Ir para conteúdo

ANUNCIANTES

Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada Imagem Postada

REVIEW CONCLUÍDO - CBC Nitro 1000 Advanced


Charles Dias

Fui convidado pelo Eduardo Macedo para fazer o review de um novo modelo de carabina de pressão de uma família que, confesso, nunca fui muito fã, mas que me interessei de fazer porque traz algumas características que prometem um desempenho interessante ... será que cumprirá essa promessa? Será a redenção dessa famigerada família de carabinas de pressão? Só os testes dirão!

 

Qual é essa carabina?

 

nitro_Advanced.png

 

E comecemos com um unboxing da danada:

 

Primeiras impressões:

Análise visual, cronografagem e teste de precisão

 

A carabina de pressão CBC Nitro 1000 Advanced foi lançada no final de 2013 com a promessa de inovação, trazendo alguns diferenciais em relação aos modelos anteriores da linha Nitro:

 

Com detalhes que fazem a diferença, como a coronha thumbhole com almofada regulável, cano com acabamento sobreinjetado em polímero, muzzle break e o gatilho especial com regulagem de força e de curso.”

 

Vejamos alguns dados dessa arma fornecidos pelo fabricante:

 

advanced10.gif

 

Achei interessante a possibilidade de fazer um review dessa arma, principalmente porque nunca fui muito fã da linha Nitro da CBC, mas também nunca atirei com uma o suficiente para formar uma opinião.

 

Pois bem, nesse momento do review nada mais adequado que uma análise mais detalhada da arma em si. Vamos lá.

 

box.jpg

 

Como vocês puderam ver no video de unboxing dessa arma, ela vem em uma caixa de papelão grosso encaixada em um perfil também de papelão para impedir que fique “jogando” dentro da caixa durante o transporte. Isso pode parecer bobagem, mas é algo muito importante. Em geral as armas vêm encaixadas em pequenos blocos de isopor moldado que quebram facilmente, não protegendo devidamente a arma. Uma solução simples e bem pensada da CBC que merece elogio.

 

WP_20140128_030.jpg

 

A coronha dessa arma tem um desenho bem diferente e bonito. Notem a soleira de borracha vaza que, realmente, ajuda a amortecer o recuo da arma. O cheek-piece da coronha é ajustável em altura, algo que acaba sendo útil na prática apenas para quem quiser arriscar lunetas nessa arma, no tiro com mira aberta não tem utilidade.

 

WP_20140128_031.jpg

 

A coronha dessa arma é do tipo thumbhole, muito adequado por se tratar de uma arma mais potente que será usada a maior parte das vezes sem apoio. O hand grip propicia uma boa pegada, firme e confortável. O gatilho e a trava de segurança são de plástico, o que particularmente não gostei muito, podendo o gatilho ser ajustado (novidade nas CBC). Ainda não ajustei o gatilho, ficará para a parte final desse review. Achei a trava de segurança meio dura de desarmar, mas nada absurdo. O formato do guarda-mato é um tanto diferente do tradicional, mas tem efeito apenas visual, não atrapalhando ou ajudando em nada.

 

WP_20140128_032.jpg

 

Na estampagem do calibre e número de série, me chamou atenção o primeiro também estar em polegadas e haver um BR no meio. O primeiro evidencia que essa arma também será exportada … e o BR designa o país para onde foi montada para ser comercializada. Interessante.

 

WP_20140128_033.jpg

 

Aqui temos nova estampagem com o logotipo do fabricante, família, modelo e calibre.

 

WP_20140128_034.jpg

 

A telha é ressaltada, com formato diferenciado, duas grossas ranhuras e material texturado. No geral o desenho e material facilitam a empunhadura da arma. Não sei se é impressão minha, mas na telha o material parece mais macio, como que espumado.

 

WP_20140128_039.jpg

 

A alça de mira é tradicional das CBC Montenegro, com fibra ótica (um tanto grossa demais em minha opinião), ajustes por cliques de elevação e lateral. Interessante notar que não apenas a arma que me foi enviada como outras semelhantes (segundo relatos) parece que a alça de mira está meio desalinha, fazendo-se necessário amplo ajuste laterial para ajustar o conjunto de mira ao POI (ponto de impacto dos chumbos).

 

WP_20140128_035.jpg

 

O cano dessa arma é bem mais curto que o usual, deixando-a com um jeitão de carbine. Apesar disso, não é uma arma muito pesada de armar. O cano é revestido de plástico e encabeçado por um grande muzzle break. Isso é ótimo, pois facilita a pegada do cano para armar e também evita oxidação do metal.

 

WP_20140128_040.jpg

 

O muzzle dessa arma tem formato bem moderninho, com várias ranhuras. Tanto a massa de mira pode ser retirada quanto o túnel de metal, facilitando, assim, a utilização de lunetas.

 

 

P1030416.jpg

 

O raiamento do cano é bem definido e sem falhas ou rebarbas.

 

WP_20140128_037.jpg

 

A única parte de metal que se vê dessa arma é o corpo da câmara. A oxidação é padrão CBC, ou seja, poderia ser melhor. No exemplar que recebi há duas pequenas falhas na oxidação quase no final da câmara … falha do controle de qualidade. O trilho de andorinha para fixação de mounts de lunetas é bem definido e com bom tamanho.

 

Já tive uma CBC Montenegro Standard 4,5mm … muito precisa, mas detestava a coronha dela. A coronha dessa CBC Advanced está mil anos luz à frente da coronha da Standard que tive, tanto em termos de material, quanto de desenho e pegada.

 

Segundo o fabricante, essa arma atinge o Vo de 305 m/s … em situações controladas com chumbos levíssimo … ou seja, nada a ver com o cotidiano do atirador de pressão médio.

 

WP_20140128_026.jpg

 

Pois bem, testei vários chumbos nessa arma e o que apresentou melhores resultados foi o Chackal Energia (aproximadamente 11.25 grains).

 

Primeiro, vejamos a cronografagem dela com esses chumbos:

 

crono_advanced.jpg

 

O Vo médio ficou num patamar bom, considerando o peso dos chumbos. Já o spread poderia ser melhor, mas temos de levar em consideração que é uma arma que ainda não fez quinhentos disparos, então está um tanto verde e ainda precisa custo uma boa quantidade de chumbo para estabilizar e passar a apresentar um spread menor.

 

E a precisão dessa arma? Pois bem, num teste com alvo a 15 metros e arma apoiada em sandbag o resultado com os chumbos Chackal Energia foram melhores que esperava … e olha que foram 25 disparos nesse alvo!

 

WP_20140128_027.jpg

 

TESTE PRÁTICO

 

Em meus reviews costumo fazer um teste prático atirando em latas (uma de tamanho normal e outra menor) a 10, 20, 30, 40 e 50 metros utilizando o conjunto de mira aberta original, em pé e sem apoio. Em meu entendimento, se uma arma se sai bem nesse teste, ela se sairá muito melhor quando atirando apoiada e, dependendo da arma, com luneta.

 

Pois bem, a CBC Nitro 1000 Advanced se saiu bem nesse teste, sendo necessária compensação apenas compensação e ajustes da alça de mira a partir dos 30 metros. Ela apenas não se saiu bem nas latas a 50 metros devido unicamente a uma característica do conjunto de mira aberta, a espessura avantajada da fibra ótica, principalmente da massa de mira, que acabou ocultando totalmente as latas e, assim, impedindo a visada correta dos alvos.

 

Por ser uma arma de calibre 4,5mm, o "poder de impacto" foi maior até por volta dos 30 metros, decaindo acentuadamente daí em diante.

 

CONCLUSÃO

 

Minha nota final para essa arma numa escala de zero a dez é sete. É uma boa arma dentro de seu nicho, prova de que a CBC vem melhorando a qualidade dos seus produtos. A coronha não é apenas visualmente mais interessante, tem pegada melhor, boa ergonomia, textura adequada.

 

Para quem essa arma é adequada? Vejamos:

 

- Para quem está iniciando no tiro e procura uma arma de pressão com visual interessante, que já venha com gasram de fábrica e ofereça desempenho honesto;

 

- Para quem quer uma arma de pressão boa para plinking (tiros em latas, alvos caseiros, ...);

 

Ela serve para competições? Talvez para Silhuetas Metálicas 1/10 se o atirador se identificar muito bem com ela.

 

É uma boa opção de compra? Vale o preço? Se comprada a um preço por volta de R$1000 (na Ventureshop está com ótimo preço ... CLIQUE AQUI) é, sim, uma boa compra.

 

E o gatilho de plástico, afinal de contas, é bom ou ruim? É mesmo ajustável? Não é um gatilho ruim. Sinceramente, é melhor que gatilhos de muitas BAM e CBC-BAM com que já usei. Particularmente, achei o plástico usado no conjunto um tanto mole demais. Se fosse um plástico mais rígido passaria mais confiança. O sistema de ajuste é bom e útil, apesar de limitado.

 

Deixemos o blábláblá de lado e vamos ao vídeo do teste prático e conclusão.

 



Feedback do Usuário

Comentários Recomendados

Não há comentários para mostrar.


×