Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Pincipi

Membros
  • Total de itens

    118
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    15
  • País

    Brasil

Pincipi venceu a última vez em Julho 1

Pincipi had the most liked content!

Reputação

76 Excelente

1 Seguidor

Sobre Pincipi

  • Rank
    Atirador Avançado

Informações do Perfil

  • Sua Localidade
    São Paulo/SP

Últimos Visitantes

235 visualizações
  1. Pincipi

    Review EXCLUSIVO - Rossi Premium R8

    Numa das primeira fotografias do post o tambor parece estar invertido ou encaixado ao contrário: Depois aparece normal: Ficou a curiosidade se o atirador pode vacilar e inverter a posição do tambor e o que acontece quando inverte.
  2. Para aquelas situações de ficar transportando junto com a arma a nota fiscal original, dá para gerar uma segunda via mesmo com a chave de acesso parcialmente ilegível ou apagada adivinhando parte dos números: https://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/1317637-sem-desespero-com-a-chave-de-acesso-danfe-parcialmente-apagada-ou-ilegível/
  3. Como comprei com o objetivo de peça de decoração, acredito que uma empresa séria não vai aceitar fazer o teste hidrostático de um cilindro fabricado em 2009, (que fará seu aniversário de 19 anos daqui a três meses) ou então nem vai passar no teste. De qualquer forma, está nos meus planos levar num lugar que faça o teste assim que tiver uma chance, estou curioso para saber o que vão falar. O "submundo" do CO2 eu já conheço, empresa séria, com nota fiscal, não recarrega e não faz teste hidrostático em cilindros velhos, simplesmente condenam, já nas empresas que não tem placa na porta e nem fornecem nota fiscal, a recarga é feita sem problemas, até lhe deixam acompanhar o processo.
  4. Pincipi

    compressor pcp com alta tributação Brasileira.

    Fiquei interessado nos detalhes de todo o processo da compra, isso se puder divulgar: 1- qual foi o site/anuncio? 2- qual foi o canal de comunicação da receita? Pessoalmente, por telefone ou web com cadastro em algum sistema. 3- alguém lhe avisou da oportunidade de recusar a mercadoria? Neste caso ela volta para o vendedor e o valor do novo frete de envio é bem menor do que o valor da multa.
  5. Sim, tenho interesse em ver a resposta, também sou cliente deles e é bom saber como estão lidando com as adversidades.
  6. Apelo comercial do compressor elétrico: Chega de sofrer ou perder tempo em bombadas! Tem propagandas que vem bem a calhar.
  7. O assunto de "suporte de peças" não é ligado exclusivamente a uma única empresa, é geral, todos os fabricantes e revendedores que atuam em nosso país (nesta área de armas de pressão) ficam devendo de alguma forma na hora de cumprir o código de defesa do consumidor no sentido do fornecimento de peças mas, poucas delas conseguem inovar e oferecer um produto de melhor qualidade com um custo reduzido. Não estou querendo defender a CO2 Brasil, pelo contrário, acredito que se eles continuarem a oferecer customizações e conseguirem também atender mais este grande anseio de nós compradores (suporte pós venda), as coisas só vão melhorar para ambas as partes, quanto mais contentes ficamos, mais dinheiro sai de nossos bolsos e entra na conta deles. Tenho algumas sugestões para a empresa: coloquem esta equipe de customização para trabalhar nos casos individuais dos clientes, mesmo que não comercializem ferrolhos, procurem pensar em soluções práticas, por exemplo; 1- elaborar orçamento para mandar fazer um, mesmo que seja caro demais, não deixa de dar a devida atenção ao cliente, ele compra se quiser, a solução foi apresentada; 2- encontrar na internet alguém que tenha um para vender (em algum lugar do mundo), afinal de contas customização é a grosso modo quase a mesma coisa que gambiarra; 3- propor a recompra da carabina com o ferrolho quebrado, as outras peças boas podem atender a demanda de outros clientes e depois de alguns anos as sobras não comercializadas podem ser vendidas no estado, colecionadores amam isso. No final, um cliente contente com o atendimento e solução, sempre volta a comprar na mesma loja, não se aventura mais em outras lojas que lhe deixam na mão. Deixar de lucrar na venda de 10 carabinas e lucrar em 90 é melhor do que lucrar só com algumas e ficar com má reputação na praça Um detalhe do site da fiora, o www.fiora.com.br, dá uma revenda de carros e imóveis: . O certo é fiora esportes: Por fim, olhei agora no site (14:50hs de 12JUL18) e tem o ferrolho lá para venda: Será que não tinha antes e agora tem? Ou será que é outro ferrolho, de outro calibre? Acorda ai, Sandra Aparecida! Está perdendo vendas!
  8. Pincipi

    Air Arms Alfa Pistol vazando ar, minha primeira PCP.

    Teste de pressão; guardei ela com 200 BAR e depois de 60 dias parada, deu apenas um disparo e fez o característico barulho de vazar ar no fim de pressão. Está resolvido, não segura pressão, vou trocar o outro anel da peça que parece uma válvula reguladora.
  9. Por enquanto está assim: Removi a torneira, prendendo ela num torno e girando o cilindro. Depois de usar uma escova de dentes com massa de polir, o metal ficou com uma boa aparência: Muito parecida com uma torneira nova, na parte do manômetro eu tive problemas em acertar a vedação, maiores detalhes em: A torneira desmontada com maiores detalhes ficou em: Resolvido o problema da vedação (fita veda-rosca), passei para a parte prática, tentei encher com uma bomba manual: Cheguei nos 200 BAR e pude notar uma certa dilatação no aço do cilindro, ainda falta definir como vou fazer a pintura mas, definitivamente e sem sombras de dúvidas, acredito que a sucata de cilindro não tem condições de ser usada normalmente na sua função de armazenar ar comprimido. As normas técnicas que regulam o assunto não existem à toa, o risco de explosão com sérias consequências é muito grande, comparável a situação de utilização de uma aeronave, enquanto está com a manutenção em dia, a maioria das pessoas não sentem medo de voar nela, entretanto, compre uma "baratinha" em um leilão por um décimo do valor de mercado de outra nova e coloque ela para voar, pode ser que até consiga se divertir algumas vezes mas, fatalmente alguma falha na estrutura vai provocar sua queda e o fim da brincadeira. Conclusão, o barato pode sair caro, se fosse só ver a explosão da cilindro sem maiores consequências até que pode ser divertido, o problema são as lesões corporais decorrentes ou até mesmo a própria vida. Eu imagino que o público adquirente deste tipo de mercadoria devem ser pessoas que utilizarão o cilindro com peça decorativa, ou então, simplesmente vão reciclar o aço ou, realmente são curiosos sem noção (como eu). É isso, minha mão também coça, os R$ 150,00 não pagam nem a torneira.
  10. Pelo que eu entendi, o verdadeiro objetivo é o porte de arma rural e de tabela a substituição do estatuto do desarmamento por uma nova lei, na prática é a mesma lei sem o termo desarmamento. Lá em "ver tramitação" tem o arquivo em PDF: DOC-Projeto.pdf
  11. Pincipi

    Bomba com umidade

    Eu não conseguia entender porque abrir a bomba, enfim, abri minha bomba hoje e saiu bastante água: Será que tem outra forma de tirar a água sem abrir a bomba? Ela tem três meses de uso e pouco mais de dez mil bombadas, seu filtro estava sem o elemento filtrante e também cheio de água. Maiores detalhes da bomba em:
  12. Continuando agora na parte do tubo, como não sei bem por onde começar, encaixei a chave na porca do meio, peça 10 e travei as manoplas com os pés, ao girar, desrosqueou a peça 4. Tentei bolar um esquema de soltar a peça 10, segurando o tubo com a mão eu não consegui, optei por um alicate de pressão em cima da parte aonde tem a rosca, porque em outra parte poderia amassar o tubo, como não tinha um pedaço de borracha, usei um pano mesmo: Obtendo êxito em soltar a rosca, decidi primeiro desrrosquear a peça 4: Então deu para ver a peça 7 que sai fácil, liberando a peça 34, que nada mais é que um pedaço de prego: Soltei os parafusos 1, liberando a peça 4, a bolinha de borracha 5 só saiu quando soprei no furo, ela saiu saltitando pela casa, quase perdi: Continuando com a descoberta da desmontagem, soltei a peça 10, justamente porque o tubo 8 não sai, tem uma trava no fim do curso da bombada que prende a peça 10, com ela solta, o tubo 8 sai: Os dois lados da rosca do tubo são iguais, parece que não tem problema em inverter os lados da montagem, só para manter o original, rosqueei a peça 4 no tubo 8 como referência. É muito difícil fotografar o interior do tubo, o qual tem um forte cheiro de borracha e na inspeção visual deu para notar que está perfeito, espelhado, estilo caleidoscópio, sem risco algum, exceto uma leve marca de trilha coincidente com os cavados da peça 18, talvez seja esta a peça que faz o barulho de arranhado. Depois de limpa: Não consegui encaixar a chave na peça 18, se tentar pelo lado do metal ela não entra, só entra pelo lado dos anéis de borracha: O problema é que não encaixa mas, depois de usar uma pequena lima na chave: Encaixou perfeitamente, então travei a peça 29 e desrrosqueei: Nesta hora senti a falta de uma segunda chave de bomba, descobri que este tubo não tem rosca, as peças das pontas só encaixam, quando consegui soltar, tive uma nova surpresa: Saiu muita água, parece que aqui é o reservatório de água da bomba, deu a impressão de que ela deve ser refrigerada a água igual motores de carros. Parece que ficou complicado demais, será que vou conseguir remontar? Localizei a rosca que prende o sistema: A rosca é no pivô central, peça 24, ela está colada na peça 29: Até aqui tudo perfeito e sem sinal de desgaste. Outro detalhe: E também a peça 35: É esta coisinha que é chamada de pistão de 3 estágios, brincando de vai e vem descobri que é exatamente aqui a fonte do barulho de raspar. Creio que não preciso avançar mais que isto, considero minha curiosidade parcialmente satisfeita, prossegui na remontagem seguindo a ordem inversa, com o detalhe de que coloquei o elemento filtrante no filtro: Terminado o serviço, continuou a funcionar normalmente porém, desta vez está fazendo um barulho de raspar mais forte, é provável que eu deveria ter utilizado graxa de silicone e não apenas óleo de silicone.
  13. Resolvi desmontar para tentar observar melhor, como não achei material ensinando na internet, montei meu esquema pessoal numa primeira etapa: 1- remover o manômetro, considero a parte mais frágil e achei melhor separar ele em primeiro lugar, pude observar que estava quase solto, foi fácil desrrosquear usando a chave. 2- remover a mangueira. 3- separar o bloco da bomba. Tudo fácil, apoiado no chão e usando a chave dela: Numa segunda etapa, tenho separado a mangueira o bloco e a bomba, inspecionando o bloco, ou melhor, a peça de número 13 conforme o diagrama: Nos quatro furos estava tudo perfeito: a) selo do manômetro, peça 12. b) selo da mangueira, peça 14. c) selo do tubo, peça 11. d) selo do respiro, que não consta no diagrama: Este selo é diferente da peça 12 e da peça 14 que são achatados: A diferença é que tem uma saliência que deve ser para encaixar na ponta da válvula: Depois de passar panos limpos e limpar tudo, parecia não haver nenhum problema, exceto na rosca da válvula: Quando soprei no buraco do tubo, saiu meleca de óleo e água para todos os lados, pensei em formas de limpar o interior, com compressor de ar, limpador de cachimbo, ar do cilindro e até mesmo disparos sem munição. Terminada a fase do bloco, fui para a mangueira, segurei a parte azul do filtro e com a chave desrrosqueei, foi fácil, se soltou com pouca força: A surpresa é que no seu interior não havia o elemento filtrante, só tinha água: Com o detalhe do anel de borracha parcialmente rasgado. Minha esperança era mostrar como fica o material de filtragem depois de dez mil bombadas, que decepção, não verifiquei quando comprei ela nova. A próxima parte eu continuo daqui a pouco, quando tem muita foto o post trava.
  14. Obrigado, estou aprendendo e compartilhando. Este último reparo não deu muito certo, ainda está vazando um pouco de ar, ou para ser mais exato água e óleo perto dos 130 BAR, só depois quando coloquei detergente ficou claro as bolinhas de ar. Vou dormir enquanto penso em outra solução, por enquanto só me vem à mente usar fita veda rosca. Colocando o tampão, bombeando e esperando, o tempo passa sem que o ponteiro se mova, o ar só vaza no pico da pressão da bomba.
  15. O teste hidrostático dele é de 05/2011, acredito que já esteja vencido. Estou bolando uma forma de ter um anteparo de proteção para o caso do pior acontecer, pois estou usando apenas protetores auriculares e um óculos de plástico, se a mangueira explodir eu não fico surdo ou cego mas, se for o cilindro...
×