Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Henrique Coelho

Aves do TOCANTINS !

Posts Recomendados

Recentemente eu a Rita demos seguimento a nossa labuta de procurar novas aves livres pra fotografar.
E desta vez fomos ao Estado do Tocantins, um lugar quente pra dedéu. Fomos na parte central em Palmas e também fomos a uma Estação de Pesquisa da Universidade Federal as margens do Rio Javaés junto a Ilha do Bananal.

Vimos alguns bichos bem legais. No total foram 23 espécies novas !

Pra começar vai aqui o Celeus obrieni ( Pica pau do Parnaíba ), absoluta estrela da viagem, um Pica Pau que não se via há quase 70 anos e que era até bem pouco tempo dado como extinto.
O Pica Pau do Parnaíba tem uma frágil situação e é criticamente ameaçado de extinção. Ele se alimenta de uma formiga pequenininha que faz ninho dentro do bambu. Mas não é qualquer bambu. É o bambu que dá em matas ciliares ( próximo a rios e lagoas ) e que que foi alvo de muito desmatamento ao longo dos anos.

37386735072_2f671fdef4_o.jpg

Ele leva uns 10 minutos pra abrir um furinho nos bambus que tenham os formigueiros dentro. Só aí consegue se alimentar.
Realmente foi uma alegria ver este bicho lá.

 


Outro Pica Pau bacana, o Piculus leucolaemus ( Pica pau de Garganta Branca )

37370452786_05555ab64a_b.jpg

 


O belo Pteroglossus aracari ( Araçari de Bico Branco ) perto de Palmas.

37160396480_134cd82b98_b.jpg

 


Um curioso encontro bem sossegado com uma ave que já me deu altos bailes aqui no sudeste mas lá estava bem calminho, o Corythopis lalalandi ( Estalador ) e o seu impagável canto "yo soy terribile" !

37160398250_2ef51aecd3_b.jpg

 

 

O formoso e colorido Pipra Fasciicauda ( Uirapuru Laranja ).

37160397420_da21149cd7_b.jpg

 

 

E olha só, em plena cidade de Palmas, junto a um parque na beira da lagoa... um casal de Ara ararauna ( Arara Canindé )

37417763781_c83962ec8e_b.jpg

 


E um inesperado encontro que pra mim valeu muito pois nunca tinha visto esta ave livre. Uma Rhynchotus rufenscens ( a popular Perdiz ! ), bicho muito, muito caçado, atravessando uma rua na cidade de Porto Nacional a milhão !

37370463146_09bd16474a_b.jpg
 

 

Uma beleza de vôo do Eurypygas helias ( Pavãozinho do Pará ) !

37370479376_f46704140d_b.jpg

 

 

Um sonolenta Nyctibius Grandis ( Mãe da Lua Gigante ) na sede da Estação de Pesquisa do Canguçu, em Pium.

36747061723_5e5741d2e2_b.jpg

 

 

Um bicho muito massa que vimos nas margens do Rio Javaés foi o Neochen Jubata ( Pato Corredor )

37370489426_b1bab35c78_b.jpg
 

 

E por fim fotos da "Carlota"...

Carlota é uma fêmea de Pionopsitta Caica, mais conhecida como Curica. Ela é uma ave que fazia parte de um casal que dormia junto a sede da Fazenda Ecológica, um lugar lindo para visitar próximo a Palmas. Acontece que o macho do casal foi predado por um macaco... E como se sabe, psitacídeos são monogâmicos e Carlota ficou só. Curioso é, que possivelmente com medo de ser predada também, Carlota passou a dormir por conta própria na varanda da casa da sede. Sem que ninguém pegasse, sem que ninguém pedisse... Talvez ali, no meio dos humanos ela se sentisse mais protegida do ataque dos macacos... Fato é que o pessoal da fazenda começou a alimentá-la e ela foi ficando e se acostumando com os seus novos protetores.

Hoje a situação é engraçadíssima. Carlota emite sons de Curica selvagem, emite gritos de alerta quando se assusta o que mostra a sua condição livre. Mas não arreda pé da sede. Mais precisamente da varanda, junto a mesinha do café.

De vez em quando, contam os funcionários, ela vai dormir lá na árvore onde ela costumava ficar com o seu par. Mas volta a dormir na varanda sempre que escuta o barulho dos primatas.

Nós almoçamos lá. E ela vem na mesa, fica pousada na cadeira, emite sons como um "BRRRRIIIIIIIIIIII" e um som que parece dizer "hockenheim". Será que ela gosta de corrida de carro???
É um doce de bicho. Ao chegar perto dela ela abaixa a cabeça e eriça as penas da nuca para ganhar um afago. Aceita bem o carinho de homens, vai no ombro de um e de outro mas não curte muito as mulheres humanas. hahaha.

Os funcionários avisam para tomar cuidado com a cerveja... ela curte dar umas bicadas.

37418971631_44283ba9bb_b.jpg

37418972181_72bb3ee765_b.jpg



   

Editado por Henrique Coelho
  • Like 2
  • Thanks 2
  • Upvote 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ah, Henrique, sempre com seu texto e fotos de qualidade...precisa mais de que?

Cruzeta em tudo.

PS: já fui " frequentador " do Rio Javaés, braço menor do magnífico Araguaia, justamente a partir de Pium, em épocas remotas...

Métil Villas Boas

Editado por MATTHEW QUIGLEY
  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cumpadi Henrique Coelho , o Cumpadi Métil traduziu e sintetizou a nossa admiração , parabéns seu trabalho é magnífico . Ressalte-se o padrão da plumagem do Pavãozinho do Pará . Cruzeta .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado.

O Pavãozinho é massa, né?!

A gente fica torcendo pra ele voar porque se ele fica parado não dá pra ver este padrão das asas.

Métil, você precisa ver como o Javaés está baixo nesta seca... Imagina uns bons 2m a 2,5m mais baixo. Tem um monte de lugar que você passa no barquinho e dá pra ver o fundo. rasinho que só.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show de bola Henrique.
Cruzeta certa.

Como sempre fotos lindas e compartilhando o conhecimento e beleza de suas "andanças".

Forte abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Show de bola Henrique.

Cruzeta certa.

 

Como sempre fotos lindas e compartilhando o conhecimento e beleza de suas "andanças".

 

Forte abraço.

Valeu Raufemann

Simplesmente espetacular, [mention=113]Henrique Coelho[/mention] sempre nos presenteando com suas belas imagens.

Eduardo Macedo.

Valeu Edu

Esse ano ainda tem mais duas. No outro final de semana vamos mais uma vez ao Intervales no sul do Estado de SP.

E no início de novembro encerramos o ano na Amazônia. Vamos passar por Manaus, Novo Airão, Iranduba e, eventualmente, Presidente Figueiredo.

Estou com 759 espécies... Rita ainda não fechou os números dela desta última viagem mas ela já deve estar com um número parecido. Será que nas duas viagens conseguimos chegar nas 800 espécies? Who knows. :whistle:

 

 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

























Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear

Carabinasdear



×