE

                Essa fabricada com uma chapa de aço carbono espessura ½”. Nela estão fixadas as guias do ajuste primário de elevação e os parafusos base de apoio (E1).

2HXFwn3.jpg

xcPK7EA.jpg

tAXSQvG.jpg

 

Considerações:

- Este sistema de giro da parte de cima, eu peguei a ideia de um rest chamado NOTA, projeto de um Finlandês. Este sistema ele desenvolveu especialmente para tiro de rimfire BR/ PCPC BR em alvo de score.

- Fiz meu sistema de elevação primário por fuso por ser mais simples de fabricar. Nas estativas SEB esse sistema é por pinhão e cremalheira, o que demanda uma usinagem que não consigo fazer em minha fresadora. Embora no sistema SEB o ajuste seja mais rápido, esse que fiz será ao final, quando travado, tão eficiente quanto o dele.

- A alavanca é encaixada com rosca e contra porca, permitindo assim ajustar sua curva tanto para atiradores destros como canhotos.

- O sistema de joystick pode ser virado ao contrario, caso se queira inverter o sentido de operação do eixo Y. Isso também é possível nos SEBs.

 

 

Bom... por enquanto o projeto só esta no papel.

Parabéns pelo projeto e iniciativa. Atualmente o front rest NEO SEB é o melhor do mundo. Temos o nacional  X-red que é bom, mas o NEO SEB ainda se mostra imbatível. 

O seu projeto é interessante, de uma olhada no SEB 1.

o sistema do NOTA, não levou nota 10...hehhe

 

boa sorte na empreita

 

  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Edgard disse:

Parabéns pelo projeto e iniciativa. Atualmente o front rest NEO SEB é o melhor do mundo. Temos o nacional  X-red que é bom, mas o NEO SEB ainda se mostra imbatível. 

O seu projeto é interessante, de uma olhada no SEB 1.

o sistema do NOTA, não levou nota 10...hehhe

 

boa sorte na empreita

 

Opa! Gradeço pela dica amigo, vou dar uma pesquisada nesse NEO SEB.

SEB 1 seria aquele que tem uma alça tipo corda para carregar?

Esse NOTA achei interessante a ideia da parte de cima girar. Pensei em fazer algo assim, mas que caso não fique bom eu consigo travar ele.

 

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Pata do Sul disse:

Opa! Gradeço pela dica amigo, vou dar uma pesquisada nesse NEO SEB.

SEB 1 seria aquele que tem uma alça tipo corda para carregar?

Esse NOTA achei interessante a ideia da parte de cima girar. Pensei em fazer algo assim, mas que caso não fique bom eu consigo travar ele.

 

Valeu!

Isso, na verdade é uma trama de aço, já tive um.

o seb 1da pra girar o conjunto, mas é meio desnecessário viu.. o efeito de torção no rifle não é prejudicial nos rest coaxial.

  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa

Excelente trabalho.

Parabéns.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 minutos atrás, Aurélio disse:

Opa

Excelente trabalho.

Parabéns.

 

Valeu👍

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado (editado)

Excelente trabalho, tanto a estativa quanto a corona, essa coronha ate parece como pintura automotiva, simplesmente impecável!!!

 

 

Sempre e bom ter um profissional entre nos!!!

 

Grande abraço Francis 

Editado por francis frozi
  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Francis!

Coronhas desse tipo eu tiro da maquina, removo os pontos de fixação e ajeito com lixa e lixa ferro 80. Assim que a coronha estiver já no formato final, eu passo um pano molhado na madeira para arrepiar as farpas e após isso passo uma lixa 120 pela peça toda.

Prendo a coronha no suporte de pintura e aplico fundo poliuretano altos sólidos pela peça toda. Assim que o fundo estiver seco, eu faço um lixamento com 400 com um pouco de água pra embuchar a lixa. Lixo até ficar uma superfície lisa sem falhas ou arranhões.

Para a pintura eu uso tinta poliuretano pra dar uma boa cobertura, algumas demãos cruzadas não muito carregadas. Quando seca a pintura, faço um lixamento molhado com 1500 até remover todo o aspecto "casca de laranja". Lixando com cuidado para não furar a tinta (tomo cuidado também para no lixamento do fundo para não furar ele).

Após lixamento da pintura, aplico um verniz poliuretano. Novamente faço um lixamento molhado com 1500 até que a superfície esteja toda nivelada e fosqueada.

Por final eu faço um polimento com massa de polir para dar o brilho e remover riscos da lixa 1500.

 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×