Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

TPERETTI666

Moderadores
  • Total de itens

    1.167
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    24
  • País

    Brasil

TPERETTI666 venceu a última vez em Agosto 2

TPERETTI666 had the most liked content!

Reputação

316 Master Gold

Sobre TPERETTI666

  • Rank
    Atirador Veterano
  • Data de Nascimento 12-06-1986
  • Age 31

Informações do Perfil

  • Sexo
    Male
  • Sua Localidade
    Videira - SC
  • Interesses
    Aprender porque não ocupa espaço.<br />
    Ajudar sempre que possível.
  • Age 31

Últimos Visitantes

915 visualizações
  1. Cuidado, elas viciam... Depois de devidamente dominadas as outras nunca mais serão a mesma coisa. Sempre fica aquela sensação de "podia ser um pouco mais potente..." Nunca se tem suficientes, sempre se arruma espaço pra mais uma.
  2. teria que confirmar mas suspeito que o pistão da Elite dá certo com o teu GR
  3. Caldwell TACKDRIVER - Um breve review.

    Acredito que sim, manuseando percebe-se que está mais leve mas ainda firme. Falta só testar como ficou na prática.
  4. Rear Bag CALDWELL UNIVERSAL - Um breve Review

    Já atualizei o outro tópico, lá dá pra ter idéia de como ficou... http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php?/topic/13564-caldwell-tackdriver-um-breve-review/
  5. Caldwell TACKDRIVER - Um breve review.

    Tópico atualizado!!
  6. Na minha é assim desde o começo, acredito ser por causa do GR que tem sempre a mesma compressão, diferente da mola helicoidal que é mais macia no começo e vai ficando mais dura conforme vai comprimindo... Só fazer como o Antônio Claudemir ou o Sanches falaram e tudo certo, eu faço exatamente como o Sanches falou e não tenho problemas.
  7. Rear Bag CALDWELL UNIVERSAL - Um breve Review

    Não tem como ver por dentro porque a única abertura é por onde a gente enche, é uma frestinha de 2 dedos mais ou menos... Mas comparando um com o outro o que tem mais jeito de couro natural mesmo é o Universal. Quanto ao peso, acredito que amanhã eu consigo atualizar o tópico do TackDriver e no correr da semana eu consigo testar pra ver se vai dar diferença. Eu acredito que não dê porque a densidade ficou +/- a mesma, só ficou mais leve.
  8. Rear Bag CALDWELL UNIVERSAL - Um breve Review

    Boa tarde Srs Assim como fiz com o Tackdriver trago hoje aos Srs um review básico desse que é tão importante quanto o Front Rest (ou Bag), o Rear Bag. Esse foi adquirido com o nosso amigo Bubbas, o qual indico sem medo de errar, podem negociar sem medo!! O Bag tem uma forma retangular e vem dentro de uma caixa (o TackDriver também, mas o vendedor que eu comprei o meu não mandou não sei porque...) com algumas informações a respeito do produto. Frente Verso Lateral 1 Lateral 2 Essas informações na caixa dizem respeito ao procedimento de encher o bag, que tipo de mídia usar pra encher e algumas características do produto dentro da caixa, assim que eu tiver um tempinho a mais eu traduzo e coloco aqui do lado das fotos Esse aí é o modelo "Universal", e como podemos ver na caixa é o menor deles (1º linha a esquerda no verso da caixa). Existe os modelos "Medium" (mesma linha, a direita) que era o que eu queria a princípio mas como não achamos versão Unfilled (que vem vazio) acabei pegando esse mesmo. Ele é feito de uma espécie de lona e couro, assim como o TackDriver, a diferença é que o couro dele tem cara de couro mesmo e não de Nappa como no Tackdriver... No fundo dele ao invés de couro é um Nobuck, na caixa diz que é pra não deslizar na mesa. As dimensões dele são: Frente - 12cm Lateral - 18cm Altura total - 14cm / Altura entre as "orelhas" - 9cm Fundo dele com o material diferenciado A escolha desse modelo em específico deu-se ao fato (fora a disponibilidade) de que por ele ser menor eu posso "calçar" ele com alguma coisa embaixo, tipo um livro por exemplo, caso precise de altura a mais, coisa que não poderia fazer caso fosse muito alto. Outra coisa que vale a pena ser mencionada é que ele não está totalmente cheio como o TackDriver pois para ajustar a altura da visada é preciso que ele tenha espaço para ser manipulado (apertando ou afrouxando a mão fraca) fora a movimentação pra frente e pra trás. Se estivesse "socado" como o outro ao ser apertado poderia estourar nas costuras. Apesar dele aparentar ser forte e resistente, melhor não arriscar... Ele foi enchido com uma mídia plástica granulada bem fininha, acredito ser PEBD (Polietileno de Baixa Densidade) mas não tenho certeza. Aproveitei a mão de obra e substituí o arroz que estava no TackDriver pelo mesmo material e tive uma redução drástica do peso sem perder rigidez no bag. Inclusive o processo de enchimento é feito da mesma forma... Material usado no enchimento "Dupla Dinâmica" reunida Por hora era isso Srs, espero que essas informações sejam úteis pra alguém porque comprar as coisa "no escuro" é complicado... Mais informações a respeito do TackDriver podem ser vistas no review dele: http://carabinasdear.com.br/caforum/index.php?/topic/13564-caldwell-tackdriver-um-breve-review Forte Abraço!!
  9. Eu iria de CFX Royal 4,5, cano fixo e coronha de madeira pra mim contam bastante e com kit de 45kg a potência vai ficar boa também. As Gamo novas com bloco de polímero não me agradam e a Fênix apesar de ser uma ótima carabina acredito que não bate o desempenho da CFX.
  10. O Sanches e o Antônio Claudemir já mataram a charada, pode ir com eles que não tem errado. Só reforçando: Se for em 4,5 todas as citadas vão bem, eu iria na CFX por causa do gatilho da HW50MII, se fosse uma HW50S iria nela (dependendo do uso) Se for no 5,5 é Norica das citas, a mecânica da Marvic e da Storm é a mesma, muda só alguns detalhes. Ou uma Cometa, que inclusive me surpreendeu positivamente quando botei as mãos em uma. E pra finalizar, Arquimedes é referência no tiro esportivo sim, referência do que NÃO FAZER!!
  11. Luneta M9 3-10x42 com laser!

    Ganha +1 pela coragem e pela vontade de dividir conhecimento. Na atual situação econômica que o país se encontra não é qualquer um que mete a cara e arrisca ser a cobaia, indiferente o valor do investimento. Ainda mais quando o risco de levar prejuízo é grande... Para resolver esse problema coloque no zoom máximo e tente achar a posição correta (ou o mais próximo dela possível) e só então aperte o mount no trilho da carabina, provavelmente quando você fixou a luneta no trilho estava usando o zoom mínimo... Se não ficar 100% bom eu garanto que "menos pior" fica... Boa sorte com o equipamento, nos mantenha informados. Parabéns pela iniciativa!!
  12. Justamente o que eu faria Sanches, entre a HW57 e a CFX é na CFX que eu iria. Outro cara que pode ilustrar bem as diferenças entre CFX e HW77 é o Marco, hoje ele tem a HW77 que foi minha e diga-se de passagem está um doce, conseguiram melhorar o que já era bom quase ao nível da perfeição. Quando chegar a sua HW não deixe de fazer um comparativo direto entre elas, garanto que a gurizada vai gostar.
  13. Seja bem vindo ao fórum Vinicus, quanto as dúvidas vamos por partes: 1- Sim, carabinas de cano fixo são superiores, indiferente do tempo de uso o calcanhar de Aquiles das cano basculável é justamente o fechamento do cano que nunca fecha 100% igual em todas as vezes. Tem algumas com travamento, tipo a HW35 e as Slavias, que se destacam nesse tipo de carabina justamente por terem uma precisão similar as cano fixo. 2- Sim, em todos os quesitos HW é muito superior as Gamo. A comparação equivalente a HW57 seria a CF30 que tem o sistema de municiamento similar (por gaveta). A concorrente mais "apropriada" pra CFX seria a HW77 ou 97 e a HW ganha de novo, não é que a CFX seja ruim, mas a HW é bem superior. Pra ficar fácil de entender: Uma CFX totalmente tunada faz o mesmo que uma HW77 recém tirada da caixa. 3- Numa HW com certeza absoluta vale, além da qualidade das alemãs é uma carabina que desvaloriza pouco e tem boa procura (só não muito no 5,5)... 4- Essa Gamo que tu cita eu ainda não conheço mas uma coisa posso te assegurar, muita gente reclama desse GR que vem de fábrica nelas (IGT), dizem ser muito forte pra carabina e justamente por essas mais novas terem o bloco do cano de plástico e não arriscaria uma. Uma cano fixo que tem as mesmas possibilidades de ajuste na coronha que essa que tu citou é a CFR, é a mesma mecânica da CFX, só muda a coronha. Qual é o uso que tu pretende dar pra essa carabina? Fica mais fácil de ajudar sabendo isso porque apesar da precisão (que ambas apresentam), no 5,5 tanto a CFX quanto as HW não ficam com a potência a contento... E não é o caso de comparar potência com carabinas Magnum por exemplo, é que ficam meio fracas mesmo.
  14. A HT95 é uma boa carabina, em comparação com a Fênix 400 acredito que vai ficar apenas a questão do gosto e alguns detalhes específicos: As Cometas são um pouco mais suaves que as Hatsan devido o fechamento do cano das Cometa ser por esfera e das Hatsan é por trinco e travessão; As duas tem ótimos gatilhos mas geralmente as HT apresentam uma leve folga lateral na tecla de gatilho, coisa que não acontece com as Cometa; A tecla de gatilho das Hatsan é de metal e da Cometa é de plástico, dá pra trocar e colocar uma de metal se quiser mas daí já demanda de uns $$ a mais; Geralmente as Cometa são mais exigentes com chumbo, as Hatsan aceitam bem os chumbos mais baratos. Não é nada que desabone uma ou outra, eu teria as duas se tivesse bolso pra isso, mas são características que talvez façam diferença pra você...
  15. A SAG é melhor que a B19, mas essa de 100M pode esquecer... Com uma PCP já seria bem difícil, com uma springer (e de entrada ainda) é pura perda de tempo e chumbo.
×