Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Marcos Basso

CA Gold
  • Total de itens

    161
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2
  • País

    Brasil

Tudo que Marcos Basso postou

  1. Marcos Basso

    Consulta: Time de Benchrest em São Paulo para competir no Online da CBTE

    Olá Arcan, Sendo confederado você deve consultar no site o calendario de provas de Carabinas e Pistolas da CBTE (Car/Pst). Normalmente duas semanas antes das provas abrem as incrições no proprio site. Você escolhe o clube mais próximo de vc que deseja participar, as provas são presenciais e os resultados são lançados on-line para todos os participantes do Brasil. Existe pelo menos dois clubes que realizam estas provas proximo de vc, em Ribeirão e o AMTA em Mococa.
  2. O Benchrest no Ram nasceu do empenho e pioneirismo do André e Willammes, tanto vocês quanto o clube mantém um elevado nível para a modalidade e em termos de organização. Muitos destes participantes acima, assim como eu, tem no Ram sua casa e sua melhor escola para esta modalidade de tiro, este ano os três primeiros colocados na categoria PCP são também atiradores do Campeonato Brasileiro com resultados consistentes. Neste ano de 2017 estive em pelo menos 5 clubes diferentes no Brasil e um na Eslovênia participando de provas de BR e posso afirmar que é no Ram que tenho mais prazer em atirar. Parabéns a vocês ao Daniel e ao Enio pelo ano de 2017, que possamos passar muitos anos como este!!!!! Obrigado e que tenhamos muitos novos participantes para 2018.
  3. Bubas,

    No passado comprei com você um kit de graxa do Maccari (Heavy tar / clear tar / moly).

    Vc consegue um novo kit destes, não tenho pressa.

    Abraço

    Marcos                                                                  

  4. Atalaia, Consulte no site da CBTE, confederação brasileira de tiro esportivo. Tem uma 97k 4.5 anunciada nos classificados zero para venda.
  5. kkkkkkkkkkkkkk Por que será que ri quando li seu relato Beserra ? Abraço
  6. Atalaia, Minha opnião é que sob qualquer analise, pensando em carabinas HW você deve comprar 4,5 mm. Eu só consideraria uma carabina 5,5 Springer, se fosse Magnum e para fins especificos, coisa que as HW e nem as Air Arms são. Ainda sob meu ponto de vista, não ha vantagem alguma nestas carabinas em 5,5. Vlw
  7. Muito Obrigado MATTHEW, foi um daqueles dias excelentes!! Vlw
  8. Vixi..... Marcelão... assim a pressão aumenta!!!! kkkkkkkkkk Vamos ver se temos um dia que tudo de certo assim no Brasileiro tambem. Abração
  9. Obrigado Adolfo!!! Vlw Tiozinho.....kkkkkkk
  10. kkkkkkkkkkkk Até hj agradeço a vc por ter Rifado esta carabina!!!!!!! Tenho a certeza que foi a melhor rifa que ja ganhei, inesquecivel número 47! Mas não esquenta, as comidas desta terra ai ainda fazem inveja a nos paulista........... Santa Moqueca de Filhote. Abraço
  11. Daniel, Vc tem um papel importante até eu chegar aqui, agradeço muito o tempo que ja se dispos a passar sua experiencia! Sempre que possivel, faço isso a quem me solicita tb. Vc é extremamente acertivo em seus comentarios. Muitissimo Obrigado!
  12. Felix, Apenas a a definição da Equipe "A" Flavio Vieira; Pedro Ashidani Paulo Ashidani Teremos 4 participantes e São Paulo, (Eu, Marcelo Murias, Cassiano Pyles e Itamar bento), mais Srs Ariel e J Alves de Brasilia. As equipes serão definidas nos dias finais que antecedem as provas. Os integrantes da equipe "a" ja tem dois mundiais de experiencia, sendo que foram bronze no ultimo, dai vem o Caneco, rsrsrsr Abraço
  13. Obrigado Ivan..... Mas hj é o seu dia....Parabéns tb! Vc esta com uma Carabina em mãos que faz bonito tb, ainda não tivemos oportunidade de atirar junto mas esta 77k me surpreendeu! Veja se volta ao RAm!!!!!!! Homem deixou fama tb por lá! Ops.....kkkkkkk
  14. Pessoal, Agradeço os parabéns e realmente foi um dia muito especial, tem dias que realmente as coisas dão certo, este certamente foi um deles. Todos no Ram são atiradores experientes e ja com historico de excentes resultados tambem. Esta modalidade é apaixonante, infelizmente exige investimento e certamente isso limita seu crescimento, soma-se as demias dificulades quando o tema é "tiro esportivo". Este resulado na mola foi inesperado para mim, pois nem em treino havia feito igual. Hj conheço esta carabina a fundo, sei perfeitamente seu melhor VO, seu chumbo preferido e como lubrificar de maneira correta, mas os resulatdos nem sempre são previsiveis. A alguns meses passei a utilizar e a tentar interpretar bandeiras de vento, hoje posso afirmar que este é um enorme salto para resultados expressivos na Modalidade Benchrest. Tivemos uma ótima manha de domingo em um lugar "impar" para o tiro esportivo. Agradeço a companhia de todos, a dedicação do Karolaza e do Macena na organização do evento...... Este ano de 2017 entre os dias 02 e 10 de Agosto teremos a copa mundial de Benchrest na Eslovenia, o Brasil terá tres equipes, nove atiradores, vamos em busca de novos conhecimentos e experiencia para dividir com todos. Abraço, Marcos 97k!
  15. Marcos Basso

    FOTOS OPEN RAM 29/01/2017

    Em um dia de prova fazemos 8 alvos, sendo: USBR Springer - 1 alvo USBR Unlimited - 1 alvo WRABF HV - 3 alvos WRABF LV 3 alvos Saimos fisicamente moidos no final do dia, mas o convivio do grupo e os resultados são extremamente satisfatários. Quanto a Luneta, é uma Elite 6500 4.5-30x50. Abraço
  16. Marcos Basso

    FOTOS OPEN RAM 29/01/2017

    Tperetti666; Eis aqui o dono do conjunto acima que perguntou. Este conjuntinho montado com carinho é atual recordista brasileiro na categoria wrabf lv (até 16j). Apenas na sua descrição, o chumbo usado para este prova foi o jsb monster, a caixinha é aproveitada!
  17. Marcos Basso

    Mini Review - Weihrauch HW 50 M/II 4,5mm Gatilho Perfekt

    Parabéns pelo Review!!!! Apesar de ser regra, não consigo me acostumar a ver uma carabina alemã vir tão mau engraxada. Difícil entender por que fazem isso, o tempo e o custo para fazer melhor é o mesmo. Enfim... + 1 pra vc!
  18. Marcos Basso

    Provas com carabina olímpica de mola

    Sim As duas foram Fein 300s Uma do Rio, Sr Arlindo e outra de São Paulo, Edgard. Fazem bonito, são muito precisas apenas mais vulneráveis ao vento devido a potência. Outro fato interessante é que a do Edgard durante o ano apresentou os melhores resultados com chumbos rifle Premium!
  19. Marcos Basso

    Provas com carabina olímpica de mola

    No ano de 2016 tivemos duas carabinas destas competindo durante todo o ano nas provas de benchrest pela CBTE. Elas competem junto com carabinas de mola. Uma delas,ficou em primeiro lugar até a penúltima prova do ano, perdendo apenas na final. Carabina excepcional.
  20. Srs.... Sou paulista e atirador de ar comprimido a cerca de quatro anos, este ano nos unimos a alguns atiradores do interior de são Paulo e temos uma equipe junto a federação Paulista de Tiro praticando USBR e WRABF por São Paulo e pelo brasileiro. Ainda existem algumas dezenas de atiradores da modalidade distribuídos em São Paulo e interior que frequentam clubes rotineiramente. Entretanto uma curiosidade, motivo deste meu post, gostaria de tentar entender com a participação do CA. Há histórico de Benchrest no Site da CBTE www.cbte.com.br desde 2011 desta modalidade, iniciada pelos Cariocas e Mineiros, nestes anos NUNCA houve a participação de nenhum representante dos estados do PR, SC e RG do Sul. Mas...sempre mas, rs, estes estados tem forte participação em pistolas de ar e um cultura europeia onde o tiro efetivamente é um esporte! Há “entusiastas” da modalidade no RJ,MA, DF, MG, CE, PA, ES, etc...., novamente nenhum histórico do Sul. Qual a opinião de vocês para esta “exclusão sulista” rsrsrsrs ?
  21. Marcos Basso

    Por que os Estados do Sul (PR, SC e RS), não praticam USBR ?

    Takao... Quando inicie o tópico foi realmente por estranhar não ter nenhum participante de benchrest no brasileiro dos estados do sul. Acho que você resumiu bem minha dúvida... Aqui em São Paulo,mesmo já existindo bancadas, este ano refizemos todas na EsPcex (escola do exercito)onde são realizadas as provas do Brasileiro. Cada bancada decente, não sai por menos de R$650,00. Ainda, todos os equipamentos envolvidos tem custo elevado, Carabina, luneta, front e rearbag, etc.... Se observarmos no site da CBTE esta modalidade é a que mais cresce nos últimos quatro anos e novamente, postei a dúvida pois acredito que atiradores dos estados do sul elevariam em muito o nivel técnico da modalidade. No início deste ano, os campeões brasileiros e terceiros no mundial, Flávio e Pedro ashidani, vieram de minas para são Paulo para um workshop de um dia sobre a modalidade, isso pela paixão pelo esporte. Venha para sp participar de uma prova de USBR, vamos para o PR para uma prova de FT, assim aproximamos todos apaixonados pelo tiro esportivo. Abraço TAKAO!!!!!!
  22. Marcos Basso

    Por que os Estados do Sul (PR, SC e RS), não praticam USBR ?

    Eduardo Você esta certo, se não houver um clube ou uma federação local para fomentar a modalidade, não vinga mesmo. Parece que assim como o FT por ai, começa com o interesse de um grupo de amigos que se envolvem com a modalidade e vai-se agregando novos adeptos até aparecer o interesse de uma federação ou clube. Complementando ainda a questão regional a assistência técnica oficial das Steyrs no Brasil (Carabina predominante nas provas de BR) é em Santa Catarina tb. Sr Ramides Voigt (atirador de pistola). Enfim, estou torcendo para que em breve tenhamos atiradores dos estados do Sul para as Modalidades de Benchrest! E voce seria um grande incentivo a todos.. kkkkkkk
  23. Marcos Basso

    Por que os Estados do Sul (PR, SC e RS), não praticam USBR ?

    Nenhuma chance de criar intrigas.... Muito pelo contrário. Penso, sinceramente que qualquer modalidade no tiro, nos faz mais fortes na busca por benefícios a um esporte ou hobby descriminado por tantos. As ponderações do Macedo são sensatas e talvez explique minha inquietação sobre isso. Assim como o FT tem tido adeptos nos estados do sul, o benchrest tem crescido em outros estados do Brasil. Penso que temos ótimos atiradores e excelentes equipamentos que poderiam agregar a modalidade. Faz falta sim.... A modalidade é uma chance de extrair todo potencial do conjunto Carabina/atirador.
  24. Marcos Basso

    Por que os Estados do Sul (PR, SC e RS), não praticam USBR ?

    Esta ai mais um fato interessante, a CBC criou este campeonato regional com premiações em dinheiro e com inúmeras modalidades de tiro, Benchrest a partir de 2016, entretanto apenas para o estado de São Paulo. Lembrando que a CBC tem unidades no rio grande do sul tb! Este regional da CBC precisa ser aprimorado para os próximos anos, fiz duas etapas em clubes diferentes, ambos não dispunham de plugs de aferição para os alvos, sendo a apuração visual. A regra não define se a apuração é por plug e se o plug é pelo calibre da arma ou pelo limite de calibre definido no regulamento publicado no site (5,5). Assim, os resultados são diferentes para cada clube. Sou a favor do regional e vou participar sempre para que haja incentivo conjunto a modalidade.
  25. Marcos Basso

    Por que os Estados do Sul (PR, SC e RS), não praticam USBR ?

    Willamms... Faz sentido em parte, mas note que atualmente uma das maiores equipes é do Ceará, certamente teriam condições similares de espaço. Notadamente preferência, mas preferência não deveria ser excludente. Se fosse comparar modalidades ambas tem suas técnicas e dificuldades, valores de investimentos similares, equipamentos as vezes comuns. Enfim....
×