Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Felipe27

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

  • País

    Brasil

Reputação

0 Neutro

Sobre Felipe27

  • Rank
    Novato

Informações do Perfil

  • Sua Localidade
    Santa Cruz do Sul / RS

Últimos Visitantes

79 visualizações
  1. Atualizando: Devido à dificuldade de transporte da carabina (por não possuir mais a nota fiscal da mesma) para levá-la até Joinville -SC, acabei por deixá-la com um senhor aqui da minha cidade mesmo que entre outras funções, arrumava carabinas. Após desmontá-la e lubrificá-la (inclusive removendo os pinos do cano que encontravam-se com problema), a carabina voltou a funcionar normalmente. Não foi necessário a troca de nenhuma peça. Era apenas falta de lubrificação devido ao longo tempo sem manutenção. Agradeço à ajuda do pessoal aqui do fórum, em especial do amigo @Igor Velame, que por sinal possui uma linda coleção de CBCs! Um abraço e bons tiros à todos!
  2. Bom dia amigo, Através da ajuda do Igor, consegui entrar em contato com o Ademar da Dematek Airguns (Joinville - SC) e vou enviá-la para que ele faça uma revisão geral e já arrume o problema. Mas, segundo ele, a solução trata-se de remover os pinos das travas, retirando as travas e analisando o estado de conservação das molas. Realizar uma limpeza, lubrificar e recolocar tudo no lugar. Assim que a carabina estiver 100% volto a postar. Agradeço a ajuda de todos. Bons treinos!
  3. Olá, boa tarde amigo! 

    Me add... aí no Wathsap e se possível, me manda um vídeo, mostrando o problema dessa carabina para assim tentar de ajudar!

    (73) 9 98274848 - Igor

    vlw, abraço.

  4. Olá amigo, ainda estou com o problema. Na verdade tentei mexer uma ou duas vezes e o pino que segura a trava parece estar emperrado. Tentei remover com um prego e um martelo e não tive sucesso. Levei em duas lojas aqui da minha cidade que comercializam carabinas e ambas falaram que não tem como arrumar por se tratar de uma carabina antiga. Caso tenha uma solução e puder ajudar, eu agradeço! Abraço
  5. Obrigado pelas dicas! Realmente o problema trata-se das travas bilaterais que seguram o cano... Como é feita a retirada das travas para analisar a condição das molas? Tentei remover mas não consegui. Há algum ajuste de tensão que possa ser feito na mola para ela voltar a atuar? Espero eu que consiga resolver este problema... sei que é raro encontrar peças para esta carabina. Vou continuar na luta! Abraço.
  6. Boa tarde pessoal, sou novo aqui no fórum, e novo também no mundo das carabinas. Desde pequeno atirava com carabinas de pressão, mas por muita influência de meu pai, que era um atirador nato. Nunca tive muito gosto. Porém após crescer, servir ao exército e morar algum tempo nos Estados Unidos, voltei a sentir votande de atirar! Como sabemos de toda burocracia e leis que o país possui para atirar com armas de fogo, o que me restou foi pegar gosto pelas carabinas de ar! Por sorte, encontrei a antiga carabina do meu pai, e resolvi dar uma manutenção nela. Nesse meio tempo entre criança e adulto, com muito pouca frequência eu utilizava a carabina, porém nunca me interessei por limpá-la ou conservá-la. Agora que resolvi cuidar melhor, notei que ela está apresentando um problema. PROBLEMA: Após desmontar a coronha, limpar todo o corpo dela utilizando um óleo específico para armamento que encontrei nas coisas do meu pai, e um pouco de WD-40 na mola, quando montei novamente, notei que ela não está parando fechada. Quando não engatilhada, qualquer movimento que fizer, até mesmo pegar a carabina da mesa, faz com q ela abra no primeiro estágio. A mola está intacta, ela engatilha e atira normalmente, porém cada vez que um disparo é dado ela abre, liberando a pressão do tiro por fora e nao tendo força para empurrar o chumbinho até o final do cano. Sei que o modelo trata-se de uma rara espingarda, muito antiga, e por isso, estou tomando todo cuidado possível para manter essa relíquia do meu pai, pois possui valor sentimental para mim. Ela realmente está muito bem conservada. Espero que me ajudem a resolver este problema. Segue algumas fotos dela: < Abertura em primeiro estágio que está ocorrendo durante o tiro.
×