Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Erick

Membros
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1
  • País

    Brasil

Erick venceu a última vez em Março 26

Erick had the most liked content!

Reputação

2 Neutro

Sobre Erick

  • Rank
    Novato

Informações do Perfil

  • Sua Localidade
    Guarulhos - SP

Últimos Visitantes

127 visualizações
  1. Erick

    Suporte para tampinhas de pet

    O meu suporte é mais simples: prendo a borda das tampinhas em cabeças de prego em L cravadas num caibro.
  2. Tiros a 20 metros são muito difíceis com a maioria das pistolas, a não ser que você tenha uma Diana P5 Magnum ou outra da mesma categoria. Afinal, até as provas olímpicas com pistolas de ar são disputadas a 10 metros. O macete que eu uso é usar 1 cm de alvo para cada dois metros de distância (para carabina, a cada 5 metros). Um treino bem legal é pintar um círculo usando o furo de um CD como gabarito (que tem 15 mm de diâmetro, pouca coisa maior do que a zona 10 de um alvo padrão) e atirar a apenas 3 (três) metros. Verá que não é tão fácil quanto parece. A vantagem é poder treinar até mesmo dentro de um cômodo fechado, desde que se tenha um anteparo adequado.
  3. Tudo é um grande "depende". Preço, estado de conservação e uso que se pretende fazer da arma. Estou na terceira Tiger. As duas primeiras eu recebi em doação. A terceira eu comprei. A primeira estava bem ruim. Canibalizei algumas peças para ter sobressalentes para a outra. É a melhor forma de se obter pelas de reposição para ela, já que não é difícil achar armas em mau estado para canibalização de peças. Com a segunda, atirei bastante. Era da segunda versão (empunhadura em plástico fosco, miras reguláveis na horizontal e vertical, massa de mira em plástico). Acabei rifando-a para comprar uma Webley Tempest. Mas bateu saudade e fui atrás de outra. Há pouco tempo, adquiri uma da primeira versão, com massa de mira em alumínio, cabo em plástico brilhante (mais quebradiço) e alça de mira do tipo "flip", rebatível, com duas posições fixas. Veio na caixa original. Esta é até mais dura de armar do que a anterior: no cronógrafo atingiu velocidades que oscilam de 95 m/s (chumbinho Gamo Round Premium, o mais pesado de que disponho) a 123 m/s, usando o H&N Excite Plinking (o mais leve). O gatilho é realmente pesado. Na segunda que possuí, medi sua força de tração, encontrando 5,3 kg. Mas vejo esse defeito como qualidade, pois é uma excelente forma de se exercitar o dedo indicador. Vista dessa forma - como um instrumento de exercício - é uma excelente escolha. Em anexo: foto da segunda Tiger que tive, sobre um coldre próprio para ela. Apesar da falta de indicação de fabricante, suponho ter sido produzido pela Olsen do Paraná, pois, na mesma loja, adquiri uma capa de carabina com o mesmo tipo de material e acabamento, porém, com a etiqueta da Olsen. A tampa do coldre possui um compartimento para chumbinhos. Uma modificação que fiz nesse segundo exemplar foi alterar o encaixe da parte inferior do guarda-mato, de modo que a cabeça do parafuso não machucasse o dedo médio. Um colega de outro fórum - do qual, lamentavelmente, não me recordo do nome - escaneou o manual de instruções original, que estava em mau estado (com mofo, rasgos e dobras). Aproveitei um período de convalescença para passar o tempo no editor de imagens. Compartilho aqui o manual original, depois de devidamente "limpo".
  4. Bom, a 135 XRD vem de fábrica com red dot... Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  5. O coldre tem um compartimento para chumbinhos na tampa. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  6. A propósito, se alguém tiver interesse, ainda tenho um coldre (possivelmente da Olsen) para a pistola Tiger. Embora ele não tenha nenhuma etiqueta indicativa de marca, comprei na mesma loja uma capa de carabina com a etiqueta da Olsen, fabricada no mesmo material e com o mesmo acabamento. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  7. A Urko Tiger da foto identificada como "Luxo", na verdade, é o modelo standard customizado. A coronha de madeira não é de série. O que a Urko chamava de " Luxo" tinha as partes metálicas cromadas. Mas a coronha era a mesma, de plástico. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  8. Erick

    Coletor de Chumbo

    Fiz alguns pesos de exercício com os chumbinhos atirados. Cortei o topo de uma lata de desodorante vazia, enchi de chumbinhos disparados e os derreti com o maçarico. Deu um peso de 2,5kg. O exercício consiste em segurá-lo por 2 minutos com o braço esticado na horizontal. Melhora muito o resultado com tiro de pistola. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  9. Erick

    Coletor de Chumbo

    Fiz alguns pesos de exercício com os chumbinhos atirados. Cortei o topo de uma lata de desodorante vazia, enchi de chumbinhos disparados e os derreti com o maçarico. Deu um peso de 2,5kg. O exercício consiste em segurá-lo por 2 minutos com o braço esticado na horizontal. Melhora muito o resultado com tiro de pistola. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  10. Erick

    Coletor de Chumbo

    Fiz alguns pesos de exercício com os chumbinhos atirados. Cortei o topo de uma lata de desodorante vazia, enchi de chumbinhos disparados e os derreti com o maçarico. Deu um peso de 2,5kg. O exercício consiste em segurá-lo por 2 minutos com o braço esticado na horizontal. Melhora muito o resultado com tiro de pistola. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  11. Erick

    Qual o seu alvo favorito para tiro informal?

    Sempre tenho na tralha de tiro um CD velho e uma caneta. O furo do CD serve de gabarito para desenhar uma "mosca" em qualquer pedaço de papelão. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  12. Erick

    Qual o seu alvo favorito para tiro informal?

    Sempre tenho na tralha de tiro um CD velho e uma caneta. O furo do CD serve de gabarito para desenhar uma "mosca" em qualquer pedaço de papelão. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  13. Erick

    Qual o seu alvo favorito para tiro informal?

    Para carabina, tampas de garrafas plásticas. Para pistola, trouxe do serviço um monte de caixinhas de RADEX (quem tem menos de 30 anos não faz ideia do que seja). São práticas porque param em pé apoiadas pela tampa. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  14. Erick

    Qual o seu alvo favorito para tiro informal?

    Para carabina, tampas de garrafas plásticas. Para pistola, trouxe do serviço um monte de caixinhas de RADEX (quem tem menos de 30 anos não faz ideia do que seja). São práticas porque param em pé apoiadas pela tampa. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
  15. Erick

    Alvo PIN TARGET

    Estou pensando em fazer um "bell target", muito popular na Inglaterra no começo do século passado. A " mosca" era um furo de 3/8" num alvo circular de aço. Atrás desse furo havia uma campainha de bicicleta, que soava quando atingida. Enviado de meu MS45S usando Tapatalk
×