Jump to content

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

Mauro Brisola

Members
  • Content Count

    10
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Brazil

Community Reputation

2 Neutro

About Mauro Brisola

  • Rank
    Novato

Profile Information

  • Gender
    Masculino
  • Sua Localidade
    Curitiba
  • Interesses
    Atirar com arma de pressão como higiene mental.
    Aprender a evoluir nas técnicas básicas de tiro ao alvo. Exercitando o auto controle.

Recent Profile Visitors

36 profile views
  1. Não tenho cronógrafo. Se alguém souber me indicar onde posso cronografar aqui em Curitiba, agradeço.
  2. Foto de alvo mal agrupado. Não guardei alvo de agrupamento bom. Mas algumas vezes em 5 ou 6 tiros uns 3 ficam praticamente furo sobre furo no 9/10 do alvo. E os outros pelo menos no 9. Chumbinho Gamo Pro Match Competition
  3. Dúvida de iniciante: Fiquei pouco tempo com uma CFX e agora estou com uma CFR nova. Tenho treinado nos 10 metros com alvo de papel. A arma é um pouco pesada para mim então, por enquanto, tenho atirado agachado. Usando os joelhos como apoio dá uma boa base. Eu estranhei bastante a dificuldade de agrupar com esta CFR. Aparentemente com a CFX estava bem fácil nos 10 metros. Com a precisão que justifica a fama das CFX/CFR. No início, nos primeiros tiros com a CFR, fiz um esquema apoiado numa bancada para ajustar a mira. Achei muito estranho porque não consegui agrupar. Sempre usando chumbinhos de qualidade como Gamo Pro Match Competition ou JSB Exact Express. Creditei a dificuldade inicial ao excesso de efeito Diesel. Uma grande decepção com a dispersão enorme mesmo atirando apoiado. Comparando com os tiros com a CFX anterior não me lembro de ter tipo este tipo de dificuldade. Então passei a desconfiar da arma. Como se esta minha CFR pudesse ter algum defeito de cano ou em outro componente que explicasse a dificuldade de agrupar. Nunca deixando de admitir que não sou um bom atirador, mas comparando com a outra CFX que tive. Agora, com a arma já bem amaciada com pelo menos uns 300 tiros, continuo estranhando. A mira está bem ajustada então a dispersão dos tiros sempre está em torno do centro do alvo. Mas, atirando agachado, em alguns momentos agrupo fácil com sequência de tiros tendendo ao centro do alvo, 9 ou 10, e em outros momentos mas na mesma condição, não agrupa nem a pau. Aumenta bastante a dispersão mesmo caprichando bastante na visada e na puxada do gatilho. Mais provavelmente a culpa é do atirador. Por outro lado nos 10 metros e ainda com o apoio gerado pelo posição agachado não é tão difícil assim. Faria algum sentido suspeitar de algum tipo de problema com a arma? Ou estas variações de um momento para outro tem a ver apenas com a mudança na firmeza das mãos e da visão?
  4. Meu olho dominante é mesmo o direito. Conversei com alguns atiradores com alguma experiência e acredito que este ajuste da mira tão para à esquerda pode ter a ver com algum defeito da arma nova mesmo. Vou checar com o vendedor.
  5. Pessoal O quanto fora de centro é normal o ajuste lateral da mira? Estou ajustando a mira da CFX 5.5 a 10 metros apoiado. Fiquei surpreso com o quanto ficou para à esquerda. Sou destro e miro com o olho direito.
  6. Como um iniciante na arte achei o review excelente. Informação útil e precisa.
  7. Graças a dica do Francisco encontrei e comprei a CFX 5.5 na Pesca & Cia. Preço bom comparando com outros vendedores. Valeu!
  8. Valeu pessoal. Realmente a Fenix 400 é uma das que estão raras e caras.
  9. Olá pessoal. Minha primeira mensagem no fórum. Sempre gostei de atirar com carabinas de pressão, desde a infância. Mas sempre com as nacionais básicas. Comprei uns 15 anos atrás uma Crosman básica que além de bem limitada já está com problemas de vedação. Neste final de semana encontrei um velho amigo, que sempre gostou de atirar, e a conversa girou em torno das carabinas básicas atuais de 5,5 mm. Ele tem uma Gamo Big Cat e acaba de comprar um Hatsan. Fiquei empolgado com a ideia de adquirir uma boa carabina nova e dei uma boa pesquisada ontem nas variadas marcas e modelos, considerando a opinião do pessoal nos fórums. Considerei comprar uma Gamo CFX ou uma Cometa Fenix 400, por exemplo. Mas, para minha surpresa, as principais lojas online parecem estar com uma limitação bem grande de disponibilidade de vários modelos e marcas de carabinas. Esta aparente falta de estoque é um problema recente? Algo a ver com a chance de aquecimento do mercado de armamento ou é normal a baixa disponibilidade de alguns produtos? Algo sazonal? O que me preocupou mais é que aparentemente os preços estariam inflacionados já que poucos vendedores tem alguns modelos em estoque. Como é o caso da Gamo CFX. Agradeço a opinião de quem já conhece bem este mercado.
×
×
  • Create New...

M16 1.JPG