Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Diogo M

Só esse mês no Paraná 2 crianças mortas por acidente com Carabinas de ar

Recommended Posts

Estou bastante preocupado!

 

Com a popularização do esporte e apesar do elevado custo das armas de ar em nosso País, qualquer IMBECÍL, ESTUPIDO E IGNORANTE (desculpem os termos, mas estou tão indignado que não consigo encontrar outros adjetivos para definir tais pessoas.) consegue parcelar em 12x uma carabina magnum e achar que é o atirador sniper fodão.

 

Só esse mês aqui no PR morreram 2 crianças em circustâncias banais.

 

Um garotinho de 6 anos foi atingido no peito quando o Tio (atirador fodão) atirava em um ponto na porta de casa, o garoto foi ver o que estava acontecendo e quando abriu a porta levou o tiro que atingiu o coração. Isso foi em Ampére, interior do Paraná.

 

Dia 24 morreu uma menina de 10 anos, qdo o pai (armeiro sniper fodão) limpava uma carabina carregada. A arma estava sobre a mesa e acabou disparando, atingindo o peito da menina que teve o pulmão perfurado.

 

Fico pensando...como é possível as pessoas serem tão inconsequêntes? PQP, fazer umas merdas dessas na presença de crianças? Será que é desinformação, excesso de confiança ou falta de ter onde atirar?

 

Puxa! Tenho 2 filhas, jamais eu pego numa arma quando elas estão em casa. Só atiro no quintal quando elas saem com a mãe e ainda prendo o cachorro pra não correr nenhum risco.

 

Estou profundamente triste pela morte dessas crianças e de outras, que pagam caro pelas merdas feitas pelos adultos, que deveriam ser as pessoas à cuidar e protegê-las, isso sem mencionar a marginalização do esporte.

 

Será que é muito difícil criar uma campanha não governamental de educação aos atiradores e orientação para prevenção de acidentes? Sei lá, de repente gravar um vídeo e espalhar por facebook, whatsapp, youtube, etc...Alguém tem uma idéia?

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vi as notícias também e fiquei bem chateado. Infelizmente isso acaba tendo repercussão no esporte, ainda mais porque a mídia expõe a notícia de uma forma que mostra que foi a arma quem matou, e não o manézão irresponsável fazendo cagadas.

 

Sobre a campanha eu acredito que não seja muito difícil e me proponho a ajudar, imagino que quem leve o esporte a sério sabe dos risco e toma os devidos cuidados, mas reforçar a segurança nunca é demais. Porém os manés que cometem esses atos jamais irão ler e se informar sobre a segurança. A única coisa que eles querem é tirar foto com a carabina na mão usando óculos escuro e postar no facebook.

 

Enfim, vamos continuar a praticar com segurança e também orientando quem está começando para que esse tipo de acidente não aconteça.

 

Abraços!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou bastante preocupado!

 

Com a popularização do esporte e apesar do elevado custo das armas de ar em nosso País, qualquer IMBECÍL, ESTUPIDO E IGNORANTE (desculpem os termos, mas estou tão indignado que não consigo encontrar outros adjetivos para definir tais pessoas.) consegue parcelar em 12x uma carabina magnum e achar que é o atirador sniper fodão.

 

Só esse mês aqui no PR morreram 2 crianças em circustâncias banais.

 

 

Esse é o problema, qualquer um compra. não deveria ser assim.... tem um tópico parecido onde eu discuto esse fato... Sou cético em relação a campanha, brasileiro não tem educação, não consegue se conscientizar com campanha.

 

Brasileiro em geral (não todos, claro) precisam ser educados por força de lei, multas e penalidades senão não vai...(vide lei seca)

 

Fazer o que?

 

Vc disse que espera suas filhas sair, eu faço um pouco diferente chamo meu filho (11 anos) para atirar comigo, colocamos óculos, preparamos os alvos, nos posicionamos (prendemos o cachorro também, rsrsrsrs) e atiramos, fazemos todo um ritual.

Com isso creio que estou fazendo três coisas: tirando a curiosidade inerente das crianças pelas armas, educando o para o respeito as regras de segurança e risco das armas e em terceiro tendo um tempo de pai e filho juntos.

 

Educação meu amigo, essa é a palavra,

 

Abraços!

Edited by NFilho
  • Upvote 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Esse é o problema, qualquer um compra. não deveria ser assim.... tem um tópico parecido onde eu discuto esse fato... Sou cético em relação a campanha, brasileiro não tem educação, não consegue se conscientizar com campanha.

 

Brasileiro em geral (não todos, claro) precisam ser educados por força de lei, multas e penalidades senão não vai...(vide lei seca)

 

Fazer o que?

 

Vc disse que espera suas filhas sair, eu faço um pouco diferente chamo meu filho (11 anos) para atirar comigo, colocamos óculos, preparamos os alvos, nos posicionamos (prendemos o cachorro também, rsrsrsrs) e atiramos, fazemos todo um ritual.

Com isso creio que estou fazendo três coisas: tirando a curiosidade inerente das crianças pelas armas, educando o para o respeito as regras de segurança e risco das armas e em terceiro tendo um tempo de pai e filho juntos.

 

Educação meu amigo, essa é a palavra,

 

Abraços!

 

Concordo, deveria ter algum controle, mesmo que minimo sobre quem pode comprar armas de pressao, talvez exigir algum curso em clube de tiro, ou algo assim, se até hoje vemos pessoas bebendo e dirigindo, mesmo com tanta campanha, não será diferente com armas de ar comprimido.

 

Em tempo, acredito que uma campanha poderia e ajudaria a reduzir e conscientizar parte das pessoas sobre o manuseio correto e procedimentos de segurança com este tipo de arma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema é que esses imbecis, estúpidos e ignorantes (concordo plenamente) não são adeptos do esporte tiro de pressão, são (acrescentando) uns idiotas que compram uma carabina e se acham os tais, e aí vem a perseguição da mídia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vi as notícias também e fiquei bem chateado. Infelizmente isso acaba tendo repercussão no esporte, ainda mais porque a mídia expõe a notícia de uma forma que mostra que foi a arma quem matou, e não o manézão irresponsável fazendo cagadas.

 

Sobre a campanha eu acredito que não seja muito difícil e me proponho a ajudar, imagino que quem leve o esporte a sério sabe dos risco e toma os devidos cuidados, mas reforçar a segurança nunca é demais. Porém os manés que cometem esses atos jamais irão ler e se informar sobre a segurança. A única coisa que eles querem é tirar foto com a carabina na mão usando óculos escuro e postar no facebook.

 

Enfim, vamos continuar a praticar com segurança e também orientando quem está começando para que esse tipo de acidente não aconteça.

 

Abraços!

 

É bem poraí mesmo...cada um fazendo sua parte já é um começo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Esse é o problema, qualquer um compra. não deveria ser assim.... tem um tópico parecido onde eu discuto esse fato... Sou cético em relação a campanha, brasileiro não tem educação, não consegue se conscientizar com campanha.

 

Brasileiro em geral (não todos, claro) precisam ser educados por força de lei, multas e penalidades senão não vai...(vide lei seca)

 

Fazer o que?

 

Vc disse que espera suas filhas sair, eu faço um pouco diferente chamo meu filho (11 anos) para atirar comigo, colocamos óculos, preparamos os alvos, nos posicionamos (prendemos o cachorro também, rsrsrsrs) e atiramos, fazemos todo um ritual.

Com isso creio que estou fazendo três coisas: tirando a curiosidade inerente das crianças pelas armas, educando o para o respeito as regras de segurança e risco das armas e em terceiro tendo um tempo de pai e filho juntos.

 

Educação meu amigo, essa é a palavra,

 

Abraços!

Muito legal essa atitude de chamar seu filho, eu ainda não atiro com minhas filhas pois são mto novas, uma tem 2 e a outra 4 anos, mas eu cresci assim, meu pai sempre teve arma de fogo, mais de uma inclusive, com 10 anos eu já atirava com munição de treino, meu pai me ensinou todos os fundamentos e procedimentos de segurança, não era clube de tiro mas era um local apropriado. Foi por esse motivo que nunca mexi e sempre soube do perigo. Quando eu tinha 14 anos meu viajava e me dizia que eu só poderia usar a arma em uma única situação, se alguém tentasse entrar dentro de casa, não no quintal, dentro de casa mesmo, mas só poderia atirar em alguém depois de dar um tiro de advertencia no teto, se tivesse alguém no quintal era pra discar 190 e deixar o cara levar o que quisesse.

 

Eu acredito que esse tipo de cultura é que deveria ser disseminada, aliás, a maior arma que temos é o conhecimento, principalmente quando se trata de armas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Concordo, deveria ter algum controle, mesmo que minimo sobre quem pode comprar armas de pressao, talvez exigir algum curso em clube de tiro, ou algo assim, se até hoje vemos pessoas bebendo e dirigindo, mesmo com tanta campanha, não será diferente com armas de ar comprimido.

 

Em tempo, acredito que uma campanha poderia e ajudaria a reduzir e conscientizar parte das pessoas sobre o manuseio correto e procedimentos de segurança com este tipo de arma.

 

Quem sabe então um movimento para que a compra da arma numa loja esteja condicionada à um treinamento e orientações básicas de segurança, fazer o cara assistir um video chocante com acidentes envolvendo armas de pressão, assim como fazem nas auto escolas.

 

O que seria preciso será? Um abaixo assinado? Enviar e-mails aos Bolsonaro? Qual seria a forma efetiva de colocar isso em prática? Essa pergunta eu direciono principalmente aos advogados membros do fórum.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O brasileiro tem sérios problemas em seguir regras, normas e leis. Faz questão de fazer o contrário p se auto afirmar. Merece ser estudado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema é que esses imbecis, estúpidos e ignorantes (concordo plenamente) não são adeptos do esporte tiro de pressão, são (acrescentando) uns idiotas que compram uma carabina e se acham os tais, e aí vem a perseguição da mídia.

Tamo junto! Isso sem falar dos videos de caça e demais atrocidades de quais o youtube está repleto. Quero deixar bem claro que não sou contra e nem adepto à caça, só que além de ser contra a lei não precisa postar no youtube...isso só piora a situação e acaba refletindo ainda sobre outros movimentos como o VIVA BRASIL, pois é nesse tipo de conteúdo que os políticos a favor do desarmamento se apegam.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O brasileiro tem sérios problemas em seguir regras, normas e leis. Faz questão de fazer o contrário p se auto afirmar. Merece ser estudado.

É verdade, mas existem também as pessoas dom bem, bom caráter, boa índole, embora sejamos minoria.

 

Basta ver a atual situação política do país, já nem chamo mais de crise, pra mim é um verdadeiro CAOS. Que ainda não foi acusado, vai ser, poucos são realmente honestos (honesto em todos os sentidos não só referente ao roubo de dinheiro publico). Não quero desvirtuar o assunto, só estou comentando isso pra mostrar que independente da classe social, a ''malandragem'' está no sangue do Brasileiro, na maioria com ctz, creio eu.

 

Acredito que por mais ineficaz que seja uma ''campanha'' mesmo que feita pelas lojas no ato da compra, o cara tem que saber: ESSA PORRA MATA! NÃO É BRINQUEDO! CUIDADO SEU ANIMAL! NÃO VAI FAZER MERDA COM ESSA PORRA SENÃO VAI SE FODER!!! Se isso salvar a vida de apenas 1 criança, já vai valer a pena.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola meus amigos

 

ESSA PORRA MATA..Infelismente uma terrível constatação.O maior problema é a total falta de informação de como lidar

com armas,e falta de conhecimento de normas de segurança,E o pior e que quando menos se esperar os desarmentistas

de plantão vão começar a agir.Acho que essa PORRA,só deveria ser vendida,para alguém que tivesse passado por um

curso de tiro.Muitos vão achar que estou exagerando,porem o mínimo que se aprende em um bom curso, é total conhecimento

de normas de segurança.Uma coisa é ver em um local de tiro o comportamento de que já fez um curso,e do franco atirador que

foi na loja comprou uma nitro qualquer coisa,e quer demonstrar suas artes.Se essa porra mata,então tem que ser tratada com

um diferencial.Falo sempre no clube,foi se o tempo das (espingardinhas de chumbinho) ( assim que eram chamadas) hoje a realidade

é outra devemos encarar com tal.Sou um dos caras chatos com relação ao comportamento de certas pessoas no nosso meio,mas

graças a Deus,tambem sou respeitado,por só aplico em cima de quem não tem postura de atirador.

 

 

abraço Borracha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li certa vez de uma pesquisa nos EUA, acho que foi na revista Magnum, que tiro ao alvo era um dos esportes mais seguros.

Mais seguro que futebol e fazer piqueniques!!!

Mas nos EUA a percentagem de idiotas na população deve ser bem menor que a brasileira.

E para diminuir a idiotização (inventei a palavra?) só com educação básica muito melhor... coisa que nossos políticos não querem!!!

Então capaz de aparecerem projetos de lei proibindo nossas armas!!!

INFERNO!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cabeça de porongo , indiferente de lei ou restrição, tem gente estupida p tudo falta de informação o torna com mais potencial de estupidez todo bam bam é otário, certas pessoas se superam em ser imprudentes. Pessoas de cabeça fraca nao poderiam ou não deveriam prejudicar seus próximos.

Não apontar arma p lado de casa ou pessoas não precisa de lei nenhuma passa de básico,e uma coisa tem de errado não sei se é só em nosso país ,mos o indivíduo correto não pode ser posto no mesmo balaio.Cada pessoa é responsável por seus atos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo com tudo, infelizmente.

 

Refletindo hj sobre a situação, acredito que seja ainda pior do que parece. Só não temos mais casos de acidentes graves por sorte, e sorte é um fator que não deve ser considerado quando se trata de segurança.

 

Com tantos ''Franco Atiradores'' como disse o Borracha, espalhados poraí, muita merda ainda vai acontecer...lastimável.

 

Vou continuar fazendo a minha parte e torcer pra que a sorte continue ao lado dos ignorantes.


Cabeça de porongo , indiferente de lei ou restrição, tem gente estupida p tudo falta de informação o torna com mais potencial de estupidez todo bam bam é otário, certas pessoas se superam em ser imprudentes. Pessoas de cabeça fraca nao poderiam ou não deveriam prejudicar seus próximos.
Não apontar arma p lado de casa ou pessoas não precisa de lei nenhuma passa de básico,e uma coisa tem de errado não sei se é só em nosso país ,mos o indivíduo correto não pode ser posto no mesmo balaio.Cada pessoa é responsável por seus atos.

 

Antes que alguém se ofenda, tenho ctz de que há muita gente boa em nosso meio.

 

Saliento que em momento algum me referi a nós atiradores, que buscamos informações e nos preocupamos com a segurança, me refiro apenas aos malucos que vemos por aí, seja na coluna policial ou no youtube.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Me desculpem colegas a expressão cabeça de porongo por mim utilizada,é muito usada p dizer cabeça fazia em minha região .Nao tive a intenção, jamais de ofender ou direcionar pra algum Post ou pessoas e nem mesmo aos envolvidos dos casos citados pois desconheço o fatos em sua total realidade.Me referia A negligência na essência,ao descuido motivo de nossa discussão .E talvez em algum dos casos seja fatalidade do acaso.

Reitero minhas desculpas não tive a intenção de forma alguma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade é melhor deixar tudo isso quieto, campanha, emails para o Bolsonaro ou qualquer coisa do gênero, penso que é muito melhor não levantar a lebre nesse momento... vivemos num país de pseudo pacificadores que são contra tudo que representa "perigo" e é politicamente correto, (para eles) e o correto é ninguém (cidadão de bem) ter arma, balestra, arco e flecha, seja com lei, com conhecimento ou não.

 

Essa massa de manobra da mídia comunoesquerdopata não quer que nós tenhamos nada, nem um revolver de brinquedo da Estrela para presentear seu filho.

 

No entanto os fdps não falam uma linha, uma frase sobre o dever do Estado de desarmar a marginalidade.

Querem ver uma coisa bem interessante ?? Comecem a prestar a atenção nos noticiários não se fala de desarmar marginais...É como se os marginais pudessem andar armados por estarem no seu direito de marginais, o único que fala algo a respeito é o Datena, fora ele ninguém mais, dos outros Estados do Brasil eu não sei, mas o resto da mídia preocupa se com armas nas mãos dos cidadãos apenas.

 

Então até que venha um Estatuto do Desarmamento que reveja pontos mais adequados na lei geral, é melhor não jogar água quente porque ai se corre o risco de emitirem uma portaria mal estudada, mal elaborada dificultando até a compra de armas de pressão também, isso não pode porque tem umas 4 ou 5 carabinas que eu ainda quero comprar, rsrsrsrsrsrs.

 

A lei, o controle a educação deve vir sim, mas tem que ser bem elaborada para ajudar o cidadão e não atrapalhar.

 

Se quer fazer algo positivo que conscientize; quando vc ver alguém fazendo estúpido no Youtube, c... no fdp. Com certeza não fará efeito sobre ele, mas poderá despertar outros que estão assistindo.

 

Cordiais abraços a todos!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Minha opinião: ....aqueles que como eu, postam vídeo de tiro na internet, devem, além de divulgar o nosso esporte, seja ele o tiro ao papel, o plinking ( como é o meu caso), ou outra modalidade de tiro, mencionar que arma de pressão NÃO É BRINQUEDO, e portanto deve ser manuseada com muita responsabilidade...atitudes assim, simples, podem mudar muita coisa....afinal vídeo no Youtube é um meio de comunicação muito eficaz, no meu modo de pensar.

 

Educação é uma coisa que se recebe de berço, coisa que nossos pais ensinam e nós aprendemos, sou do tempo em que se podia ter uma arma de fogo, sem frescura, meu falecido pai me ensinou a respeitar, e a manusear com segurança, e nunca tivemos nenhum acidente ( tempos bons aqueles), e detalhe, eu era criança....

 

Enquanto existir esse preconceito, em relação as armas, tanto de fogo quanto de pressão, esse tipo de coisa fatalmente vai acontecer.

 

Tudo se resume a uma coisa chamada "Bom Senso".....

 

Infelizmente "Idiotas existem em todo lugar"

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

rapaz eu tenho uma filha de 12 anos,e ela adora atirar comigo,sempre tomando os devidos cuidados.

como o nosso amigo mensionou acima,acho importantissimo quem faz videos e o posta na net,mencionar q isso nao e uma brincadeira,isso e serio,pode matar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que restrições não são o melhor caminho só dificultam a vida do cidadão de bem, um exemplo são as armas de fogo, que mesmo com restrições não houve diminuição da violencia.

 

Quando um idiota quer fazer algo errado ele faz até com um estilingue, quando se fala em restrições parece que estamos transferindo a culpa para as armas, precisamos é de leis mais rígidas e que sejam cumpridas.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dizer o que de um sujeito que atira na porta de casa e outro que manuseia arma carregada?
Eu tenho um filho de 12 anos, desde os 8 ele sabe atirar a manusear as armas, desde cedo o ensinei à ele como utilizar e os riscos, não despertou nele aquela curiosidade do proibido.
Ele tem acesso à todas as armas em casa e nunca precisei me preocupar.
Na verdade esses acidentes foram provocados por adultos, as crianças foram vitimas...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acho que restrições não são o melhor caminho só dificultam a vida do cidadão de bem, um exemplo são as armas de fogo, que mesmo com restrições não houve diminuição da violencia.

Compartilho da opinião. Ficar criando restrições só vai prejudicar o bolo inteiro por causa de problemas de problemas da cereja. Não adianta acreditar que uma restrição pequena, como fazer um curso por exemplo, para aí. Logo se acha algo mais e aprofunda-se as dificuldades de acesso, vide armas de fogo. Primeiro cria-se uma restrição, agora a restrição é o lugar comum, o razoável. Logo querem uma lei mais "razoável" e cria-se nova restrição, que torna-se o normal até alguém ser assaltado a mão armada e outra restrição se criar pra criar leis mais "sensatas", mais "razoáveis", mais "senso comum".

 

Reduzir o problema é bem simples. Pra comprar uma arma de ar não precisa-se da nota fiscal? Simplesmente mande uma cartilha com regras básicas de segurança a se seguir. Evita que ignorantes peguem uma arma e vão atirar contra a porta de casa por falta de conhecimento ou falta de cabeça mesmo. Não precisa proibir alguém de transportar uma criança pequena dentro de um carro porque uma criança foi esquecida lá dentro e morreu desidratada.

Edited by aniceto

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 12/11/2016 em 21:04, aniceto disse:

Simplesmente mande uma cartilha com regras básicas de segurança a se seguir.

Quando comprei minha HT-80 o manual de instruções veio com essas informações básicas de segurança. Agora a minha pergunta: quantas pessoas lêem manual de instruções?

Pelos comentários aqui do post, eu tenho certeza que muitos daqui não ficaram apenas no manual de instruções básico, mas por conta própria, foram em busca de mais informações em outras fontes.

Eu tenho uma visão pessimista de que uma pessoa com falta de educação e falta de instrução vai ignorar as normas básicas de segurança mesmo se o fabricante enviar um técnico à sua residência e fizer toda a demostração do que fazer e do que não fazer.

Como muito bem se comentou anteriormente, falta educação e instrução nas pessoas. Até que as pessoas estejam vazias disso vamos continuar a ver essas fatalidades totalmente banais. Essa é a solução a ser aplicada. O que eu não consigo visualizar é como fazer as pessoas, que não se interessam em ler um mísero manual de instruções, terem interesse em evoluir a ponto de pensar: "O mínimo que eu posso fazer é ler isso aqui que veio com a minha arma."

Saudações.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...

compressor-pcp-cilindros-scuba-220v-auto-stop-ajustavel-4500psi-300bar-30mpa-01.jpg