Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada
Tiago Rodrigues Soares

O que tem de errado com bloco de polímero ?????

Posts Recomendados

Boa tarde amigos do Carabinas de ar ?

Procurei no fórum sobre o assunto é parece está meio pobre as informações sobre esse assunto, por exemplo, fica a dúvida para os Masters do fórum responder.

O que tem de errado com Carabinas de bloco de polímero ?

Principalmente as gamos ?

Alguém teve algum problema com a shadow ?

Socom TATICAL?

Big cat ???

Alguém do fórum poderia me esclarecer se eu comprar uma SOCOM TATICAL se eu estarei fazendo uma má compra???

Ou uma big cat ???

Uma dessas GAMO com bloco em polímero bem tunadas tem bem mais precisa q uma b19 ???

Compensa pagar 3 vezes o valor da b19 numa SOCOM TATICAL ???? Desde já agradeço aos comentários dos amigos no fórum.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos lá. A questão é a qualidade e resistência do polímero. Há polímeros que são tão resistentes quanto metal ... outros nem tanto ... outros ainda estão longe disso. O receio é de que com o tempo e uso comece a haver desalinhamentos e tal, o que num bloco poderá resultar em chumbos com saias amassadas, vazamentos de ar ... ou seja ... perda de precisão e potência. Isso procede? Sinceramente não sei dizer com certeza.

 

Já li e ouvi muitas reclamações quanto à precisão das Gamo após a adoção abundante de polímero nas armas da marca ... mas tb já li e ouvi elogios e opiniões de que nada mudou muito. Desconheço a existência de testes comparativos sérios e confiáveis.

 

Problemas ... duvido que haja alguma marca ou modelo que já não tenha apresentado problema. Tudo vai depender da sorte na hora da compra (pode ser que vc seja "premiado" com uma peça com problema) e, principalmente, do uso por parte do atirador (mais propenso a causar problemas nas armas do que o processo fabril).

 

Quanto a qual modelo vale mais a pena ... bem, vale o velho conselho ... compre o melhor que puder naquele momento.

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tiago, vou responder parte das suas perguntas, o problema do polimero é que ele passa para a maioria dos atiradores a impressão de ser muito mais frágil que o metal, eu mesmo tenho preferencia por bloco de metal mais comprei uma big cat e nunca tive problema.

 

Acredito que só apresente problema por mal uso, como deixar o cano escapar na hora de engatilhar arma mais carabina nenhuma foi fita pra isso.

 

Com relação a socom não posso falar pois não conheço mais se é para pagar três vezes mais em uma gamo buscando precisão eu compraria a cfx ou cfr.

 

 

Abraço

  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado amigos pela ajuda,a dúvida é só pelo quesito polímero no bloco, e se compensa pagar todo esse valor em uma SOCOM TATICAl.

Outra coisa, duvido muito q as gamos cano basculante tenha bem mais precisão q uma b19, o problema é.....

Já tive 4 b19, e todas apresentou problemas no uso de luneta devido fechamento do cano, aí pensei se as gamos não resolveria esse problema, tem também as cometas.

Mas quando de trata de cano basculante e uso de luneta, aí fica osso, tem aquela coisa do cano nunca fechar igual,ai muitos dizem,compra uma cano fixo ??? Aí Simplesmente respondo, Carabina cano fixo não me agrada, já tive, não gostei, até qeria uma CFX 4.5, mas o preço elevado também não me agradou,mas estou aguardando opiniões.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas a CFX 4.5 polimero tava pelo preco equivalente a da gamo socom la na dispropil.

Editado por Ybc lu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Thiago.

Com relação ao bloco de polimero os colegas acima ja esclareceram.....Agora quanto a precisão e percebi que você pretende usar luneta na carabina te aconselho a comprar uma cano fixo realmente, embora voce não tenha gostado de carabina cano fixo você sempre terá um melhor resultado com elas em relação as de cano basculante, pelo fato do cano sempre estar na mesma posição, eu tenho a CFX e eu não troco por nada, nada mesmo!! Tenho também a b19 e confesso que também tive problemas com ela ao usar com lunetas, mas consegui resolver trocando o oring do cano por um de borracha e também fiz a substituição das arruelas de plastico que vão no bloco do cano por arruelas de metal, assim conseguindo um aperto mais justo no cano e minimizando muito o problema que ela tinha....eu particularmente não investiria muito em uma carabina com bloco do cano de polímero no máximo uma bigcat....resumindo, eu iria de 1 opção a CFX e 2 opção cometa..agora para tiros sem luneta a B19 tem um excepcional custo/beneficio.....abraço, espero ter ajudado!

Editado por Rodrigo Sanches
  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ajudando,

1 - Bloco polímero, conversei com muitos atiradores, nem ume disse: eu tive uma de polímero e deu problema, mas vários me disseram: eu tenho de polímero e nunca tive problema, e meio que enterro de anão, todos dizem que existe mas ninguém viu um. Moral da história, comprei uma Gamo Hunter 440 com bloco de polímero e gatilho metal, estou super feliz. Cuido, uso molibdênio na junção de basculamento, etc. Resolvi pagar pra ver,

 

2 - troco uma Gamo por uma b19, sim eu troquei e trocaria novamente, mas pela Hunter 440 que e a mãe da b19, usa mesmo gatilho, mesmo pistão, mesmo gr ou mola que a b19, deixando assim sua manutenção fácil e barata, e um conjunto de.miraelhor que a b19 e raiamento de cano melhor, a b19 consegui depois de tunada um agrupamento excelente, porém com a Gamo co segui este mesmo agrupamento sem tunala, após tunar, melhorou ainda mais.

 

3 - problema com luneta nas b19, sim, existe, porém fácil de resolver, atrás do oring do cano existe uma.arruelinha, algumas em.metal outras em.plastico, retire está arruelinha e troque o oring por um de teflon ou borracha e o problema está resolvido. Excelentes grupos com luneta.

 

Cano fixo ou basculante, eu prefiro o basculante, questao de gosto, e se aparece alguma competição o basculante participa o fixo não.

 

Enviado de meu MotoG3 usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O bloco é polimero mesmo ou de matal REVESTIDO de polimero? Pergunto porque nenhum bloco de polimero por mais resistente que seja conseguiria por exemplo engatilhar uma carabina com 50kg de GasRam.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O bloco é polimero mesmo ou de matal REVESTIDO de polimero? Pergunto porque nenhum bloco de polimero por mais resistente que seja conseguiria por exemplo engatilhar uma carabina com 50kg de GasRam.

Na Jade Mais aparenta se plástico maciço mesmo, sem aço dentro.

 

Enviado de meu XT1069 usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na Jade Mais aparenta se plástico maciço mesmo, sem aço dentro.

 

 

Se realmente for assim como ela aguenta engatilhar uma mola ou GR de 40kg? Se desmontarmos uma carabina e tentarmos empurrar uma mola pela alavanca é muito duro, tem que fazer muita força; como pode a parte da carabina que mais exerce força ser de plastico?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

gallery_3861_151_61029.jpg

gallery_3861_151_35114.jpg

 

gallery_3861_142_241162.png

gallery_3861_142_53567.jpg

 

Complementado para esclarecer o objetivo das fotos:

 

Certamente os colegas Jipeiros ou quem já teve a necessidade de "macaquear" um veículo usando o milenar sistema de alavanca (bracatinga) e ponto de apoio (pedra) sabe que:

 

- a pedra (ponto de apoio) pode afundar ou esmigalhar

- a bracatinga tronco (alavanca) pode se partir, geralmente no ponto onde se apoia.

Editado por Alberto José
  • Upvote 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho uma socom ( ganhei em rifa) também b19 e algumas cano fixo. A facilidade das cano de quebrar é indiscutível e a maior precisão das cano fixo idem. Se pretende tirar o máximo de precisão vá de cano fixo. Agora o valor da socom não compensa ao meu ver iria de big cat que tem mesma mecânica sem o fru fru. Agora comparando gamo e cbc iria de gamo sem medo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

gallery_3861_151_61029.jpg

gallery_3861_151_35114.jpg

 

gallery_3861_142_241162.png

gallery_3861_142_53567.jpg

 

 

 

Conheço o principio da alavanca... mas o fato dela facilitar levantamento do peso não significa que o objeto a ser levantado ficou mais leve. Se voce levantar um peso com uma tabua e ela nao aguentar, vai quebrar justamente no ponto de maior tensao que é justamente no apoio.

Existe alguma forma de tirar uma foto de dentro do lugar que passa o pino da alavanca de armar pra verificar se o plastico naquela região cobre o aço ou se é plastico puro?

Editado por Pedro Martins

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

onJbNCU.jpg

 

Tem como tirar o pino e deixar sem alavanca e tirar uma foto de dentro do buraco de modo que mostre os veios do sulco por onde o pino da alavanca de armar passa?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara essa foto é de um review que achei em outro fórum.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola Amigos

 

A teoria nem sempre anda junto com a pratica.Ja tenho visto no clube algumas carabinas que

circulam no dia a dia do clube,que possuem bloco de polímero,com problemas de folga.Como quase tudo

que se produz hoje de um modo geral deve ter tempo útil de vida curta,não aconselho ninguém comprar armas

com bloco de polímero.O arroz e feijão antigo antigo(bloco de aço)tem durabilidade infinita quando bem cuidado.

 

abraço Borracha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gamo Big Cat 1200 quebrou devido ao corte máquina zero... (cabelinho)

 

 

 

Opa Complementando a informação, segue relato do dono da carabina. "Fui municiar, tenho hábito de segurar o cano dobrado e ela disparou e a alavanca quebrou o suporte no cano, acho que se não estivesse segurando pancada tinha sido forte, podia até entortar o cano" Abs

 

http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php/topic/13247-e-o-polimero-o/?hl=pol%EDmero

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só divulgando as fotos, sem detalhes sobre a mecânica do acidente.

 

Pelas propriedades do arquivo das fotos:

- tiradas com uma máquina Panasonic DMC-TZ7 em 18/03/2012

 

gallery_3861_142_575498.jpg

 

gallery_3861_142_645046.jpg

 

gallery_3861_142_276629.jpg

 

gallery_3861_142_251859.jpg

 

gallery_3861_142_242621.jpg

 

gallery_3861_142_514626.jpg

 

Encontrei a fonte

 

http://www.airgunforum.co.uk/forums/showthread.php/126427-New-Gamo-is-dead

 

Shooting my Gamo IGT this morning when cocking the barrel to load it came off in me hand mad.gif
I will be getting onto Gamo 1st thing tomorrow!!!!
I can't get over how thin the barrel is!

 

Jesus! thats just from cocking it??? eek.gif

 

Yep, just cocked it and I 'guess' the barrel bent under the pressure and the plastic cracked as a result!

 

...

 

That's not good. Perhaps there was a fault in the casting.

Had it long?

 

Just over two weeks frown.gif bearly fired 100 shots.

I think the barrel wasn't heat treated correctly, steel is way too soft.

 

Pelo visto nas fotos, no ato de bascular o cano entortou e abriu o bloco. Deve ser o famoso cano bull ... Bullshit ! :lolu:

 

gallery_3861_142_60520.jpg

 

A outra descrita no Tópico E o polímero, ó...

 

http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php/topic/13247-e-o-polimero-o/?hl=pol%EDmero

 

Quebrou a parte do bloco que contém o pino eixo da biela devido ao disparo acidental

 

"Fui municiar, tenho hábito de segurar o cano dobrado e ela disparou e a alavanca quebrou o suporte no cano, acho que se não estivesse segurando pancada tinha sido forte, podia até entortar o cano"

 

gallery_3861_142_95125.jpg

Editado por Alberto José
  • Upvote 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara vou falar da minha experiência pessoal técnica com metalurgia, usinagem e composites plásticos ou polímeros e também ex funcionário de uma fabrica de molas alemã que acompanhava o processo metalúrgico material do aço, desde seu começo até o produto final, onde tive a oportunidade de observar algumas coisas.

 

Polímero nestas carabina é somente para baixar custos e isso não ajuda na qualidade a não ser que o projeto exija redução térmica,(Glock) atrito ou leveza ou resistência a água e oxidação (partes não vitais fuzis de assalto ). Não é o caso das carabina de pressão da Gamo e nenhuma outra.

 

Bem a grosso modo, porque não sou engenheiro de materiais; Todo plástico é um polímero, mas nem todo polímero é um plástico ( foguetes e misseis balísticos são de polmeros minerais) Existem composites minerais estruturais para fim de reforço leve, mas não são plásticos e não tem a resistência de ligas metálicas, são composites minerais apenas para um determinado seguimento de alta tecnologia...Pelo que sei das carabinas de pressão não são e não requerem alta tecnologia de materiais de milhões de dolares...

 

Nos polímeros plásticos um dos componentes do composite é o elastômero (com ele se faz borrachas) quanto maior quantidade mais flexibilidade ao plástico. O plástico polímero é mais resistente ao atrito que o aço, porém perde o elastômero com o tempo juntamente com sua capacidade de flexibilidade, trinca e quebra.

 

Eu não tenho, não tive carabina de pressão com polímero, não compro, opinião pessoal...O aço nos dias atuais é insubstituível qdo se requer resistência, qualidade e o projeto não peça outro material...

Trabalhei numa fabrica de molas alemã, havia projetos (isso a 25-30 anos atrás) de se fazer molas de plástico, até hoje não conseguiram...Tem gente que gosta de plástico, acha bonito, não vê mal algum, mas cada um é cada um.

Uma coisa eu tenho certeza; daqui a 1000 anos existirão armas em museus feitas de aço e os tanques de aço da 2 GM também estarão lá, agora se existirão peças de polímero fabricadas atualmente, nunca saberemos mas podemos pelo menos supor.

Editado por NJFilho
  • Upvote 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essas armas tem uma mola absurda de forte...sai quase um palmo pra fora...dá medo mexer sem um bom compressor de mola...se escapar o acidente é muito serio. Na minha uma Gamo Rocket 1250 USA...tive muita sorte o guia de mola bate longe...hoje tá com gás ram de 60 kilos...indicado era um de 75 kilos...com 60 já estoura a barreira do som.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As fotos que o companheiro Alberto Jose postou falam por si só!!! Não tem como querer comparar o aço com o polímero, acredito que mais cedo ou mais tarde terá problemas as carabinas com o bloco do cano em polímero.abraços!

Editado por Rodrigo Sanches

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Confirmado... essas m***** são de plastico mesmo.

 

Imagine o perigo que uma pessoa corre ao instalar um GR pesado numa peça dessas? Quebrou é acidente na certa. Estava quase tentado a comprar uma Jade, mas DESISTI.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por que as carabinas mais caras não fazem um bloco de plástico? Em quais carabinas concentram-se estes blocos? Eu não compraria uma, mas falo por mim sem querer depreciar o produto e respeitando quem compra. Apenas entendo que não há tecnologia material ali comparável aos polímeros usados em outras armas, estas por sua vez em partes que não exigem nem sacrifico. O que existe mesmo é redução de custos e uma carabina com uma vida útil questionável e até perigoso. Um bloco em aço é para sempre se devidamente cuidado. Não dá para comparar o processo fabril de uma Glock com uma carabina que custa R$600,00. Além de serem produtos distintos, uma é mero plástico, a outra o aplica em áreas que não exigem sacrifício mecânico e tem um real objetivo por traz usando de fato muita tecnologia embarcada no material e que não é de longe, redução de custos. A Taurus 809 é outro exemplo.

 

NJfilho, concordo em tudo.

 

O bom e velho bloco em aço:

 

480f8a1ab749ad83b25413a8d8cd4d90.jpg

Gamo Hunter 440 STS 1998

Editado por Celso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×